Transição capilar: como voltar a ter cabelo cacheado

Se você, durante muito tempo, foi refém dos alisamentos e da chapinha, mas quer voltar a ter o cabelo cacheado, livre das agressões provocadas pela química e pelo uso excessivo da prancha e do secador, fique conosco, pois este artigo é para você.

Apesar da progressiva ser um procedimento que promete praticidade e economia de tempo à mulher, sua aplicação regular acaba criando camadas excessivas de proteção no cabelo, deixando os fios mais secos, quebradiços e ralos.

Por isso, quando os cabelos sofrem muitas agressões e já não têm a mesma vitalidade de antes, é comum que as cacheadas retomem o desejo de voltar a ter os cabelos mais naturais e cheios de vida.

Caso esse seja o seu caso, confira a seguir as nossas dicas de como realizar a transição capilar e volte a ter belos e definidos cabelos cacheados.

Transição capilar: como voltar a ter cabelo cacheado

A transição capilar da Bruna Ramos foi quando ela entrou na faculdade e começou a ter preguiça de fazer chapinha e cuidar do megahair

1 – Abandone todos os procedimentos químicos realizados nos seus cabelos

O primeiro passo para realizar sua transição capilar e voltar a ter cabelo cacheado, é abandonar, de vez, todo e qualquer procedimento químico, com destaque para as progressivas e os relaxamentos.

No começo, certamente, você ficará tentada a voltar a realizar esses tratamentos, assim que perceber que seus cabelos estão sem forma e movimento, mas aguente firme.

A transição capilar é um processo que demanda tempo (pelo menos seis meses) e, caso seja essa sua vontade, vale a pena ter paciência.

E nada de apelar para os permanentes, que também possuem a mesma base química dos alisamentos e, igualmente, danificam os cabelos.

Veja Também: Transição Capilar: deixe os cachos reinarem novamente!

O que fazer?

Para disfarçar a textura dupla dos seus cabelos durante a transição capilar, ou seja, quando o comprimento do seu cabelo estiver liso e a raiz ondulada, aposte nos ativadores de cachos.

Aplique o produto em todo o cabelo amassando as mechas com as mãos.

Mousses também são bem vindos.

E mais: 5 dicas para você ter cachos definidos e volumosos

2 – Esqueça o babyliss, a prancha e o secador

Devido às altas temperaturas desses aparelhos, quando em contato com os fios, pranchas, secadores e babyliss ressecam e modificam a estrutura capilar, dificultando a absorção de água e nutrientes.

Para voltar a ter cabelos cacheados, através da transação capilar, é essencial que você pare, aos poucos, de usar o babyliss, a prancha e o secador até que eles não sejam mais necessários no seu dia a dia.

Veja Também: 7 truques para domar os cachos e realçar a beleza dos cabelos cacheados

3 – Faça hidratações semanais

A hidratação é etapa fundamental para que você volte a ter cabelos cacheados.

Aposte em máscaras enriquecidas com óleos essenciais, como o óleo de coco e o óleo de argan, que fornecem nutrientes para dar força e brilho aos fios.

Passe a máscara mecha a mecha e deixe agir por cerca de 20 minutos.

Lave, normalmente, em seguida.

O mesmo vale para as reconstruções, que recomendamos que sejam feitas em salões por profissionais.

A reconstrução é essencial para repor queratina dos fios e recuperar a massa capilar.

Faça o processo a cada 15 dias nos dois primeiros meses e depois aumente o intervalo para 1 vez ao mês.

Veja Também: 5 dicas de ouro para disciplinar o cabelo crespo e cacheado

4 – Corte seus cabelos

Em processos de transição capilar, é comum que os cabelos fiquem com as pontas espigadas e duplas.

Por isso, é recomendável que você, em um primeiro momento, corte, pelo menos, três dedos do comprimento do cabelo.

Depois, realize a manutenção a cada dois meses, reparando as pontinhas.

Se quiser dar volume logo de cara aos cabelos, faça cortes repicados e em camadas.

Veja Também: Cabelos cacheados 2018: Tendências em cortes e cores

5 – Adote e siga um cronograma capilar

Além da hidratação e da reconstrução, que falamos acima, é fundamental você adotar e seguir um rigoroso cronograma capilar para que, aos poucos seus cabelos voltem a ter cachos naturais.

Toda semana, as três etapas devem ser feitas com profundidade, seja hidratação, reconstrução ou hidratação.

O ideal é recorrer a um desses tratamentos a cada lavagem.

Para saber os benefícios que cada um desses procedimentos oferece para os seus cabelos, fique ligada nas explicações abaixo:

Hidratação: Repõe a água dos fios. Aposte em produtos ricos em vitamina B5, E e A.

Reconstrução: Fortalece e repara os fios, deixando-os resistentes à quebra, queda e livres do frizz. Nesta etapa, opte por produtos como a queratina líquida e ampolas de proteína.

Nutrição: Repõe a oleosidade natural dos fios. Manteigas e óleos vegetais (coco, oliva, abacate, karité) são a base deste tratamento.

Veja Também: 6 receitas caseiras para hidratar cabelos afros

6 – Tenha paciência

Como frisamos anteriormente, não é de um dia para o outro que os seus cabelos voltarão a ter cachos definidos e deslumbrantes.

Por isso, paciência e disciplina para seguir as dicas que deixamos neste post, é essencial para você conquistar o seu objetivo.

Lembrando que cada cabelo reage de forma diferente e tem seu próprio tempo de transição.

Então, mantenha-se firme e prepare-se para ter novamente cachos divinos!

Veja Também: 9 maneiras simples e eficientes de domar os cabelos cacheados

Adicionar comentário