7 sinais de leucemia que podem facilmente passar despercebidos

A leucemia é conhecida por ser um câncer do sangue e da medula óssea e, quem desenvolve a doença, pode muitas vezes apenas descobri-la em exames de sangue rotineiros.

Como o tratamento para qualquer doença depende do conhecimento dos sintomas, para que seja possível ir atrás de um diagnóstico, é importante saber exatamente quais são os primeiros sinais da leucemia.

Pensando nisso, separamos uma lista com 7 sinais da doença que podem passar despercebidos.

Veja mais!

Veja: 20 sinais de que você pode ter algum tipo de câncer crescendo em seu corpo

Veja Também: 12 primeiros sinais de câncer de mama que muitas mulheres ignoram

E Mais: 18 sinais de câncer ignorados por quase todas as mulheres

Sintomas da leucemia

Sintomas da Leucemia

1 – Cansaço extremo

A fadiga, tida como um cansaço extremo e crônico, é um dos sinais que se apresentam no início da leucemia.

Por ser um sintoma corriqueiro, pode ser ignorado na maioria das vezes, e costuma ser acompanhado de falta de disposição.

A fadiga pode acarretar na concentração e causar falhas na memória, e não costuma ser desencadeada por esforços físicos – podendo persistir por mais de um dia.

Veja: 7 sintomas aparentemente inocentes que podem indicar um grave problema de saúde

2 – Febre

A febre causada pela leucemia ocorre devido a infecções oportunistas, que se aproveitam dos leucócitos doentes e incapazes de defender corretamente o organismo.

Uma pessoa com leucemia pode ficar, dessa forma, mais propenso a gripes, infecções e resfriados.

Contudo, a própria leucemia pode causar febre, sem outras doenças ao mesmo tempo.

A febre pode durar mais de uma semana, sem causa ou motivo aparente – podendo aparecer acompanhada por calafrios.

Veja: 7 sinais de câncer de mama que as mulheres ignoram

3 – Hematomas e sangramentos

Um dos principais sintomas da leucemia é o sangramento que surge com facilidade, além de machucados que podem surgir apenas após pancadas leves.

Isso ocorre por conta das células vermelhas e plaquetas, que não se encontram em grandes quantidades, podendo até mesmo desencadear uma anemia.

Portanto, vale a pena se atentar a hematomas ou machucados que sangram excessivamente, pois são sinais importantes para o diagnóstico da doença.

Veja: 8 sinais que podem indicar câncer de pâncreas

4 – Gengivas inchadas

A hiperplasia gengival é o nome técnico para o aumento do tamanho das gengivas, que ficam com uma aparência inchada.

Não é um dos sintomas mais comuns da leucemia, sendo apresentado apenas em alguns pacientes com a doença.

Contudo, é um sintoma característico da leucemia, sendo importante se atentar e buscar apoio médico.

É comum sentir também um desconforto na região da boca e, por isso, vale a pena ficar de olho.

Veja: 12 sinais de um câncer maligno que podem ser sutis

5 – Aumento do baço

O baço nada mais é do que um grande linfonodo, por assim dizer. Afinal, sua principal função é a de combater células sanguíneas velhas e com mal funcionamento.

O aumento do tamanho do baço é extremamente comum nas leucemias de tipo LMC, LLC e LLA – e pode ocasionar dores na parte superior esquerda abdominal.

Veja: 10 sinais de alerta do câncer de ovário: o assassino silencioso

6 – Perda de peso

A perda de peso sem motivo aparente é sempre um sintoma importante no diagnóstico de doenças, sendo bem comum na leucemia.

Um paciente com leucemia pode perder vários quilos sem ao menos fazer esforço, de forma lenta e gradual.

Veja: 9 sinais que indicam que seu corpo pede socorro

7 – Aumento dos linfonodos

Os linfonodos são glândulas encontradas na região das axilas, pescoço e virilha, sendo importantes para o equilíbrio do organismo.

Verifique constantemente se há algum inchaço nos linfonodos, ainda que não estejam doendo quando pressionados.

Os linfonodos inchados costumam sempre indicar uma infecção, mas costumam reduzir após uns dias – salvo em casos de leucemia.

Veja: 8 coisas simples que aparecem no seu corpo e podem ser sinais de doenças graves

Adicionar comentário