5 hábitos que prejudicam a saúde íntima feminina

Muitos hábitos do dia dia que parecem ser inofensivos, podem prejudicar a saúde íntima feminina.

Na lista desses hábitos podemos incluir o uso de calcinhas inadequadas, calça jeans colada, de absorventes internos, entre outros.

E com a chegada do calor intenso, esses hábitos podem acabar com a sua saúde íntima, podendo causar infecções e vaginites.

Por isso, para evitar problemas, é muito importante prestar atenção nesses simples hábitos que podem causar uma série de problemas e desconfortos.

Veja Também: Endometriose: Saiba reconhecer e tratar

Hábitos que prejudicam a saúde íntima feminina

Mas antes de saber porque é tão importante prestar atenção nesses detalhes, é preciso saber porque esses problemas podem afetar a sua saúde. As bactérias e fungos presentes na flora normal da região íntima da mulher que são saudáveis, podem sofrer consequências quando ocorrem alterações no PH, podendo causar infecções. E essas infecções que parecem inofensivas podem até causar infertilidade se não forem tratadas.

Veja Também: Fertilidade feminina

Por isso, se você está com um corrimento diferente, em grande quantidade, de coloração esbranquiçada, amarelada ou esverdeada, ou mesmo coceira e mau cheiro, não espere muito tempo para procurar um ginecologista. Afinal, você pode estar com uma infecção na região intima, mesmo que seja leve. Além disso, outra maneira de evitar o problema é mudar os hábitos que prejudicam a saúde íntima feminina.

Leita Também: Vulvite e Vulvovaginite: veja como acontecem e como se prevenir

Veja quais são os hábitos que prejudicam a saúde íntima feminina

Usar calça jeans apertada

Pode até parecer besteira, mas usar calças jeans muito coladas no corpo podem causar  infecção vaginal. Isso porque a calça abafa toda a região, que já é composta por uma grande  flora bacteriana e fungica, que precisa se manter estável. Portanto, quando a região íntima fica abafada, favorece a proliferação de fungos e bactérias que alteram o Ph do local, causando infecções.

Veja Também: Higiene Pessoal Básica

Lavar as calcinhas incorretamente

Pode acreditar, o jeito que você lava e seca a sua calcinha pode interferir na sua saúde íntima. Portanto, para evitar problemas, elas não devem ser lavadas no box, já que esse ambiente é abafado e contribui para o surgimento de microrganismos. Além disso, é importante usar produtos específicos para higienizar as calcinhas ou sabão de coco que é mais natural e evitar alergias.

Veja Também: Dicas simples de como lavar biquínis e maiôs

Veja quais são os hábitos que prejudicam a saúde íntima feminina

Calcinhas de material sintético

Entre os hábitos que prejudicam a saúde íntima feminina vale a pena citar o uso de calcinhas de material sintético. Elas chamam muito atenção das mulheres pela beleza, conforto e muitas vezes pelas sensualidade. No entanto, esses tecidos sintéticos podem causar irritações, que podem tirar a barreira de defesa da região. Por isso, para evitar o problema, prefira usar calcinhas de algodão e até mesmo dormir sem calcinha.

Veja Também: Como escolher lingerie

Absorventes diários

Muitas mulheres têm o hábito de usar absorventes diários para manter a região sempre limpa. No entanto, o seu uso frequente não é recomendado pelos ginecologistas, já que eles contribuem para a proliferação de fungos e bactérias. Isso porque os absorventes diários deixam a região íntima abafada, contribuindo para o surgimento de fungos. Por isso, eles só devem ser usados durante a menstruação.

Veja Também: Infográfico para entender as três fases do ciclo menstrual

Higienização incorreta

Entre os hábitos que prejudicam a saúde feminina, a higienização incorreta também merece atenção especial. Isso porque esse hábito pode causar sérios problemas, inclusive infecção urinária. Por isso, o ideal é fazer a limpeza da região sempre de frente para trás, para que as bactérias do trato intestinal não invadam o canal da urina.

Adicionar comentário