8 dicas para você aceitar seu corpo como ele é, sem culpa

Quantas vezes na última semana você se olhou no espelho e julgou seu próprio corpo de uma forma cruel?

Para quem pensa que os comentários de terceiros são os principais punhais que ferem a autoestima temos uma verdade inconveniente, não aceitar seu corpo é a pior maneira de se infligir sofrimento.

E não pense que é só você que fica o tempo todo se julgando e se policiando por ter comido batata frita no jantar ou por estar com espinhas após uma farra de chocolates.

Somos extremamente cruéis com nós mesmas, no entanto, para ser feliz é essencial que tenhamos aceitação plena de quem somos.

Olhar para o seu corpo e gostar dele é um bom começo para ser uma pessoa mais completa.

Então vamos deixar a culpa no passado e aceitar o corpo que temos?

Veja Também: 5 sinais de que você é uma mulher acima da média

Dicas para aceitar seu corpo sem culpa e ser feliz

Dicas para você aceitar seu corpo como ele é, sem culpa

Foto: Pixabay

1 – Observe as suas qualidades

Todo mundo tem algum ‘defeito’ que gostaria de mudar na sua aparência, porém, ao invés de olhar tanto para aquilo que você não gosta por que não direciona o seu olhar para o que você tem de bonito?

Olhe com sinceridade para si mesma e faça uma lista mental de tudo o que você tem de positivo em sua aparência.

Para quem tem autoestima baixa à dica é prestar atenção aos elogios das outras pessoas.

Quando ficar para baixo lembre-se dos seus pontos fortes e apenas seja feliz.

Veja Também: 14 Estratégias Extraordinárias para Aumentar a Autoconfiança e a Autoestima

2 – Saiba que padrões são inventados

A sua dificuldade em aceitar seu corpo se deve ao fato dele estar fora dos padrões de beleza?

Lembre-se que padrões estéticos não são verdades absolutas uma vez que são meramente inventados pela sociedade com base em suas necessidades.

No período do Renascimento, por exemplo, mulheres acima do peso e com barriguinha proeminente eram consideradas as mais belas.

Será que em 2099 as mulheres extremamente magras ainda serão consideradas como dentro do padrão de beleza?

Veja Também: 8 modelos famosas que são contra os padrões de beleza

3 – Disfarce aquilo de que você não gosta

Como citamos no primeiro tópico todo mundo tem algo de que não gosta em si mesmo.

Quando isso impede a aceitação do seu corpo é possível recorrer para truques de moda e styling para camuflar aquele ‘defeito’.

Observe que colocamos a palavra defeito entre aspas porque na verdade é apenas algo de que você não gosta, mas não necessariamente algo errado.

Se você acha seu nariz muito grande pode usar truque de luz e sombra com maquiagem, se a barriguinha é o que incômoda pode usar blusas mais longas na diagonal entre outros truques.

Veja Também: 11 maneiras de disfarçar a barriguinha usando até mesmo roupa justa

4 – Aprenda a dizer não para imposições

No item acima demos dicas para camuflar o que você não gosta no caso de ser esse o seu desejo, no entanto, você pode aprender a aceitar seu corpo com todos os ‘defeitos’ que ele tem e dizer um sonoro NÃO para os truques e disfarces.

Não é porque uma mulher está acima do peso que obrigatoriamente não pode usar listras horizontais, por exemplo.

Parte da aceitação é assumir o que se vê como defeito como uma característica normal assim como ter dois olhos e uma boca.

Mas, é fundamental saber que você é livre para disfarçar o que quiser também.

Veja Também: 8 imperfeições nas mulheres que deixam os homens completamente atraídos

5 – Aceite as bad vibes

Não existe um ser humano que consiga ser feliz o tempo inteiro, tendo essa consciência você pode se sentir menos culpada quando as bad vibes chegarem.

O que não pode é viver triste porque acha que sua aparência está errada.

Não é porque você está acima do peso, é baixinha ou tem quadril largo, por exemplo, que merece ser menos feliz que outras pessoas.

Então quando a tristeza chegar dê um tempinho pra ela e depois curta a vida sendo você mesma.

Veja Também: 7 maus hábitos que você deve eliminar para ser uma pessoa autoconfiante

6 – Não se projete em ninguém

Fique atenta para as projeções das qualidades alheias, não é porque uma das suas amigas é alta e magra que você também precisa ser assim para ser feliz.

O ser humano tem o péssimo hábito de achar que as outras pessoas são sempre mais contentes com suas características particulares.

Quando perceber que está tempo demais pensando em qualidades de outras pessoas volte o seu olhar para o próprio umbigo e pense no que você tem de incrível.

Veja Também: Como ser uma mulher mais autoconfiante

7 – Valorize a si mesma

Praticar atividade física e cuidar da pele devem ser vistos como cuidados de saúde e não de beleza somente.

Seu foco pode até ser emagrecer, mas lembre-se que se movimentar é em primeiro lugar uma atitude de saúde.

Essa visão resulta de dar valor a si mesma enquanto indivíduo.

Se você está passando por um momento de questionamento quanto a sua aparência é positivo fazer uma lista de coisas subjetivas que tem valor em você mesma e mantê-la sempre no seu campo de visão.

Veja Também: 5 atitudes para você se valorizar

8 – Tenha um hobby

Aceitar seu corpo é um processo que vem junto com aceitar quem você é, algumas pessoas ficam tão perdidas por não ter autoconhecimento que se tornam mais suscetíveis a busca por padrões de beleza impossíveis.

Nossa dica para que você consiga se ver com mais clareza é ter um hobby que pode ser andar de patins no parque, pintar, escrever histórias ou qualquer outra atividade que te conecte com o que você tem por dentro.

Você acha que está pronta para aceitar seu corpo como ele é e se livrar de vez da culpa?

Veja Também: Grande estudo aponta que mulheres tem cérebros significativamente mais ativos que os homens

Adicionar comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.