Cabelo oleoso: saiba como cuidar

Se existe motivo capaz de provocar uma verdadeira dor de cabeça ao universo feminino é o cabelo oleoso. Preocupadas em manter um cabelo saudável e brilhante, as mulheres esforçam-se por aprender e aplicar todos os produtos e técnicas que possam contribuir para o cumprimento desse mesmo propósito.

Cabelos Secos precisam de Cuidados Especiais

Sendo um dos problemas mais recorrentes no que respeita à manutenção de fios bonitos, o cabelo oleoso é resultado do excesso de produção das glândulas sebáceas e é identificável pelo visual gorduroso, pesado e sem volume – mesmo que tenha decorrido pouco tempo após a última lavagem – e por eventual coceira no couro cabeludo.

Cabelos cacheados: cuidados especiais

Na medida em que compromete o bem-estar físico da mulher e se transforma em um fator que interfere negativamente na sua autoestima, o cabelo oleoso pode ser controlado através de dicas simples que podem ser incorporadas nos cuidados diários. Confira aqui!

como cuidar de cabelo oleoso

As causas


Existem diversos motivos pelos quais os fios apresentam um nível de oleosidade superior ao normal, sendo que essas razões podem ser categorizadas em duas áreas distintas: endógenas e exógenas. No primeiro caso, a genética se assume como a grande responsável por este problema, com os hormônios a exercerem um papel preponderante nesse sentido; no caso das razões exógenas, estas relacionam-se com a exposição a ambientes prejudiciais (que contam com excesso de umidade ou de calor, irritando as glândulas sebáceas), a higienização incorreta dos fios e/ou a utilização de produtos inadequados, a vivência de situações de ansiedade e estresse e até mesmo a prática de um regime alimentar pouco saudável.

Spa caseiro para os seus cabelos

Neste sentido, o cabelo oleoso pode resultar da observação de um destes fatores ou de uma combinação dos mesmos, sendo que não existe um padrão único que possa justificá-lo.

Escova progressiva marroquina

Como cuidar do cabelo oleoso

Para cuidar dos fios com excesso de oleosidade, nada melhor do que adotar estas dicas e segui-las de forma contínua e disciplinada:

  • Escolher um xampu com PH neutro, para que não agrida o couro cabeludo e não agrave o problema da oleosidade pelo estímulo a produção de gordura;
  • Aplicar o condicionador somente nas pontas dos fios;
  • Lavar o cabelo com água morna ou fria, já que a água quente promove uma maior atividade por parte das glândulas sebáceas e faz com que haja lugar a um aumento da oleosidade;
  • Evitar, tanto quanto possível, o uso de secador. Em caso de necessidade, o aparelho deve ser utilizado em temperatura baixa e a uma distância aproximada de 40 centímetros com relação à raiz dos fios;

cabelo oleoso

  • Não escovar demasiadamente o cabelo, pois além de estimular a atividade das glândulas sebáceas, também faz com que os fios fiquem mais fragilizados e possam cair com maior facilidade;
  • Promover a hidratação natural do cabelo e a eliminação de toxinas acumuladas a nível interno através da ingestão de uma quantidade mínima de 1,5 litros de água por dia;
  • Praticar uma alimentação saudável, preferindo a ingestão de leguminosas, vegetais, carnes e peixes magros, lacticínios e carboidratos integrais em detrimento de alimentos processados, doces ou com elevado teor de gordura, que contribuem para agravar este problema.

7 dicas infalíveis para evitar o “Bad hair day”

Além destes cuidados, vale lembrar que a solução mais inteligente passa pela consulta de um dermatologista, que é o profissional de saúde mais indicado para diagnosticar e cuidar eficazmente do cabelo oleoso, prescrevendo os tratamentos mais adequados a cada caso.

(Curso) Cuidados com os Cabelos

Adicionar comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.