4 remédios caseiros para a osteoporose

A osteoporose, também conhecida como doença dos ossos fracos, é sistêmica e metabólica. Veja como combater a doença de forma natural.

E mais: Sem saber, você está destruindo seus ossos todas as vezes que toma esta bebida

A osteoporose diminui a absorção de cálcio pelos ossos no organismo e atrapalha a distribuição de cálcio pelo corpo.

O osso precisa de nutrientes adequados, assim como qualquer órgão.

Quando não se renovam e reestruturam, ficam cada vez mais fracos, até que sofrem alguma fratura.

Entre as principais causas da osteoporose, estão a falta de ingestão de cálcio, genética e envelhecimento.

A doença é muito mais frequente em pessoas acima de 50 anos e em mulheres.

A osteoporose tem cura, mas o diagnóstico é mais difícil.

Geralmente, o tratamento busca evitar que ocorram novas lesões ou fraturas, além de evitar a dor.

Existem tratamentos e remédios caseiros para a osteoporose que são muito eficazes.

Confira alguns abaixo:

Veja: 10 doenças que você pode ter por falta de vitamina D: saiba como resolver o problema

Tratamentos caseiros para osteoporose

remédios caseiros para a osteoporose

1 – Leite, queijos e iogurtes

É claro que, o leite entraria na lista.

Um dos principais alimentos fornecedores de cálcio que, se ingerido adequadamente, pode prevenir o surgimento da osteoporose.

Pessoas que não gostam de leite, podem buscar alternativas em queijos e iogurtes. Inclusive, existem muitas receitas que envolvem iogurtes em sua preparação.

Lembrando que: É bom evitar o consumo diário de queijos muito fortes, como o cheddar.

Veja Também: Conheça 4 Chás que São Bons Para os Ossos

2 – Vitamina D

A vitamina D, é responsável por facilitar a absorção de cálcio no organismo.

Não adianta ingerir uma quantidade adequada se ela não for devidamente distribuída pelo corpo.

Pode ser encontrada facilmente em farmácias, por um preço acessível.

Você também deve tomar banhos de Sol.

O Sol é essencial para auxiliar a distribuição da vitamina adequadamente pelo corpo.

Entre 15 a 20 minutos de banho de Sol, sem proteção, por dia, é o suficiente.

A suplementação da vitamina D não pode ser feita de qualquer forma, precisando de acompanhamento médico.

O excesso dessa vitamina no corpo pode causar complicações aos rins.

Veja Também: 3 perigos iminentes que o remédio Omeprazol representa para sua saúde

3 – Praticar atividades físicas

A prática regular de atividades físicas, pode prevenir a osteoporose.

Ela faz parte de qualquer tratamento médico para o problema.

Mas, é preciso se atentar para não praticar atividades muito pesadas.

A prática de atividades pesadas, podem gerar fortes dores, o que pioraria o problema.

Veja Também: 10 Atividades Físicas ideais para mulheres acima de 40 anos

4 – Evitar ingerir alimentos antagonistas do cálcio

Existem certos alimentos que, se ingeridos, podem levar a deficiência ou má absorção de cálcio no organismo.

Entre eles, estão o excesso de fósforo, geralmente encontrado nos refrigerantes, a ingestão excessiva de ácido fítico, encontrados em casca de cereais e grãos, além do ácido oxálico, encontrado em espinafres, chocolates e outros alimentos.

Veja Também: 6 fontes de cálcio de origem vegetal para você esquecer de vez o leite de vaca

5 – A osteoporose precisa de tratamento médico

Se a doença for tratada logo quando apresentar os primeiros sintomas, é possível ter uma vida normal e sem dores, desde que os devidos cuidados sejam tomados.

Em casos graves, se osteoporose atingir quadris, fêmur ou coluna, pode até mesmo gerar a incapacidade de andar.

Veja Também: Remédio caseiro para combater a dor nos joelhos, nas costas e outras articulações do corpo

Atenção

Apesar de ser uma excelente maneira de tratar a densidade mineral óssea diminuída, estes “remédios caseiros para a osteoporose”, devem ser utilizados com o conhecimento do médico e não excluem a necessidade de tratamento clínico, sendo somente uma forma de complementar o tratamento.

Veja Também: Remédio caseiro para ajudar a combater a dor nas articulações, desinflamar e reduzir o risco de câncer

Adicionar comentário