Como saber se minha cadela tem piometra

A piometra canina é uma das doenças mais graves que acomete cadelas adultas.

Veja quais são os sintomas e descubra o que fazer se perceber sinais da doença.

Veja: 15 sinais que avisam quando seu cachorro está doente

A doença afeta somente cadelas (majoritariamente adultas), em idade superior a cinco anos, se desenvolvendo no útero através da ação de bactérias malignas.

O excesso de progesterona no organismo dos cães ocasiona o acúmulo de secreção no útero desses animais, levando a uma série de infecções que acabam causando a doença.

A anomalia é consequência de inúmeros fatores, dentre os quais problemas hormonais, uso excessivo de anticoncepcionais e genética, podendo levar a cadela a um estado crítico de saúde e até à morte.

A piometra pode ser tanto aberta como fechada, sendo diferenciadas apenas pela expulsão ou não de pus na zona vaginal.

Para detectar a doença o quanto antes, entenda a seguir quais são os sintomas que podem significar que sua cadela está com piometra.

Veja!

Veja Também: 4 razões para você castrar seu pet

piometra

Veja: O que a saúde do seu cão diz sobre você

Veja Também: Seu animal de estimação pode ajudá-la a ter uma vida mais saudável

E Mais: Faz mal dormir com animal de estimação na cama?

Sintomas da Piometra

Um dos sintomas que podem indicar que sua cadela está sofrendo com a doença é a eliminação de secreções com cheiro forte e desagradável pela vagina.

Tais secreções começam a aparecer após o período do cio, uma vez que a doença afeta justamente o sistema reprodutor do animal.

Outro sinal que pode indicar a doença é a mudança de comportamento das cadelinhas.

A doença deixa os animais deprimidos e cabisbaixos, além de provocar falta de apetite, perda de peso e febre.

O incômodo também pode fazer com que a cadela passe a lamber a zona da vagina com frequência, mesmo quando se trata de piometra fechada.

A piometra também faz com que as cadelas aumentem excessivamente o consumo de água, uma vez que a anomalia afeta o rim (dentre outros órgãos), e urine com uma frequência fora do normal.

Além disso, diarreias, crises de vômito e sangramentos vaginais são outras anormalidades que ocorrem quando o animal contrai a doença.

Veja: Doença do carrapato: sintomas, tratamento e prevenção

Veja Também: 12 alimentos que são tóxicos para cães e gatos

O que fazer?

cadela com piometra

Se você suspeita que sua cadela está com piometra, leve-a imediatamente ao veterinário.

Quanto maior a demora, mais o quadro tende a se agravar, gerando insuficiência renal, o que pode levar o animal à morte.

Veja: Sangue nas fezes do cachorro, o que pode ser?

Veja Também: 6 receitas caseiras para tirar o cheiro de cachorro da casa

O tratamento

cadela tratando piometra

Já recebendo cuidados médicos emergenciais e constatada a presença de piometra por exame de sangue, a cadela receberá tratamento com antibióticos e soro até que tenha condições de passar por uma cirurgia.

É muito importante que você observe o dia a dia do animal e fique atenta a qualquer alteração suspeita em sua saúde.

O diagnóstico, logo no início da doença, oferece muito mais chances de sobrevivência e cura ao animal, muitas vezes nem sendo necessário o procedimento cirúrgico.

Frisamos que: A Melhor maneira de proteger seu pet contra essa e outras doenças é a castração.

Converse com um veterinário de sua confiança sobre o assunto.

Veja: Corrimento no nariz do cachorro, o que pode ser?

Veja Também: 9 passos para proteger seu pet do frio

Adicionar comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.