10 sinais de que você precisa ir ao ginecologista

Ir ao ginecologista pode ser uma tarefa difícil e incômoda para muitas mulheres.

Alguns exames invasivos e a possibilidade de encontrar algum problema podem causar desconforto na maioria das pacientes.

Veja Também: 6 Exames médicos que toda mulher deve fazer

Porém, adiar a ida ao ginecologista pode causa “desconfortos” e problemas bem maiores.

São as visitas rotineiras que vão possibilitar você a prevenir doenças e/ou tratá-las no início. Elas são os cânceres de colo de útero, de mama e doenças sexualmente transmissíveis. As consultas de rotina dos ginecologistas também dão respostas sobre irregularidades no ciclo menstrual e ajudam a otimizar as chances de engravidar.

Veja Também: 10 coisas que você deve perguntar ao seu ginecologista

As consultas de rotina são importantes, mas você deve ficar atenta também a alguns sinais que indicam que você precisa ir ao ginecologista. Aqui vamos listar dez desses sinais que não devem ser ignorados.

Veja Também: Planos de saúde: vantagens e desvantagens

porque ir ao ginecologista

Saiba quando e porque ir ao ginecologista

1. Ciclo menstrual desregulado

Qualquer mudança no seu ciclo menstrual deve ser avisada ao seu ginecologista e ser investigado. Essas mudanças podem ser atrasos, aumento no fluxo de sangue, dores e mudanças no aspecto do sangue. As irregularidades no ciclo menstrual podem não ser nada, podem ser gravidez, ou até algo mais grave, como doenças.

Veja Também: O que você precisa saber antes de suspender a menstruação

2. Ferimentos

Qualquer lesão ou machucado no ânus, ou na vagina pode significar alguma doença sexualmente transmissível e deve ser investigada e – se necessário – tratada o mais rápido possível para evitar complicações.

Veja Também: A verdade que ninguém nunca contou a você sobre HPV

3. Dores

Nenhuma dor é normal. Se você sentir dores abdominais, principalmente fora do ciclo menstrual, isso pode significar cistos. Um “bom” motivo para ir ao ginecologista.

Veja Também: Síndrome de Ovário Policístico atinge 10% das mulheres

4. Sangramentos

Sangramentos fora do ciclo menstrual também não são normais. Eles podem significar cistos malignos e, se acontecerem na menopausa, pode ser sinal de câncer de útero. Qualquer sinal de sangramento é um aviso que você precisa ir ao ginecologista.

Veja Também: Endometriose: Saiba reconhecer e tratar

5. Disfunção sexual

Outros sinais de que você precisa ir ao ginecologista são as disfunções sexuais. Elas podem ser dores ao fazer sexo, falta de desejo e muita dificuldade em atingir o orgasmo. Esses sinais podem não significar algo grave, mas ir ao ginecologista é importante para investigar as causas deles e como tratá-los a fim de ter uma vida sexual saudável.

Veja Também: 5 hábitos que prejudicam a saúde íntima feminina

6. Início da vida sexual

Antes de ter a primeira relação sexual é muito importante ir ao ginecologista para tirar todas as dúvidas em relação a métodos contraceptivos e em relação ao próprio corpo e como será.

7. Caroços na mama

Cistos na mama podem ser benignos,ou câncer de mama. Se ao realizar o auto exame, você perceber alguma saliência, é necessário ir ao ginecologista imediatamente. Se o caso for um câncer de mama, quanto mais cedo detectar, mais rápido é o tratamento e melhores as chances de cura. Se for cisto benigno, o médico vai identificar se será necessário, ou não a remoção cirúrgica dele.

Veja Também: Quais são os alimentos que ajudam a prevenir o câncer?

8. Sinais de menopausa

Os sintomas da menopausa são vários:

  • ondas de calor
  • transpiração noturna
  • tonturas
  • dores de cabeça
  • diminuição do fluxo sanguíneo no ciclo menstrual
  • depressão.

Ao sentir qualquer um desse, principalmente se você tiver mais de 40 anos, é preciso ir ao ginecologista para avaliar a situação e preparar uma reposição hormonal para amenizar os sintomas.

Veja Também: Menopausa: veja como atravessar essa fase de forma tranquila

9. Estresse

Ondas de estresse podem ser sinal de disfunção hormonal e um motivo para consultar o ginecologista, tirar dúvidas e checar se é necessário fazer reposição de hormônio.

Veja Também: 7 Alimentos que aumentam o nível de estresse

quando ir ao ginecologista

10. Gravidez

Antes de qualquer coisa, a qualquer sinal de gravidez, vá ao ginecologista! Não confie em testes caseiros porque eles têm uma grande chance de dar errado. Os sintomas podem ser variados. Os primeiros sintomas da gravidez podem ser sangramento vaginal, cólicas, atraso menstrual, aumento e dores nos seios, enjoo e vômito, entre outros.

Veja Também: Descubra como minimizar os enjoos na gravidez

Detectada a gravidez, o acompanhamento com o ginecologista deve ser constante até o nascimento. É o seu médico que vai te passar todas as informações de sua saúde e de seu filho.

3 Comentário

  1. Alex Peixoto agosto 25, 2015
  2. Antonio mataia janeiro 4, 2017
  3. Maria setembro 6, 2018

Adicionar comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.