Veja o risco de usar a Noz da Índia para emagrecer

Durante algum tempo, a Noz da Índia tem sido indicada e vendida a preços exorbitantes com a promessa do emagrecimento rápido, que geralmente não é atendida, deixando frustrações por onde passa.

No entanto, cada vez mais crescem os relatos de pessoas que utilizaram a Noz da Índia para emagrecer e obtiveram ótimos resultados, aliando seu consumo a uma dieta equilibrada e exercícios.

Por esse motivo, questiona-se a eficácia da Noz da Índia para emagrecer e seus benefícios, sendo indiciada – na maioria dos casos – como placebo (remédio de mentira).

Veja Também: Saiba os riscos do hormônio HCG para emagrecer

Para quem não a conhece, a Noz da Índia é uma semente da árvore Nogueira-de-Iguape originária da Indonésia.

Veja o risco de usar a Noz da Índia para emagrecer

Foto: Pixabay

Ela se tornou famosa com promessas e mais promessas sobre emagrecimento, melhora do trânsito intestinal e ainda alguns benefícios como:

A redução do apetite e diminuição da compulsão alimentar; (Veja: 5 inibidores de apetite naturais que vão te ajudar a emagrecer de forma segura)

Diminuição da celulite; (Couve emagrece, combate a celulite e melhora o humor)

Diminuição do colesterol; (Veja: 4 alimentos que têm o poder de varrer o colesterol preso nas paredes das artérias)

Combate às hemorroidas; (Veja Também: O segredo do alho: poderoso remédio natural que combate dezenas de doenças e bactérias)

Melhora da qualidade de pele, unhas e cabelos. (Veja Também: 10 alimentos que fortalecem unhas e cabelos)

É sabido que a fruta da árvore – e não a semente – é utilizada na medicina tradicional asiática para tratar dor de cabeça, náusea, vômito, febre, inflamação, gonorreia e para baixar o colesterol, apenas.

Mas, em relação à semente, existem poucos relatos e, consequentemente, estudos têm sido conduzidos para avaliar até onde irão seus benefícios e efeitos colaterais.

Veja Também: Emagrecimento: Alguns mitos e verdades

Mas, afinal, a Noz da Índia para emagrecer funciona?

Noz da Índia emagrece mesmo?

Foto: Pixabay

A Noz da Índia para emagrecer é um tópico muito discutido na internet.

Uns dizem que ela funciona e ajuda a eliminar até 12kg em um mês e outros dizem que é tudo mentira.

Cada pacote vendido de Noz da Índia para emagrecer tem em média 12 sementes – sem manchas, íntegras (não murchas) e frescas – que duram até 2 meses.

A semente tem efeito laxante e diurético e, por isso, não beber muita água pode ser letal.

Antes de comprar, é necessário verificar se a semente está em boas condições, essas que se apresentam em: cor esbranquiçada, casca felpuda e a presença de um pequeno talo na ponta.

Infográfico: Conheça alguns Mitos e Verdades sobre as dietas

A proposta da Noz da Índia para emagrecer é agir diretamente sobre a gordura localizada e evitar queque novas se acumulem, expelindo-as pelas fezes.

Normalmente, indica-se seu consumo a 1/8 da semente pela manhã antes de comer por uma semana e, na semana seguinte já dividi-la e consumir ¼ da semente, também pela manhã.

Mas, é necessário cuidado. Embora existam relatos positivos do uso da Noz da Índia para emagrecer, é muito importante não esquecer que todo alimento em excesso – por mais que seja ótimo para a saúde – pode ser danoso.

Atente também para ler as bulas de medicamentos que sejam necessários para lidar com as sensações ao longo do consumo: quando associada a outros medicamentos, o uso da Noz da Índia para Emagrecer pode agravar a saúde e outros problemas ou levar à morte.

Se funciona ou não, ainda é um tópico a ser muito debatido – já que não existem testes em seres humanos – antes de chegar em bons resultados.

Seu gosto não é bom, mas, ela tem um alto valor nutritivo.

Veja Também: Goji berry: mitos e verdades sobre o alimento da moda

Efeitos colaterais

Todo o produto no mercado deve passar por uma avaliação para saber quais são os benefícios e os malefícios associados a ele.

No caso da Noz da Índia para emagrecer, os efeitos colaterais mais comuns são:

Problemas respiratórios: se você já possui algum, evite o consumo da Noz da Índia para emagrecer ou consulte um médico.

Flatulência: que, geralmente, pode ser reduzida com a mudança de hábitos alimentares.

Diarreia: a depender do tipo de organismo em que a semente vai entrar, ela pode causar uma diarreia leve ou severa.

Se este sintoma for muito forte, a recomendação é cessar o consumo, beber muita água e repousar.

Desidratação: por si só, seu consumo pode resultar numa desidratação severa, mas, em casos em que as pessoas têm problemas com retenção de líquidos, a semente pode ser uma ótima aliada – se consumida a curto prazo – para resolver esse problema.

Dores de cabeça;

Enjoos;

Taquicardia: se você tem algum problema cardíaco ou antecedentes, não inicie ou suspensa o uso imediatamente.

Nesses casos, o consumo pode desencadear algo bem pior do que apenas uma aceleração repentina do coração.

Dores no estômago;

Inchaço nas pernas.

Veja Também: O pão integral é mais saudável que o branco? Mito ou verdade?

Contraindicações da Noz da Índia para emagrecer

Embora existam vantagens, é fato que a Noz da Índia para emagrecer apresenta bem mais desvantagens até então.

Fica a critério de quem vai consumir optar ou não pelo seu uso, mas, em geral, recomenda-se uma boa dieta aliada a exercícios.

De qualquer maneira, o uso da Noz da Índia para emagrecer também possui contraindicações que devem ser igualmente respeitadas às opiniões:

– Gestantes e lactantes (mamães que estão na fase de amamentação);

– Idosos;

– Indivíduos menores de 15 anos;

– Indivíduos com problemas no sistema digestivo;

– Indivíduos com problemas cardíacos;

– Indivíduos com problemas renais;

– Indivíduos que não possuem o hábito de beber muita água;

– Indivíduos que tomam, regularmente, remédios (medicamentos) controlados;

Infográfico: mitos e verdades sobre a celulite

Add Comment