Risco de infertilidade: 3 substâncias químicas do seu dia-a-dia que podem te deixar infértil

Cientistas listaram compostos aos quais somos expostos no dia-a-dia que podem interferir no sistema endócrino com risco de infertilidade.

Veja: 13 sinais que indicam se a mulher tem problemas de fertilidade

Estão planejando ter um filho já faz um tempo?7

Vocês sabiam que produtos químicos, presentes na nossa vida cotidiana podem causar infertilidade?!

Muitos deles são tão comuns nas embalagens de alimentos que nem nos damos conta do mal que podem fazer a nossa saúde.

Veja quais são essas substâncias que causam risco de infertilidade e como ficar longe delas, principalmente se pretendem ter um bebê.

Veja Também: Descobertas surpreendentes sobre a infertilidade

E Mais: Saiba os riscos do hormônio HCG para emagrecer

Veja as substâncias que causam o risco de infertilidade

As garrafas de água mineral podem causar infertilidade

1. Disruptores endócrinos

Os disruptores endócrinos são substâncias que atuam em nosso organismo através do sistema endócrino, fazendo com que a função fisiológica seja alterada e afetando o sistema reprodutivo em adultos.

Veja: 10 fatores que comprometem a fertilidade feminina

Cuidado na hora de esquentar a comida!

Sacos e películas plásticas, além do papel alumínio, contém disruptores endócrinos que são absorvidos pelos alimentos quando os esquentamos.

Por isso, é importante evitar armazenar alimentos nesse tipo de material e principalmente levá-los junto ao forno para aquecer.

Saiba como funciona a fertilidade feminina

Evite garrafas de plástico macio

As garrafas de água mineral feitas de plástico macio, também contém grande quantidade de disruptores endócrinos.

É muito comum durante parte do dia no trabalho, uma fresta de luz solar bater por algumas horas no recipiente, isso aumenta ainda mais o risco de infertilidade.

Quando isso acontece, a água absorve do plástico níveis significativos dos disruptores.

Veja Também: 5 remédios caseiros para engravidar mais rápido

2. Bisfenol A

O bisfenol A é uma substância que aumenta o risco de infertilidade nos homens, pois reduz não só a quantidade, mas também a qualidade do sêmen durante a ejaculação.

Um estudo realizado na China em 2010 e publicado na Fertility and Sterility Magazine confirmou a teoria, ao testar 514 trabalhadores que viviam em contato com o material.

Veja Também: 6 remédios caseiros que ajudam a equilibrar os hormônios e a melhorar a saúde da mulher

Se livre dos recibinhos de compra

Sabe aqueles irritantes papeizinhos que nos entregam a cada loja que entramos no shopping?

Pois bem, a superfície de cima dos recibos de compra ou venda, onde o papel é mais viçoso, é rica em bisfenol A.

Por isso, livre-se deles o quanto antes, pois um fator que pode aumentar o contato com o material é colocá-lo no bolso da frente da calça, como eles são feitos de um pano fino, a substância contida nos papeizinhos pode entrar rapidamente em contato com o órgão genital.

Veja Também: 9 remédios caseiros para endometriose

3. Compostos perfluorados

Outra substância que causa risco de infertilidade são os famosos PFCs.

Além de poluentes orgânicos do meio ambiente, os compostos perfluorados atingem diretamente a fertilidade das mulheres de acordo com a Universidade da Califórnia.

Em um estudo onde pouco mais de 1000 mulheres foram submetidas aos PFCs, a dificuldade de engravidar foi confirmada naquelas em que o sangue tinha concentrações mais altas da substância química.

Alguns estudiosos chegaram a sugerir que os PFCs podem impedir o crescimento do feto dentro do útero.

Há ainda, relatos de que o ciclo menstrual das mulheres passou a ser irregular.

Com isso, a conclusão tirada nos relatórios da pesquisa, deu a entender de que assim como os disruptores endócrinos e o bisfenol A, os PFCs interferiam nas atividades hormonais dos seres vivos, já que alguns animais foram mortos em vários estudos anteriores envolvendo as substâncias.

Os PFCs se encontram principalmente nas panelas antiaderentes.

Então para evitá-los na hora de preparar os alimentos, dê preferência aos óleos vegetais.

Veja Também: Água inglesa para engravidar: funciona mesmo?

Adicionar comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.