12 sinais de doenças cardíacas que você não deve ignorar

Você sabia que aquela sensação de cansaço prolongado ou dores no pescoço podem ser sinais de doenças cardíacas? O descaso pode ser fatal.

Veja: Sintomas de infarto que são diferentes nas mulheres

No artigo abaixo vamos falar um pouco sobre alguns sinais que o nosso corpo dá de que está com um problema sério na sua principal engrenagem, o coração, e que jamais devem ser ignorados.

Algo de muito sábio na natureza do corpo humano é ter alertas para que situações de risco potencial não se tornem mais graves com o passar do tempo.

O grande problema está no fato de que nem todo mundo presta atenção a esses sinais. Informe-se abaixo e não se arrisque a ter problemas com seu coração!

Veja: 10 alimentos para limpar as artérias e reduzir os riscos de um infarto, derrame ou trombose

Principais sinais de doenças cardíacas

sinais de doenças cardíacas que você não deve ignorar

1 – Queda de libido em mulheres

Mulheres que estão na fase pós-menopausa devem ficar atentas para o aumento dos riscos de desenvolvimento de doenças cardíacas.

É válido ressaltar que a Menopausa em si não acarreta no surgimento de doenças cardiovasculares, no entanto, pode contribuir para fatores de risco como o aumento dos níveis de colesterol e pressão arterial.

Evitar um estilo de vida sedentário é importante para reduzir os riscos de desenvolvimento de doenças cardiovasculares.

Veja: 5 sinais que avisam que a menopausa está chegando

2 – Disfunção erétil

Os homens que apresentam disfunção erétil devem ficar atentos para a possível ligação dessa condição com problemas arteriais.

Quando placas se acumulam nas artérias pode se dar a dificuldade de ereção. Sendo assim se estiver com essa dificuldade é válido consultar um médico.

Veja: 10 alimentos que reduzem os riscos de infarto limpando as artérias

3 – Falta de ar

Basta subir um lance de escadas para você sentir falta de ar?

Saiba que esse é um sinal de alerta que pode existir algo de errado com o seu coração.

A dificuldade para respirar proveniente de exercícios moderados provém de doença cardíaca ou enfraquecimento vascular.

Há outras possibilidades para esse sintoma como baixa quantidade de oxigênio no sangue ou doenças respiratórias como asma, por exemplo.

Veja: 8 maneiras de reduzir o risco de infarto e AVC

4 – Azia ou indigestão

Cuidado se você apresenta sensação de azia ou queimação no estômago permanentemente, pode ser sinal de que algo grave está acontecendo no seu organismo.

Ressaltamos que dentre os sinais de doenças cardíacas dessa lista esse é um dos menos relatados por pacientes que passaram por ataque do coração, mas não pode ser ignorado. Ao perceber que o problema persiste não deixe de procurar um médico.

Veja: 5 remédios caseiros contra azia e queimação no estômago

5 – Inchaço das articulações

Você sabia que hipertensão (pressão alta) pode acarretar no inchaço das articulações?

Pois, é poucas pessoas sabem disso e ignoram que os problemas com as articulações podem indicar algo mais grave que demanda uma visita ao médico para consultar a sua pressão arterial.

Veja: Remédio caseiro para dores nas costas, articulações e esporão do calcanhar

6 – Fadiga

Sentir-se cansado o tempo todo, até quando não se fez nenhum tipo de atividade física, não é normal.

A fadiga pode ser decorrente da redução de oxigênio no sangue que faz com que vasos fiquem bloqueados.

Dessa forma ao perceber que está com extrema fadiga não hesite em consultar um médico.

Veja: 14 remédios caseiros para fadiga

7 – Problemas com a saúde bucal

Quando você tem problemas bucais como sangramentos, inchaços ou aparecimento de feridas nas gengivas sabe que esses podem ser sinais de doenças cardíacas?

Quem apresenta quadros de Periodontite (que é um tipo grave de infecção que acarreta em consequências para as gengivas e destruição do osso maxilar) tem mais chances de desenvolver doenças como aterosclerótica cardíaca e ataque do coração devido ao aumento da atividade das vias inflamatórias.

Uma boa dica é fazer visitas regulares ao seu dentista para prevenir que essas condições se agravem.

Veja: A importância da saúde bucal

8 – Pressão no maxilar

Trata-se de um desconforto que pode e deve ser encarado como um dos sinais de doenças cardíacas que não deve ser ignorado, especialmente quando aparece associado a outros itens dessa lista.

Veja: O infarto nas mulheres ocorre de maneira diferente: fique atenta a estes 5 sinais

9 – Roncos e apneia do sono

Um dos sinais de doenças cardíacas que são percebidos pelas pessoas que estão em volta do indivíduo.

O ronco é um indicativo de apneia do sono, geralmente os indivíduos que sofrem com essa condição acordam com a sensação de que estão cansados mesmo tendo dormido bastante.

A apneia do sono nada mais é do que uma condição em que se para se respirar durante algum tempo podendo aumentar os riscos de problemas cardiovasculares.

Veja: 11 formas de melhorar o ronco

10 – Suor frio

Quem costuma suar mesmo quando está em repouso deve ter atenção, pois é bastante comum que suor frio aconteça antes de um ataque cardíaco.

Esse tipo de anormalidade no corpo deve ser encarada como um sintoma sério que precisa de uma investigação mais a fundo.

Veja: 5 sintomas que o infarto pode dar até um mês antes de acontecer

11 – Inchaço nas pernas e nos pés

Após um dia intenso em pé ou mesmo em que esteja muito quente pode ser normal ficar com as pernas inchadas.

Contudo, também pode ser sinal de insuficiência cardíaca congestiva, fique atento se ao deitar sentir falta de ar.

O grande problema está no inchaço persistente.

Veja: Melhor remédio caseiro para pés e pernas inchadas

12 – Dores no pescoço e ombros

Certamente você sabe que dores no braço esquerdo indicam ataque cardíaco, contudo, saiba que algumas pessoas ao invés de apresentarem esse sintoma tem um desconforto no pescoço e nos ombros.

Sentir esse incômodo de maneira recorrente é motivo para buscar uma consulta médica.

Gostou de conhecer sinais de doenças cardíacas?

Veja: 3 medicamentos que aumentam risco de infarto e que são vendidos sem prescrição médica

Uma Resposta

  1. Francedy Melo outubro 4, 2018

Adicionar comentário