Pessoas socialmente ansiosas são muito inteligentes

Não é preciso ser um cientista para saber que as pessoas inteligentes são, em sua maioria, socialmente desajeitadas em algum aspecto.

Elas não são “idiotas” ou qualquer outro estereótipo que você deseja usar.

Pelo contrário: as pessoas altamente inteligentes veem o mundo em um nível completamente diferente do que o resto.

Devido a isso, tornam-se incrivelmente ansiosas em situações aparentemente normais.

Não é que essas pessoas não sabem como agir em festas e reuniões sociais. O que acontece é que sua mente está constantemente trabalhando, o que as torna extremamente ansiosas sobre tudo ao seu redor.

Cientistas descobrem que pessoas socialmente ansiosas são muito inteligentes

Entenda melhor como as pessoas altamente inteligentes pensam e agem.

1. Elas possuem grande inteligência de sentinela

Pessoas altamente inteligentes estão muito mais em sintonia com o mundo ao seu redor do que a maioria dos outros indivíduos.

Elas são altamente sensíveis a ameaças de qualquer tipo, a tal ponto que sentem dificuldade em relaxar.

Barulhos repentinos podem simplesmente levar essas pessoas ao pânico.

Elas são tão rápidas que, enquanto todo mundo está processando o barulho que acabou de ouvir, elas já estão pensando “e se fosse uma arma ou uma bomba?”

Veja: 15 dicas que uma mulher inteligente precisa saber sobre os homens

inteligentes

2. Sua autoconsciência é em um nível elevado

As pessoas muito inteligentes estão constantemente pensando em como elas estão sendo percebidas e podem mudar o seu comportamento quando estão em um lugar público para tentar misturar-se.

Essas pessoas constantemente ficam atordoadas com pensamentos do tipo “Será que alguém me ouviu espirrando e fazendo barulho? Todos irão rir de mim”.

Enquanto as pessoas podem realmente ter visto e ouvindo o seu espirro, as chances são de que elas não se preocuparão com isso. Curiosamente, é difícil para as pessoas muito inteligentes perceber que maioria de seus pensamentos estão apenas em sua cabeça e elas estão sendo muito autoconscientes.

Veja: 8 coisas que pessoas bem-sucedidas têm em comum

3. Elas analisam demais os eventos

Pessoas altamente inteligentes procuram constantemente significado mais profundo em conversas e ocorrências regulares da vida.

Por analisar demais as coisas, muitas vezes essas pessoas acabam distanciando-se de conversas regulares, achando melhor ser um observador do que participar ativamente das interações.

Conheça: 12 alimentos que melhoram a produtividade

pessoas socialmente ansiosas

4. Elas analisam demais as palavras

Sim! As pessoas mega inteligentes também analisam demais as palavras e estão constantemente se perguntando “O que ele quis dizer com isso?”, o que pode causar ansiedade social nas situações mais simples.

Um simples elogio de um chefe pode levar a uma série de preocupações como “Será que ele estava sendo sarcástico? Será que eu realmente fiz um bom trabalho?”

Na maioria dos casos, seu chefe provavelmente só quis fazer um elogio rápido mesmo.

Conheça: Vantagens e Riscos do namoro no trabalho

5. Sua lógica é acima do normal

As pessoas super inteligentes são incrivelmente lógicas, o que soa como uma coisa boa a princípio. No entanto, trabalhar com pessoas que não pensam da mesma forma pode ser incrivelmente frustrante.

Muitas pessoas operam com base nas emoções, por isso, quando uma conclusão lógica (e correta) é apresentada por uma pessoa com inteligência superior, geralmente alguns irão se opor à ideia.

Mais: Descubra como ser mais produtiva

6. Elas extrapolam experiências passadas

Por basearem seus pensamentos na lógica, as pessoas altamente inteligentes utilizam as experiências passadas para prever resultados futuros.

Isso pode levar a altos níveis de ansiedade social, já que qualquer resultado negativo vai certamente passar por suas mentes o tempo todo. Assim, as pessoas socialmente ansiosas evitam passar por situações onde se sentiram envergonhadas ou falharam no passado.

Ao colocar na balança os possíveis resultados, essas pessoas geralmente não conseguem evitar pensar no pior, e isso pode fazer com que seja difícil completar determinadas tarefas.

Veja: 10 dicas de etiqueta no trabalho

2 Comentário

  1. SONIA outubro 19, 2015
    • Giulia fevereiro 17, 2016

Adicionar comentário