Como cuidar dos joelhos e cotovelos ressecados

Fatores como frio, vento, ar seco, banho quente podem resultar, entre outras coisas, em cotovelos e joelhos ressecados, sem dúvida, são as regiões do corpo que mais sofrem quando a pele fica ressecada, porém, a boa notícia é que e possível sim, reverter esse quadro ou até mesmo, evitar esse problema e isso com medidas super simples, então, diga adeus aos joelhos e cotovelos ao estilo lixa e preste atenção nas dicas.

Veja Também: 10 alimentos que fazem bem para pele

joelhos e cotovelos

Veja como tratar joelhos e cotovelos ressecados

Hidrate sempre

Primeiramente, claro, deve-se caprichar na hidratação, pois quando os joelhos e cotovelos não são hidratados diariamente, a tendência é que fiquem escurecidos e ressecados, pois a pele dessas áreas são mais elásticas, e permitem movimentos maiores, assim, os tecidos acabam não produzindo glândulas sebáceas suficientes – que produzem o óleo natural que serve para lubrificar e hidratar a pele – sem falar que essas são áreas sujeitas a atritos constantes, que só servem para intensificar o ressecamento, que aliás, pode ocorrer em qualquer época do ano.

Veja Também: Saiba como hidratar o corpo

Mantenha diariamente uma rotina após o banho, aplicando hidratante no corpo inteiro e, principalmente, claro, nessas regiões. Porém, vale ressaltar que o ressecamento dos joelhos e cotovelos também é resultado do consumo insuficiente de água no inverno, já que transpiramos menos e, logo, sentimos menos sede, só que ela continua essencial para manter a hidratação do corpo.

Por isso, mesmo que você consuma muitas frutas, verduras e legumes (que também fornece o líquido), mesmo assim é preciso beber 1,5 litro de água por dia, que pode ser sob a forma de chá para aquecê-la nos dias mais frios.

Veja Também: Beber água ajuda a rejuvenescer

O que fazer quando escurecem

Os joelhos e cotovelos, muitas vezes, acabam ficando escurecidos em consequência das agressões, seja por exposição exagerada ao sol no verão, como atividades físicas que podem aumentar o atrito na região, ou até mesmo pelo uso constante de calças justas, sem falar, claro, no ressecamento natural da região.

A dica é evitar a possível causa do problema, ou mesmo apelar para tratamentos que façam uso de substâncias despigmentantes, como o ácido kójico e a hidroquinona, que ajudam a clarear a região, porém, é fundamental a supervisão de um dermatologista, pois a pele dessa área é muito delicada e sensível.

Veja Também: 13 Dicas para você ter uma pele linda e saudável

Hidratante específico

Quando os joelhos e cotovelos estiverem muito ressecados, grossos e esbranquiçados, o melhor a fazer é apelar para um tratamento intensivo, que dura em média dois ou três meses, feito à base de um hidratante mais potente, por exemplo, com dosagem alta de ureia (cerca de 20%), por ter uma ação queratolítica, ou seja, esfoliam e afinam a pele, removendo aquela camada endurecida.

Vale também investir em outros ingredientes para hidratar e amaciar, como o bom e velho óleo de amêndoa, ácido láctico, lactato de amônia e alantoína – procure esses ingredientes nos rótulos.

Veja Também: Dicas para manter a pele hidratada no inverno

Veja o passo a passo para eliminar o ressecamento nos joelhos e cotovelos

 eliminar o ressecamento nos joelhos e cotovelos

  1. Use um esfoliante em gel nos joelhos e cotovelos durante o banho, pois a esfoliação ajuda a remover as células mortas e a ativar a circulação, porém, muita calma nessa hora, nada de exageros, faça essa esfoliação apenas duas vezes por semana.
  2. Faça massagens nos joelhos, calcanhares e cotovelos durante o banho com a ajuda de cremes específicos.
  3. Faça uma hidratação, usando cremes à base de ureia e ácido salicílico, pois eles têm grande poder de penetração na pele. E antes de dormir faça mais uma aplicação nos joelhos, nos pés e nos cotovelos.

Como prevenir o ressecamento

Como prevenir o ressecamento dos joelhos e cotovelos

  1. Use sempre hidratante na região e aplique-o com movimentos circulares para melhor penetração do produto.
  2. Evite esfoliantes e buchas, pois removem a oleosidade natural da pele e, em excesso, podem causar o efeito contrário e engrossar ainda mais os joelhos e os cotovelos.
  3. Antes da ducha, espalhe óleo de amêndoa sobre todo o corpo, sem esquecer os joelhos e os cotovelos, claro. Como o óleo e a água não se misturam, esse cuidado irá proteger sua pele, impedindo que a água quente a deixe ressecada.
  4. No banho, evite água muito quente e sempre seque muito bem.
  5. Prefira a versão líquida do sabonete, e que contenha ativos hidratantes.
  6. Evite, ao máximo, apoiar os cotovelos nos locais.

Adicionar comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.