O protetor solar ideal para cada tipo de pele

O verão está chegando e, com ele, a incidência solar se intensifica cada vez mais.

O principal aliado nesses momentos para qualquer saidinha de casa ou até mesmo para um dia de praia é o protetor solar.

Existem diversas variações e marcas disponíveis no mercado e tanta oferta acaba por gerar uma grande confusão na hora de escolher o que melhor se adequa às funções e o tipo de pele de cada pessoa. Mas não há motivo para desespero, com algumas dicas simples é possível escolher um produto que será seu melhor amigo por muitos e muitos verões.

Veja Também: Dicas para escolher o protetor solar ideal para o rosto 

Saiba identificar o seu tipo de pele

O primeiro passo é determinar corretamente qual é o seu tipo de pele. A tarefa parece simples, mas existe uma gama de variações em termos de oleosidade e comportamento da pele. Entretanto, dividimos em quatro grandes categorias que são adotadas pela maioria dos especialistas e se adequam a maior parte dos casos, principalmente tendo em vista as características de cada marca.

Veja Também: Kit Praia: saiba o que você precisa levar

tipo de pele

Fonte: Pinterest

Pele oleosa

Com as glândulas sebáceas em maior atividade, as pessoas com pele oleosa devem pensar em sempre buscar elementos que não causem acúmulo excessivo de óleo ou obstruam os poros. O brilho excessivo é a grande questão, por isso, passe longe de produtos mais oleosos ou de consistência mais grossa. As melhores alternativas são protetores à base de gel, sem gordura ou álcool para facilitar a absorção. Entretanto, mesmo com essa característica, a hidratação não deve ser esquecida, por isso aplicar um creme antes ou optar por versões que misturam o gel e o creme podem ser boas soluções.

Veja Também: Praia nas férias e seus cuidados especiais

Pele normal

O tipo de pele normal possui boa flexibilidade e textura fina. Ela é a mais equilibrada e possui problemas menores com imperfeições, acne ou manchas. A grande característica fica por conta dos poros, em geral menores e mais fechados, que passam um bom aspecto com oleosidade controlada e sem ressecamento. As melhores opções são protetores solares em creme ou emulsão, com textura leve e fáceis de espalhar sem repuxar ou gerar brilho excessivo.

Veja Também: 10 dicas de beleza para enfrentar o calor 

Pele seca

Com baixa elasticidade e maior tendência para o aparecimento de rugas, esse tipo de pele é a que requer mais cuidados. Principalmente porque ela tem propensão à escamação quando exposta ao sol, evidenciando ainda mais as linhas de expressão. A melhor escolha são produtos em versão creme que incluam também hidratação em conjunto. Muitos deles incluem também óleo e água na composição, o que é perfeito para coibir o ressecamento.

Veja Também: Dicas de como cuidar da pele no verão

Pele mista

Um tipo de pele que mistura oleosidade na chamada “zona T” e outras áreas com textura normal. Essa área é contemplada pela testa, queixo e nariz, que geralmente recebem mais brilho e maior dilatação dos poros. Nesse caso, vale uma combinação de protetores solares, com foco nessa área problemática e hidratação no restante do rosto.

Veja Também: Maquiagem para praia passo a passo

protetor solar para cada tipo de pele

FPS

Outra questão que deve ser considerada é o fator de proteção escolhido para cada tom de pele e também em relação às características do rosto e corpo de cada pessoa. O rosto recebe mais atenção do que as outras áreas, principalmente pela sensibilidade presente nessa parte específica da pele. Por isso, o fator de proteção deve ser mais alto, tendo em vista a maior exposição em relação ao resto do corpo.

Veja Também: Receitas de sucos para bronzear

Peles sensíveis também requerem um cuidado extra, principalmente se a exposição ao sol for constante. Para evitar a vermelhidão ou até mesmo o descamar de algumas áreas, é importante apostar em um valor alto de proteção ultravioleta. As peles morenas e negras, por possuírem mais melanina, são mais resistentes e podem receber um FPS menor.

