Planos de saúde: vantagens e desvantagens

Um dos principais motivos que levam as pessoas a aderirem a planos de saúde é a precariedade do sistema público de saúde brasileiro – o SUS.

Veja Também: Chá de amora emagrece, previne e combate doenças

Falta de médicos, hospitais lotados e a falta de infraestrutura e equipamentos faz com que o mundo da saúde privada pareça muito mais seguro e eficiente aos olhos de quem não quer depender de um sistema tão falho quanto o SUS. No entanto, ter um plano de saúde, apesar de ser uma comodidade que faz diferença na vida de muitas pessoas, não é ter 100% de certeza de que você será (bem) atendido.

Veja Também: A importância da saúde bucal

Vantagens e Desvantagens de Planos de saúde

Há vários tipos de planos de saúde, sendo o individual e o coletivo os mais comuns do mercado. Os planos de saúde do tipo individual (também chamado de familiar) é aquele que assistência à saúde para a livre adesão de beneficiários, sendo pessoas com ou sem grupo familiar. Neste tipo de plano, você pode incluir sua família como dependentes, fazendo com que as pessoas que você ama estejam também protegidas caso necessitem de ajuda médica.

Veja Também: Dieta sem Glúten: emagreça e evite doenças

Já os planos de saúde do tipo coletivo é aquele fornecido pelas empresas (sendo chamado de coletivo empresarial) e sindicatos (chamado de coletivo por adesão), ou seja, a cobertura é oferecida apenas as pessoas vinculadas à pessoa jurídica que contratou o plano.

Veja Também: Dores de cabeça frequentes merecem atenção

Cada modalidade possui particularidades, que trazem vantagens ou desvantagens para os assegurados, abordados abaixo:

Planos de saúde individuais/familiares:

  • São contratados diretamente entre o titular do plano e a operadora de saúde, tendo assim um custo mais alto do que o coletivo.
  • Seguem regras rígidas da ANS (Agência nacional de Saúde) e por isso estão sendo extinguidos pelas operadoras.
  • Possuem reajuste máximo da mensalidade definidos pela ANS, ou seja, é um valor fixo, você sabe o quanto irá pagar para a operadora.
  • A operadora só pode cancelar o serviço se você não pagar corretamente as mensalidades do plano.
  • Boa opção para quem não tem dependentes (individual)e não possui plano de saúde empresarial.

Veja Também: Grãos para emagrecer e ganhar mais saúde

 Planos de saúde individuais e familiares

Planos de saúde coletivos empresariais:

  • Pago total ou parcialmente pela empresa do beneficiário do plano.
  • Pode ou não haver a opção de incluir dependentes.
  • Costumam ter cobertura básica, já que são econômicos.
  • Você fica protegido contra acidentes de trabalho.

Veja Também: Biomassa de banana verde emagrece e previne doenças

Planos de saúde coletivos empresariais:

Planos de saúde coletivos por adesão:

  • Você paga todos os custos do plano.
  • É preciso aderir junto a sindicatos.
  • Possuem mensalidades mais baixas, já que são reunidas muitas pessoas num mesmo plano.
  • Apesar de terem preços mais atrativos a princípio, não é bem regulamentado pela ANS, podendo assim haver reajustes altos na mensalidade.
  • Planos de saúde deste tipo podem ser cancelados a qualquer hora, mesmo que o pagamento esteja em dia.

Veja Também: Simples Exercícios Para SECAR A BARRIGA. Os Melhores Para Abdômen!

Planos de saúde em grupo

Seja qual for a sua escolha, é muito importante pesquisar entre as operadoras de planos de saúde disponíveis e ler muito bem o contrato, para não ter eventuais surpresas após aderir ao plano de sua preferência.

Adicionar comentário