5 coisas que as pessoas que estão se recuperando da depressão querem que você saiba

Quer ajudar uma pessoa depressiva? Quando alguém está se recuperando da depressão, um grande desafio é a quantidade de especialistas renomados que surgem de repente na família.

São psicólogos, psiquiatras e neurologistas que tiveram seus diplomas advindos de uma devastadora divindade chamada ignorância.

Mas não se preocupe, todos nós ganhamos esse diploma ao longo da vida, o que não quer dizer que não haja esperança.

Afinal de contas, se você está lendo este artigo é porque já tomou a atitude de rasgá-lo em pedacinhos e jogar na lixeira.

Então meus parabéns! Pois você está prestes a descobrir como apoiar alguém que precisa de ajuda, mesmo não pedindo por isso.

Neste post vamos desmistificar alguns estigmas que a sociedade coloca sobre o mal do século: a depressão.

Veja aqui 3 técnicas para lidar com seu mau humor sem envenenar o dia a dia das pessoas

Recuperando da depressão: O que os amigos e familiares devem saber

Recuperando da depressão: O que os amigos e familiares devem saber para ajudar uma pessoa depressiva

A tristeza pode ser o último dos sintomas e nem mesmo estar presente na depressão

A depressão pode se manifestar de diferentes formas em cada um, e até mesmo em pessoas com o transtorno bipolar, onde a depressão é intermitente a episódios de euforia ou em meio a eles inclusive.

Assim, é absolutamente normal que a tristeza não faça parte dos sintomas e dificulte o próprio autodiagnóstico.

Só que nesses casos, quem toma o lugar da tristeza, é a apatia.

E a última coisa de que o paciente precisa, é um familiar achar que se trata de frescura ou falta de humildade e complacência para com os outros.

Contudo, é importante ressaltar que a ausência de sentir alguma coisa, é pior do que a própria melancolia, já que ao magoar outras pessoas a condição do paciente fica cada vez mais profunda, quando ele se dá conta da consequência de seus atos.

Veja aqui 4 séries sobre mulheres fortes e independentes que vão te encorajar a se tornar uma

Quem está passando por uma fase depressiva, acaba se sentindo um fardo para os outros

E isso acaba se tornando um dos gatilhos principais dos pensamentos suicidas, uma vez que na cabeça do deprimido, sua inexistência resolveria os problemas de todo mundo.

Você está com a pessoa certa? Descubra aqui

Outra coisa que você precisa saber perante pessoas que estão se recuperando da depressão, é:

A pressão do perfeccionismo é um dos maiores ofensores para desencadear a depressão

Com isso, é importante que a família esqueça os compromissos sociais e deixe de valer as aparências.

Não é vergonha admitir que você tem um filho, mãe ou irmão com esse transtorno do humor por exemplo.

Lembre-se que cada um de nós é um indivíduo único e abençoado por todas as suas qualidades e defeitos, e quem está se recuperando da depressão, terá um fator externo motivante para sair dessa se você assim transparecer.

Teve uma decepção amorosa? Não deixe que isso te impeça de apaixonar outra vez!

Mas quem está se recuperando da depressão, nem sempre terá tido um gatilho emocional para o começo dela

…E a família tentar descobrir isso com perguntas incessantes, é absolutamente frustrante para o paciente!

Definitivamente, isso não vai ajudar uma pessoa depressiva em nada.

Acontece que a depressão pode ser causada por vários motivos, que nem sequer sejam externos.

Isso porque essa fase sombria coberta por melancolia, desmotivação e uma perspectiva negativa, pode vir de um desvio químico no cérebro.

Esse famoso desvio, mencionado pela maioria dos médicos, é nada mais do que uma absorção precária de dopamina, serotonina e até um excesso de cortisol no cérebro por exemplo.

Contudo, uma má alimentação, medicamentos, estando ou não combinados a um fator externo, podem acabar desencadeando essa alteração química cerebral.

Desse modo, a doença pode aparecer a qualquer momento, independente do quão feliz essa pessoa seja.

Mas sim, na maioria das vezes existe um gatilho, que talvez não tenha sido percebido pelo próprio paciente.

Como dito anteriormente, pode ser levada em consideração alguns principais gatilhos como:

Portanto, a exploração dos sentimentos junto a um psicanalista é fundamental.

Dessa maneira, você talvez tenha entendido agora que…

Momentos de alegria não diminuem a gravidade da depressão

Mesmo quem ainda não está se recuperando da depressão, pode sim ter momentos de alegria.

Porém, é importante ter em mente que uma gargalhada aqui e outra ali, não diminuem o vazio e a angústia que o paciente está enfrentando.

De qualquer maneira, esse pode ser um grande passo para quem está se recuperando da depressão.

Sendo assim, para ajudar uma pessoa depressiva a se curar, dê o máximo de apoio que puder!

Veja aqui 3 erros comuns que comprovadamente impedem você de ser feliz e saudável

Ao ver que uma pessoa aparenta estar com o semblante fragilizado de alguma forma, evite fazer críticas e dar preocupações a ela, afinal ela já pode estar passando por uma situação delicada e enfrentando a depressão.

Fontes: Catraca Livre, Minha Vida, Viver Bem / Imagem: shutterstock

Adicionar comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.