Veja Também: 10 erros de beleza cometidos no verão

Entretanto, a aplicação do filtro solar e o cuidado deve ser o mesmo, já que os danos do sol a longo prazo afetam qualquer tipo de pele. Quem tem pele branca, por sua vez, deve receber proteção acima de 30, aumentando conforme a sensibilidade de cada pessoa. Diversas versões são facilmente encontradas em drogarias, inclusive as online, que entregam os produtos em casa.

Veja Também: 7 Dicas para recuperar a pele queimada do sol

fator de protecao para cada tipo de pele

BB Creams

O preparo da pele é importantíssimo para passar essa época sem grandes problemas ou frustrações. Conquistar um bom bronzeado na medida certa requer disciplina e empenho na escolha e aplicação dos produtos comprados. Uma maneira prática de preparar a pele para o dia a dia se apresenta na forma de produtos que ganharam fama recente, os chamados BB Creams. Eles são a solução perfeita para quem deseja passar o dia na praia ou piscina sem deixar de se maquiar ou dar um bom aspecto visual ao rosto. Com uma textura leve, eles são grandes aliados para quem tem o tipo de pele oleosa e deseja uma camada mais fina de produto, sem esquecer a proteção que chega ao FPS 35.

Veja Também: BB Cream chegou para substituir a base e o primer

CC Creams

Mais uma variação, os CC Creams prometem avanços em relação ao BB Cream por possuir substâncias anti-idade, antioxidantes e clareadores de pele. Lembrando que, apesar de possuírem um grau de proteção contra o sol, eles só são garantidos no caso de quem se manterá por pouco tempo sob a luz. Quem deseja passar um dia na praia ou embaixo do sol não deve se esquecer da versão tradicional desse produto para garantir segurança total.

Veja Também: 7 novidades em tratamentos Anti-idade

bb cc cream para cada tipo de pele

Água Termal

Um recurso que promete ajudar muitas pessoas, as águas termais estão disponíveis em lojas e drogarias em todo o país. Elas conseguem revigorar e hidratar a pele com algumas borrifadas e são perfeitas para essas épocas quentes do ano, por ajudarem a reduzir a abertura dos poros. Ela também acalma a pele, por isso é uma boa aliada para os tipos mais sensíveis que ganham uma certa vermelhidão com algum tempo no sol.

Veja Também: Saiba como cuidar da sua saúde no verão

Aplicações

Uma das grandes questões envolvidas na eficiência dos protetores solares fica também por conta da forma como são aplicados. Ou seja, um produto utilizado incorretamente não cumpre sua função e acaba por deixar que o sol danifique a pele mesmo assim. Uma pesquisa do Indian Journal of Dermatology aponta que a quantidade indicada para o rosto, por exemplo, é de uma colher de chá rasa.

Veja Também: 13 Dicas para você ter uma pele linda e saudável

Os dados indicam ainda que a maioria das pessoas utiliza uma quantidade muito menor do que o necessário para estar protegida, o que ocasiona maior vulnerabilidade. Outra questão fica por conta das reaplicações, que devem ser feitas de duas em duas horas, segundo especialistas. Não adianta só aplicar uma boa camada pela manhã para passar o dia inteiro. É necessário sempre fazer a manutenção, principalmente para quem se mantém em exposição contínua à luz do sol.

Veja Também: Receitas de máscaras caseiras para todos os tipos de pele

como escolher o protetor solar para cada tipo de pele

Além disso, para surtir o efeito correto, os protetores devem ser aplicados meia hora antes de sair ao sol, já que esse é o tempo mínimo para que as substâncias do produto possam agir em cada tipo de pele. Antes disso, é quase um desperdício de produto, uma vez que ele será usado, mas não alcançará o efeito desejado.

Veja Também: As principais tendências da Moda Praia 2015

As aplicações constantes geram grandes questões principalmente para quem tem pele mais oleosa. A oleosidade e o sebo ficam acumulados caso haja uma camada sobre a antiga, o que acaba por obstruir os poros ou até mesmo causar acne. A melhor alternativa é buscar texturas mais leves e sempre lavar o rosto antes de cada retoque. Além disso, a lavagem no final do dia é indispensável, para retirar todo o resíduo e deixar a pele descansar.

Adicionar comentário