Como cuidar, depilar e clarear as Axilas

As axilas são regiões do corpo muito delicadas, sensíveis, por isso mesmo, exigem cuidados na hora da depilação e de aplicar o desodorante.

Veja Também: Saiba como evitar o suor excessivo nas axilas

Embora as axilas mereçam atenção sempre, sem dúvida, é no verão, com as altas temperaturas da estação mais quente do ano, que muita gente lembra que elas existem, já que nessa época o suor costuma ser bem maior, sem falar que elas ficam super expostas, já que é quando usamos blusinhas e tops sem mangas, biquíni, vestidinhos, enfim…por isso tudo, saiba os cuidados com as axilas que deve ter para se sentir sempre confortável e bonita.

Veja Também: Dicas para evitar a famosa pizza embaixo do braço

cuidados com as axilas

Sem odores

Sem odores nas axilas

Não tem como se falar em cuidados com as axilas sem pensar logo nos odores, tão comuns nessa época do ano, de altas temperaturas, não é mesmo? Por isso, o primeiro passo para afastar esse problema é procurar manter as axilas sempre saudáveis e LIMPAS – não existe milagre – é preciso recorrer à boa água e sabonete, assim como, evitar tecidos sintéticos, principalmente nos dias quentes, também é uma ótima dica, pois, eles não deixam a pele respirar.

Veja Também: Veja como se manter cheirosa a todo instante

evitar odores nas axilas
Mas, para quem costuma sofrer com odores nas axilas, e isso até está interferindo em sua vida pessoal, profissional, enfim, vale a dica: invista em um sabonete antisséptico, para combater bactérias e fungos, causadores do mau cheiro, ou mesmo, fazer uma higienização no meio do dia, mas, nesse caso, nada de colocar desodorante por cima do outro vencido, isso só vai piorar o problema, é preciso retirar o desodorante da manhã, com água e sabão, lavar bem e secar, também muito bem, para, sí então, reaplicar o produto.

Veja Também: Chulé: Saiba prevenir e tratar o mau cheiro nos pés

Vale ressaltar que hoje já existe indicação cirúrgica, para alguns casos, por isso, caso as dicas acima não ajudarem, talvez deva procurar um dermatologista, ele poderá receitar desodorantes específicos ou até uma cirurgia (sem precisar internação).

Veja Também: Axilas escuras, conheça suas causas e como tratar

Hidratar, sempre!

hidratar sempre as axilas
Pronto, você higienizou devidamente, mas os cuidados com as axilas não se resumem só a isso, não. é preciso, também, hidratá-las. Embora elas estejam menos expostas aos raios solares e às agressões externas, as axilas entram em contato com os ativos dos desodorantes, que podem irritar ou ressecar a pele, deixando-a esbranquiçada, ressecada, pouco elástica e até áspera, e, com certeza, não é isso que você quer, não é mesmo?

Veja Também: Dicas para driblar o calor e o tempo seco

Antes de depilar

Antes de depilar as axilas
Na hora de depilar, os cuidados com as axilas devem ser ainda mais intensos: primeiramente, vale saber que o ideal é esfoliar as axilas três dias antes da depilação, para que os pelos não fiquem encravados.

Veja Também: Como remover pelos encravados sem danificar a pele

E caso de depilação com cera, por exemplo, a dica é usar antissépticos para a limpeza da área, facilitando a aderência do produto e removendo resquícios dos desodorantes. Já, quem usa lâminas, a dica é pegar emprestado o creme de barbear do namorado, pois é, infelizmente não é nada fácil achar uma versão feminina, mas o detalhe mais importante para as adeptas desse método, é que a lâmina deve ser específica para a pele da mulher, mais fina e delicada, para agredir menos a pele dessa região.

Veja Também: Dicas para depilar com lâmina sem cortes e irritação

Diga adeus à foliculite

axilas sem foliculite
Um dos motivos que devemos intensificar os cuidados com as axilas em relação à depilação, é para não resultar na terrível foliculite, pois é, quem tem propensão a esse problema, que é o surgimento de bolinhas com inflamação decorrentes de pelos encravados, deve recorrer a cremes à base de antibiótico e anti-inflamatório. Por isso, a dica, nesse caso, é investir na depilação a laser, já que ao destruir o pelo, cessa o problema do surgimento das bolinhas.

Veja Também: Faça sua depilação durar mais tempo

Depois de depilar

Depois de depilar as axilas
Então, quem usa cera ou lâmina para eliminar os pelos, precisa saber que todos os dois processos irritam a pele, já que além de cortar ou extrair os fios, ambos removem uma fina camada de pele, deixando a região vulnerável a irritações e infecções. Nesse caso, a dica é não usar roupas muito justas e evitar cremes e desodorantes por algumas horas. E mais, quem usa cera também deve evitar o sol durante 48 horas após a aplicação, ou usar um protetor solar para prevenir manchas.

Veja Também: Depilação Definitiva: O que você precisa saber a respeito

Axilas Escuras

Um problema que chateia muitas mulheres, sem dúvida, é ter axilas mais pigmentadas, tanto por processo inflamatório pós-foliculite ou por fator racial. Pois é, esse problema, na verdade, pode ser causado por muitos fatores, que vão desde a predisposição genética, como pele mais morena, até doenças dermatológicas, obesidade, uso de cera para depilação e alergia a lâmina, ou seja, qualquer método depilatório que cause algum traumatismo na pele pode causar manchas.

Veja Também: Receitas caseiras para clarear a pele

Para evitar o escurecimento na região, a dica é evitar o uso de ceras depilatórias, prefira investir em tratamentos clínicos, com cremes despigmentantes que possuem substâncias clareadoras, ou mesmo apostar na depilação com laser de diodo, que, além de eliminar definitivamente os pelos, por conta de sua afinidade com a melanina, promove também um efeito clareador.

Adicionar comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.