Melhores tratamentos para estrias

A maioria das mulheres temem as indesejadas estrias que podem aparecem em várias partes do corpo, principalmente no bumbum, pernas e barriga. A boa notícia para quem tem essas linhas brancas em alguma região do corpo é que existem vários tipos de tratamentos para combater estrias. A melhor alternativa para eliminar o problema em até 80%, é associar as técnicas de acordo com a cor e o aspecto das estrias. Ficou interessada? Então confira a seguir os melhores tratamentos para estrias e escolha o mais ideal para você.

Veja Também: Estrias: Como acabar com elas

Melhores tratamentos para estrias

Como acabar com as estrias


Antes de escolher o tratamento ideal para estrias, antes de tudo é preciso conhecer o inimigo para conseguir vencer a batalha. Isso é muito importante, pois existem três tipos de estrias, as vermelhas ou arroxeadas; as brancas superficiais; e as brancas, profundas que são mais largas. O tipo de estria mais fácil de tratar é a vermelha ou arroxeada, pois é mais recente. No entanto, com o passar do tempo as estrias vão ficando brancas, e assim o tratamento deve ser mais intenso para proporcionar bons resultados.

Veja Também: Gravidez sem estrias é possível, saiba como!

Tipos de tratamentos para estrias

A seguir, conheça os melhores tratamentos para acabar com vários tipos de estria. Para obter bons resultados, basta escolher o tratamento ideal para o seu tipo de estria.

Veja Também: Como prevenir e combater estrias na gravidez

Tratamento para estrias brancas, largas e profundas

Laser fracionado + subcisão: Nesse tratamento para estrias mais antigas, é realizado inicialmente, duas ou três sessões de laser fracionado para promover microperfurações na pele. O objetivo desse processo é melhorar a textura e alisar as regiões do corpo que estão com estrias brancas. Após 15 dias ou quando os hematomas tiverem desaparecido, é feita a subcisão, um método que utiliza uma agulha com ponta cortante para descolar a derme profunda, traumatizando-a. Com isso, é estimulado a formação de colágeno para recuperar parcialmente a estria.

Veja Também: Dermaroller para combater estrias, rugas e cicatrizes de acne

Tratamento para estrias brancas, largas e profundas

Tratamentos para estrias brancas e superficiais

Radiofrequência: Esse tipo de tratamento para estrias é ótimo para esse nível do problema. Ele é realizado durante meia hora com ondas que são disparadas pela ponteira da radiofrequência que atingem e aquecem a camada mais profunda da pele. Por consequência, ocorre uma contração e o aumento das fibras de colágeno, além da reorganização dos tecidos de sustentação. Com isso, as estrias brancas e superficiais são reduzidas em até 60%.

Veja Também: 5 dicas para acabar com a celulite

Laser fracionado: Esse também é considerado um dos melhores tratamentos para estrias, pois consegue melhorar de cerca de 30% das estrias nesse estágio e o tratamento completo chega a melhorar 80%. O tratamento é feito com feixes de luz que são direcionados para a estria e penetram na pele. Dessa forma, a energia estimula a produção de colágeno e elastina preservando boa parte das células, ajudando a acelerar o processo de cicatrização.

Veja Também: Acne, veja como tratar as cicatrizes

Tratamentos para estrias brancas e superficiais

Tratamento para estrias vermelhas e arroxeadas

Luz intensa pulsada + Ácido retinoico: Esse tratamento para o estágio de estrias mais fácil de ser tratado, deixa a pele 30% e 80% mais uniforme e as estrias tornam-se mais finas. O Tratamento é feito com luz pulsada, que realiza a regeneração das estruturas da pele, e ainda trata os vasos dilatados que deixam a pele avermelhada.

Existem vários outros tratamentos para estrias, por isso para saber qual é o mais adequado para você, procure um dermatologista.

 

Deixe um comentário