Inteligência Emocional: 5 passos para desenvolver a habilidade que os empregadores querem agora

Os empregadores estão cada vez mais exigentes, agora estão em busca de profissionais qualificados que também sejam bons em inteligência emocional.

Veja aqui 13 erros comuns em entrevistas de emprego e como evitá-los

Inteligência emocional é um conceito que surgiu a pouco mais de 20 anos, e que mesmo assim, começou a se tornar popular a pouco tempo.

Mas afinal, o que seria inteligência emocional?

Em poucas palavras, seria o autoconhecimento e autocontrole das emoções diante de situações de pressão, estresse e euforia em meio a principalmente, o ambiente de trabalho.

E por falar em trabalho, não existe nem um chefe ou patrão que não queira um funcionário tão perfeito, não é mesmo?!

Porém, a grande questão é:

Será mesmo que é possível ter essa “perfeição”, como um profissional além de qualificado, mas também resiliente perante a todos os desafios do cotidiano de uma empresa?

Para alguns, pode até parecer algo distante e para outros algo desnecessário, afinal todos os aspectos de sua personalidade podem contar como um ponto positivo.

Contudo, a inteligência emocional com certeza vai além da aristocracia e comportamento exemplar, podendo te beneficiar em qualquer área da sua vida, não só a profissional.

Descubra o que é e como desenvolver a inteligência emocional
Imagem: shutterstock

Portanto, veja alguns passos para desenvolver essa rara habilidade que pode te fazer alcançar novos voos.

Veja aqui 8 Fatos que Provam a Ascensão da Liderança Feminina

1º Passo – Para ter inteligência emocional, é preciso ter autoconhecimento

Você conhece os seus limites?

Sabe quando tende ou não a ficar nervoso em uma situação conflitante?

Bom, se a sua resposta for não, esse é um bom momento para começar a se auto analisar.

Para isso, não necessariamente você precisa ir até o consultório de um terapeuta.

No entanto, isso pode te ajudar se você tem dificuldades em reconhecer as suas próprias fraquezas emocionais.

Só tenha em mente que esse é um processo progressivo, ou seja, aos poucos você irá se desenvolvendo como pessoa.

E para isso, uma boa dica, é ir anotando os seus sentimentos negativos em um papel.

Com este exercício, você já aumenta a sua percepção e reflexão sobre as suas emoções.

E falando em emoções…

Veja aqui 4 coisas que mulheres extremamente bem sucedidas fazem antes do almoço

2º Passo – Saber controlar as emoções

Esse é o passo mais difícil para muitos, e também o mais importante para se ter inteligência emocional.

Mas não é do dia pra noite, que você vai aprender a lidar com as suas emoções, é necessário muito trabalho e muito esforço.

Essa habilidade tem sido tão exigida nos processos seletivos, que até mesmo as plataformas de cursos online, oferecem vários cursos voltados para a inteligência emocional.

Eles podem te ajudar bastante, porém, essa é mais uma forma de conhecer os seus erros do que de aprender a controlá-los.

Sendo assim, busque outras maneiras de se guiar.

Na verdade, para tomar atitudes diferentes é necessário pensar diferente.

Do mesmo modo, não adianta você se achar o todo o poderoso, por ter uma personalidade forte, já que nas horas difíceis, quem leva a vantagem é quem sabe controlar o impulso da raiva e do nervosismo.

Em nosso post sobre técnicas psicológicas para assumir o controle de quase todas as situações por exemplo, você vai encontrar algumas dicas para te ajudar nessa parte do caminho.

Com isso, além de ser uma pessoa otimista e enxergar o lado positivo das coisas, para ter inteligência emocional, você deve ter uma outra coisa que acaba no esquecimento de todos os brasileiros:

3º Passo – Para ter inteligência emocional, é preciso ter gratidão

Mas porque gratidão?

Esse sentimento é o que vai gerar motivação para ir atrás de novos resultados e novas conquistas.

Quem não é feliz com o que tem agora, tampouco será feliz com o que conquistar lá na frente, isso se conquistar, pois no primeiro obstáculo tudo virá abaixo.

Somente dessa forma, é possível se comportar adequadamente para atingir os seus objetivos.

E claro, a gratidão é o gatilho mental para ter automotivação suficiente para ir atrás de suas metas, mesmo quando o cenário é adverso.

Veja aqui as diferenças, vantagens e perspectivas que colocam as mulheres em posições de liderança

4º Passo – Sentir empatia

Se você nunca ouviu essa palavra, é só entrar em uma sala de entrevistas de emprego coletiva, que vai ouvir ela centenas de vezes.

Acontece que essa habilidade da inteligência emocional é fundamental para resolver situações de conflito.

Pois se colocar no lugar do outro, já é um bom começo para um consenso entre as partes.

Já ouviu a expressão: “Alguém tem que ceder”?

É bem assim, mas não pense que você sairá perdendo, pois você só ganha mais um degrau para chegar no próximo passo:

5º Passo – Desenvolver a raríssima habilidade da resiliência

Pouca gente sabe o real significado dessa palavra, porém se você passou pelo segundo e terceiro passo, já deve ter desenvolvido essa característica.

E o que é resiliência afinal?

É a capacidade de se regenerar rapidamente em meio às adversidades.

Ser resiliente é também sinônimo de inteligência emocional, mas você pode ser um sem ter o outro.

Até porque, conseguir segurar as suas emoções, não quer dizer que você relevou aquele desaforo que recebeu do seu chefe ou colega de trabalho.

A resiliência é uma característica que faz falta também em outros âmbitos da vida.

Ela envolve não só deixar pra lá, mas também a prática do perdão, de forma que isso não te afete de tal maneira que a sua mente mirabole o tempo todo uma possível vingança.

Pense nisso!

Veja aqui As Conquistas e Desafios das Mulheres no Mercado de Trabalho

Então agora, você já pode começar a praticar o que aprendeu aqui.

  1. Autoconhecimento
  2. Controle emocional
  3. Gratidão
  4. Empatia
  5. Resiliência

E só não se esqueça:

Para conseguir resultados diferentes, temos que fazer coisas diferentes!

Continue conectado no site e veja agora mesmo 11 Estratégias para Conciliar a Carreira com o Lar

Acompanhe nossas publicações no Google Notícias, instale agora o aplicativo no dispositivo Android ou iOS

Adicionar comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.