Perca peso e entre em forma com treinamento funcional

Consciência corporal e um físico à prova de mau jeito ou lesões, isso é o que promete o treinamento funcional, o novo queridinho das academias e que, como o próprio nome já diz, pretende, através de exercícios físicos, potencializar nosso equilíbrio, flexibilidade, potência, coordenação motora, agilidade e força, para que possamos executar da melhor forma as tarefas do dia a dia, prejudicadas ao longo do tempo devido aos maus hábitos posturais e ao sedentarismo.

Veja Também: 3 exercícios para aumentar o bumbum

treinamento funcional
Não é à toa que vem fazendo o maior sucesso nas academias, o treinamento funcional chegou para revolucionar a maneira como nos exercitamos, e o mais legal é que este método de treinamento pode ser adaptado a cada indivíduo de acordo com seu objetivo e suas capacidades físicas.

Veja Também: Os 6 exercícios físicos que mais gastam calorias

Se antes se valorizava o treino de força, focado em ganhar músculos e queimar calorias, deixando de lado a qualidade do movimento, hoje é cada vez maior o número de adeptos ao trabalho dos músculos de forma integrada, e não mais isolada, já que no dia a dia é assim que eles são exigidos. Ou seja, no treinamento funcional, são utilizados padrões fundamentais dos movimentos básicos, como empurrar, puxar, agachar, girar e lançar, resultando, assim, num corpo equilibrado, forte, pronto para enfrentar desafios e resistente a lesões.

Veja Também: 3 exercícios para você endurecer o bumbum em casa

treinamento funcional na academia

Algumas características do treinamento funcional

1. Menos gordura

Uma boa sessão de funcional gasta até 1 000 calorias, com exercícios de arremesso, suspensão e agachamento, trabalhando vários músculos ao mesmo tempo, e como quanto maior a mobilização muscular, maior o gasto calórico, o resultado…menos gordura.

Veja Também: 5 exercícios que mais queimam calorias

Um treinamento funcional pode ser programada com foco na perda de gordura, envolvendo treinos intervalados e circuitos intercalando exercícios resistidos (com pesos e elásticos) e estímulos aeróbicos como saltos ou deslocamentos. Vale ressaltar que, segundo estudos recentes, foi verificado que o método mais eficaz para queimar gordura é o com treino intervalado de alta intensidade, assim, você gasta mais calorias fazendo 20 minutos de corrida intercalando tiros em velocidade máxima e períodos de descanso do que correndo 40 minutos em ritmo moderado constante.

Veja Também: Qual te ajuda a perder mais peso, Dieta ou Exercício?

2. Músculos firmes

O treinamento funcional trabalha com pesos livres (barras, halteres, bolas, kettlebells) e o peso do corpo (como na flexão de braço e no agachamento) estimulando o ganho de massa muscular, e embora até pareça mais fácil do que usar os equipamentos de musculação, não é. A ideia principal é treinar movimentos e cadeias musculares, não músculos isolados.

Veja Também: Medicine Ball: Ganhe força, potência e coordenação

3. Barriga sequinha

Como o treinamento funcional tem como um de seus pilares o fortalecimento do core, o centro de força do corpo, que inclui os músculos do abdômen, dos quadris e da região lombar, respondendo pela estabilização da coluna vertebral, por ser acionada essa musculatura em todos os exercícios físicos, e não somente nos abdominais, o resultado disso é uma barriga sequinha e definida, sem grandes sacrifícios.

Veja Também: Top exercícios para perder peso no verão

4. Corpo forte e feminino

treinamento funcional para fortalecer o corpo
Claro que também existem os benefícios estéticos, que são músculos trabalhados de forma harmoniosa e muitas calorias queimadas.

Veja Também: Exercícios para combater a celulite

5. Sem tédio

Quem não consegue levar adiante as aulas da academia por depois de um determinado tempo começar a se sentir entediada…deve apostar no treinamento funcional, pois sabendo usar os acessórios próprios, a monotonia não encontra espaço, já que são muitas as possibilidades de exercícios, possibilitando um treino sempre diferente do outro e, ainda assim, poder exercitar o corpo inteiro de uma forma eficaz.

Veja Também: Melhores exercícios físicos para grávidas

6. Previne lesões

Já que no treinamento funcional se trabalha os músculos de forma global, o perigo de sobrecarregar uma ou outra parte do corpo e se machucar é bem menor, mas, claro, assim como qualquer atividade física, é sempre bom contar com a orientação de um profissional capacitado para a modalidade, assim como se concentrar nos movimentos e saber ouvir e respeitar os limites do seu corpo.

Veja Também: Conheça os principais benefícios da musculação

Onde encontrar

Hoje as principais academias já oferecem essa opção de aula, muitas vezes realizada ao ar livre, em praças e na praia. Já é possível também encontrar alguns equipamentos e acessórios para à venda em lojas físicas e online.

Veja Também: 4 erros comuns na hora de malhar

O que vestir

O que vestir para fazer o treinamento funcional
Tanto para quem malha em academia ou ao ar livre, nada de maquiagem, ou ficar parecendo que está indo à uma festa, e os tecidos devem acompanhar o estilo do exercício e o lugar onde é feito, por exemplo: treino em academia, camiseta de tecido leve e top, ou regata com top. Calça longa para atividades anaeróbicas (Musculação, Yoga, Pilates) e Legging para atividades aeróbicas (corrida, circuito, dança). Enfim, a roupa tem que ser confortável, mas pode e deve mostrar seu estilo sim, e tem como fazer isso até sem gastar muito ou ficar elaborando muito, já é possível comprar até pela internet, como no site da Dafiti Sports, onde é possível encontrar roupas e artigos esportivos com precinhos super bacanas.

Dica: Para você malhar sem sair da moda, confira os cupons da Dafiti Sports no site do CupoNation

Adicionar comentário