É melhor treinar no frio ou no calor? Entenda como o clima afeta o exercício

É melhor treinar no fio ou no calor?

Se você acreditava até agora que a temperatura não tinha qualquer influência sobre o seu desempenho físico e para a perda de peso e ganho de massa magra, saiba que ela tem uma relação importante e direta com a forma com que você realiza as atividades físicas e, consequentemente, na maneira como você atinge os seus objetivos.

Veja Também: 10 dicas para ter mais disposição para malhar no inverno

Mesmo sendo o período em que as pessoas mais fogem das academias e das atividades a céu aberto, devido às baixas temperaturas, é no inverno que o gasto calórico tende a se intensificar.

Segundo pesquisas, treinar no frio, em temperaturas que vão de 10°C a 15°C, ajuda na melhora da performance de praticantes de exercícios como triátlon e corrida, aumentando também o seu gasto calórico.

É melhor treinar no frio ou no calor? Entenda como o clima afeta o exercício

Isso acontece porque quando você treina, o seu corpo se aquece além do normal (36°C).

Quando isso ocorre, automaticamente, o seu organismo reage por meio de defesas que visam esfriar o seu corpo e proteger você de colapsos devido ao excesso de calor.

A principal forma de o corpo fazer isso é por meio da transpiração, que ocorre quando o organismo transfere o calor dos músculos para a pele.

Ao suar, a frequência cardíaca sobe, seu metabolismo acelera e o seu corpo passa a consumir uma quantidade maior de energia, deixando-o cansado.

No frio, essa aceleração do metabolismo é ainda maior, pois o organismo precisa de uma força extra para manter o corpo aquecido.

Veja Também: 6 coisas que você não deve fazer quando correr no frio

O que ocorre depois?

Um gasto calórico acima da média conquistada quando você treina no calor, além de uma ação extra no tecido adiposo, o que faz com que você perca gordura com mais facilidade.

Treinar no frio também faz com que o seu coração realize uma distribuição mais eficiente de sangue pelo seu corpo.

Dessa forma, ao treinar regularmente, o seu coração se torna mais forte e mais sadio, ajudando você a criar mais resistência física.

Veja Também: Como caminhar para emagrecer? Qual a intensidade? Quanto tempo?

Precauções ao treinar no frio

Mesmo sendo bastante benéfico, o treino em temperaturas mais baixas requer alguns cuidados.

Primeiramente, é fundamental que você faça exercícios de aquecimento e alongamento para esquentar o corpo e evitar contusões durante o exercício.

Não saia para treinar de estômago vazio e tenha cuidado com o que ingere.

Alimentos pesados podem prejudicar o seu desempenho e provocar mal-estar.

Invista em vitaminas, frutas e lanches leves e integrais.

Mantenha-se hidratado.

Mesmo que tenhamos menos vontade de beber água durante o inverno, é essencial manter consigo uma garrafinha de água durante a prática do exercício.

É recomendada a ingestão de 500ml de água antes da atividade e 200ml para cada 15 minutos de exercício.

Se a atividade tiver duração de 1 hora ou mais, reponha sais minerais com isotônicos ou água de coco.

Seguindo essas dicas e treinando no frio (a começar de agora) você terá tempo suficiente para ficar com tudo em cima para quando o verão chegar.

E então, vamos começar?

Veja Também: Conheça o poder de transformação de uma simples caminhada de 1 minuto

Adicionar comentário