Saiba os riscos do hormônio HCG para emagrecer

Se você já buscou por soluções rápidas de emagrecimento, deve ter se deparado com o hormônio HCG para emagrecer.

Milagroso, promete a perda de até 17kg em 40 dias, por exemplo.

Esse hormônio é considerado natural pelos divulgadores e é produzido na placenta durante a gestação.

Em laboratório, ele foi sintetizado para auxiliar no emagrecimento de homens e mulheres, sem risco à saúde, ou é o que dizem.

O hormônio HCG para emagrecer vem sendo estudado e cada vez mais taxado como fraude.

Embora o processo diga seguir recomendações de uma nutricionista e um médico, o que emagrece nessa dieta não é o hormônio, mas, a dieta restritiva de 500 calorias que vem depois.

Esse tipo de emagrecimento rápido é muito perigoso e já existem casos de trombose venosa profunda, embolia pulmonar, acidente vascular cerebral (avc) e infarto.

Vamos conhecer um pouco mais?

Veja Também: Lipo sem corte funciona ? Quais são os riscos e benefícios ?

Saiba os riscos do hormônio HCG para emagrecer

Fonte: Pixabay

O que é o HCG e por que ele promete emagrecimento?

Também chamado de Gonadotrofina Coriônica, esse hormônio é encontrado em mulheres após a fecundação do óvulo em grandes quantidades.

Nos testes de gravidez de urina, é ele que acusa o resultado positivo.

Sua função principal é manter o feto no útero pelos primeiros seis meses de gestação.

Sua popularidade veio à tona quando, em 1950, um médico conceituado fez aplicações desse hormônio em obesos e viu que ele resultava em diminuição do apetite e perda de peso.

O uso do hormônio HCG para emagrecer começou quando esse mesmo médico resolveu unir o útil ao agradável e criar uma dieta altamente restritiva para acompanhar o processo.

Para se ter uma ideia, existem diferentes protocolos para pessoas que querem perder até 7kg (23 dias de hormônio e 26 dias de dieta) e pessoas que querem perder mais de 7kg (40 dias de hormônio e 43 dias de dieta).

Geralmente, o hormônio HCG para emagrecer é injetável e aplicado de maneira intramuscular, mas, ele também pode ser encontrado como um medicamento via oral sublingual.

Veja Também: Omeprazol em excesso pode destruir a sua saúde: vejas os riscos

Benefícios prometidos

Benefícios do hormônio HCG para emagrecer

Fonte: Pixabay

Perda de peso saudável: como o hormônio é naturalmente produzido por nós, promove uma perda de peso saudável e segura.

Alívio de dores crônicas: se você tem problema muscular, saiba que o médico que criou esse método também observou que, à medida em que as pessoas com dor adquiriam o tratamento, suas dores desapareciam.

Nada de hipertensão: o uso do produto garante uma redução dos níveis de pressão arterial e promete a estabilização para níveis normais e seguros.

Ameniza o Diabetes: o uso contínuo do produto com a dieta normaliza os níveis de glicose em jejum.

Alimentação estratégica: durante o uso do produto, sua alimentação vai ser reduzida em mais ou menos 500 calorias por dia. Mas, não se preocupe, o hormônio HCG para emagrecer é aliado a uma dieta 100% segura e saudável a base de legumes, verduras e proteínas.

Emagreça sem perdas: durante o processo de emagrecimento natural, é inevitável que você perca também massa muscular. Usando o hormônio HCG para emagrecer, você não terá problemas, porque isso não acontece.

Veja Também: 3 medicamentos que aumentam risco de infarto e que são vendidos sem prescrição médica

Desvantagens

Embora muita propaganda esteja envolvida e eu já tenha te convencido a aderir à dieta, quando a doação é boa, o santo desconfia. Veja bem a verdade.

O uso do hormônio HCG para emagrecer depende da dieta: não existem estudos falando que, só o uso do hormônio HCG vai te fazer perder peso.

É um tratamento caro que se baseia unicamente numa dieta restritiva.

Mesmo sem o hormônio, se você comer de 500 a 600 calorias por dia, você vai emagrecer, principalmente se você for obeso e seu corpo precise de mais ou menos isso só pra funcionar.

Ponta do iceberg: será que as vantagens valem a pena o risco de coagulação sanguínea parcial e consequente quadro de trombose ou embolia?

Risco à fertilidade: embora esse hormônio seja muito utilizado para o tratamento de pessoas inférteis, quanto mais aplicações, mais o organismo se adapta a receber e não produzir.

Assim, a infertilidade se torna uma consequência.

Pode até mesmo prejudicar a gestação.

Prejudicial à saúde: a baixa ingestão de calorias pelo uso do hormônio HCG para emagrecer pode parecer uma boa coisa a princípio, mas, o corpo passa a criar mais toxinas no organismo decorrentes da quebra de gordura e você pode ter deficiências nutricionais como avitaminoses ou sofrer com hipoglicemia, perda de massa muscular, estresse, desmaios, náusea e vômito.

Veja Também: 17 medicamentos perigosos que você usa sem prescrição médica

Aderir ou não?

Isso é uma questão pessoal que preferimos não nos envolver.

De fato, a dieta com foco no uso do hormônio HCG para emagrecer funciona, mas não vale a pena o risco ou o valor absurdo.

Existem muitos estudos que comprovam que o hormônio HCG para emagrecer é história pra boi dormir.

Se você pensa em emagrecer com saúde, isso não é pra você.

Mas, se seu foco é emagrecer não importa o que aconteça, você pode deixar o hormônio HCG para emagrecer na sua lista.

Mas, aconselho: a dieta é cara e difícil de seguir, não seria melhor apostar numa cirurgia bariátrica?

Veja Também: 10 dicas para você fazer uma plástica com segurança

Add Comment