6 itens do guarda-roupa que podem fazer mal à saúde

Muita gente nem imagina, mas algumas peças do guarda-roupa vão muito além de apenas nos deixar mais estilosas, pois servem também para nos proteger de alguns problemas de saúde

E entram nessa listinha as roupas íntimas, meias, entre outras, porém, alguns itens do vestuário podem causar, justamente, o efeito oposto, ou seja, sérios problemas a determinadas áreas do corpo e acabar, até mesmo, prejudicando a saúde.

Por isso, é fundamental, sempre saber se alguma peça pode trazer prejuízos à saúde, pois ninguém quer isso, não é? Mas calma, nós vamos lhe ajudar! Preparamos uma lista com 6 itens que podem fazer mal á saúde, ou seja, que merecem muita atenção. Papel e caneta nas mãos, anote quais são:

6 itens do guarda-roupa que podem fazer mal à saúde

Calcinhas coloridas

São tão bonitinhas, não é mesmo?

Pois é, mas apesar da carinha de boazinhas delas, em pessoas mais sensíveis, podem ser um problema.

E isso porque o corante usado para tingir as calcinhas pode causar irritação ou infecção no contato íntimo com a vagina.

A dica, portanto, é optar por calcinhas de cores neutras, como branco e bege (sim, ela!), e sempre em tecidos que deixam a região mais fresquinha, como o algodão, essas são apostas mais seguras que não colocarão sua saúde em risco.

Veja: Roupas Íntimas: Você sabe como cuidar delas?

Sutiãs com “ferrinho” e botões de metal

Sutiãs com “ferrinho” e botões de metal
Acredite, aquele níquel, metal usado nos botões de calças jeans e no ferrinho que fica abaixo do bojo do sutiã, apesar de tão pequeno, é um dos maiores causadores de alergias e irritações na pele.

A dica, portanto, é passar esmalte nos botões na parte interna das calças, ele irá isolar o níquel e acabar com as irritações na pele. No caso dos sutiãs, o melhor mesmo é trocar os que estão com o ferrinho saindo para fora do bojo.

Veja: Dicas de moda para levantar os seios

Leggings

Elas são muito coladas, portanto, ficam bem próximas ao corpo, por isso, as leggings acabam incorporando todas as células mortas, o suor, a sujeira e os resíduos de sua pele.

E fica a dica, se usadas muitas vezes, elas podem contaminar seu corpo com bactérias e fungos, podendo causar infecções.

Portanto, se for usar para ir à academia, procure sempre mandar para a lavanderia após o banho. Já, em outras ocasiões, procure usar apenas duas vezes antes de lavar.

Mais: Leggings: o jeito certo de usar

Jeans Skinny

Jeans Skinny
Ok, as calças jeans skinny são lindas, mas o fato é que são muito apertadas, por isso, podem causar dois problemas, um deles é pressionar demais os nervos das coxas e da virilha, causando possíveis problemas de circulação nas pernas e o outro problema é que, por serem em um tecido grosso e nada suave, o atrito com as pernas pode prejudicar a pele dessa região, fazendo com que surjam feridas, arranhões ou até irritações e vermelhidões.

A dica, portanto, é evitar calças muito coladas, e prefira as que tenham strech. Outra dica é evitá-las ficar o dia inteiro com uma calça dessas no corpo, pois quanto menos tempo pressionar as suas pernas, melhor.

Veja: Calças Skinny Coloridas, o verão é delas

Biquínis e maiôs molhados

Biquínis e maiôs molhados
Quem não ama ficar de papo pro ar na praia ou piscina o dia inteiro. Mas, é preciso ter muito cuidado, pois ficar muito tempo com biquíni ou maiô molhado no corpo aumenta as chances de que fungos e bactérias se desenvolvam na região íntima, causando infecções.

A dica, portanto, é trocar de roupa procurar deixar a região íntima bem limpa e sequinha. E cuidado com biquínis muito apertados, eles podem prejudicar a circulação, caso o use por muito tempo.

Veja: Dicas simples de como lavar biquínis e maiôs

Chinelos

Assim como sapatos de salto alto podem causar dores e fazer mal aos pés e às costas, os chinelinhos baixos também não são anjinhos não, pois além de deixarem seus pés mais expostos a bactérias, sujeira e outras impurezas, os chinelos também não oferecem o apoio necessário ao corpo, podendo causar dores, problemas de postura e até mesmo desfiguração nos dedos.

A dica é, fora da praia ou da piscina, preferir sapatos mais firmes, proporcionando mais estabilidade.

Veja: Salto alto pode prejudicar sua saúde

Adicionar comentário