Dor de cabeça: Dicas para entender e combater

Se você é uma entre tantas mulheres que, volta e meia, acaba tendo que desistir de algum programa por causa de uma dor de cabeça…saiba que não está sozinha, as Dores de Cabeça estão entre os problemas de saúde mais comuns, dados apontam que 40% das pessoas sofrem pelo menos de uma dor aguda na região por ano, e muitas podem ser as causas, desde a ingestão de álcool, alguns alimentos, até mesmo tensão. E não há modelito e produção que resista ao terrível desconforto dessa dor, que pode atingir qualquer parte da cabeça, desde a pele, músculos, veias, dentes e terminações nervosas. Geralmente o que fazemos ao aparecer a dor é correr logo para os analgésicos, porém, que tal antes pensar um pouco no que pode estar fazendo com que você tenha estas dores?

Cefaleia e Enxaqueca – Dicas e conselhos para um tratamento natural

Se suas dores forem constantes, nunca dispense uma boa avaliação médica, principalmente se as dores são acompanhadas de outros sintomas, como náuseas ou quadros mais sérios, como febre. Porém, se forem só dores de cabeça, meditação, massagem, técnicas de relaxamento e psicoterapia podem ser grandes aliadas ao combate dessa indesejável companhia.

mulehr com dor de cabeça

Uma boa dica para descobrir a (s) causa (s) é você manter um “diário da dor de cabeça”, que poderá lhe ajudar a encontrar a origem dos seus sintomas e, desta forma, combatê-los. Assim que a dor de cabeça começar, responda por escrito as seguintes perguntas:

1-Qual o dia e horário em que a dor de cabeça começou?
2-O que você comeu nas últimas 24 horas
3-Quanto dormiu na noite anterior
4-O que estava fazendo e no que pensava logo antes de a dor de cabeça começar
5-Teve algum estresse ultimamente?
6-Quanto tempo a última dor de cabeça durou?
7-O que você fez para a dor de cabeça parar?
8-Estava sentindo alguma fragrãncia em particular quando começou a dor de cabeça?

Pois é, agora com as perguntas que lhe ajudarão a identificar os motivos, conheça os tipos mais comuns para tentar combater o problema.

Enxaqueca

Quem sofre desse mal relata que a dor aparece, geralmente, em um dos lados da cabeça e costuma durar horas, e em alguns casos, até dias. A pessoa fica sensível à luz e a barulhos, e, em alguns casos, a visão pode ficar alterada, podendo enxergar as coisas embaçadas. O tratamento é à base de remédios, sempre prescritos por um médico, e compressas, quentes ou frias, no pescoço, também podem ajudar.

Dor de cabeça de tensão

Ela atinge nada menos que 90% das pessoas e sua origem pode estar, simplesmente, em noites mal dormidas, estresse. Essa dor é difusa, no alto da cabeça e na testa, e atenção: o consumo de álcool e de cafeína também podem ser causadores. Um médico pode receitar um remédio adequado para ser ingerido durante as crises.

Problemas oculares

A dor de cabeça que advém dessa região, geralmente, se caracteriza por uma dor chata em cima dos olhos e na fronte, que aparece somente após os esforços visuais. As principais causas são as ametropias (hipermetropia e astigmatismo) não corrigidos com óculos ou lentes de contato. A cefaleia causada pelas ametropias é prevenida com o uso de óculos adequados nos momentos de esforço visual.

Sinusite

A cefaleia acontece quando aparece um quadro de sinusite aguda ( inflamação dos seios da face). Geralmente, junto com a dor de cabeça, aparecem sintomas nasais, como entupimento, secreção, coriza clara ou amarelada.

Cefaleia em salvas

Caracterizada por ser uma dor muito forte que atinge a região sobre o olho e é sentida em apenas um lado da cabeça, pode durar entre 15 minutos e uma hora, desaparece, mas volta um dia depois. E esse quadro pode continuar por semanas, o álcool e fumo, além de alimentos com muitos conservantes, estão entre os itens a serem evitados. Mudança de pressão no ar, principalmente devido a viagens de avião, e aumentos na temperatura também são apontados como causas comuns, muito relatam que osa olhos tendem a ficar lacrimejantes e até ocorre corrimento nasal. Pacientes que sofrem desse tipo de dor reclamam da falta de eficiência dos remédios geralmente tomados, hoje já existem opções injetáveis e até mesmo em spray que podem ser ministradas.

Dor causada por toxinas

Cada um possui uma individualidade bioquímica, por isso a suscetibilidade a determinado alimento varia de acordo com cada pessoa. Se alguém apresenta dificuldades de eliminar toxinas, pela ação do fígado, através do suor, urina ou fezes, tende a ter maiores crises de dores de cabeça, pois essas toxinas não são eliminadas, modificando as estruturas celulares e conseguindo atravessar a barreira cerebral causando a dor. Os alimentos capazes de desencadear a enxaqueca possuem em sua composição substâncias que podem provocar alterações no calibre dos vasos sanguíneos do encéfalo, primeiramente diminuindo-os e em seguida aumentando-os. São essas alterações do diâmetro das veias que provocam mudanças na visão e dores de cabeça, ou a enxaqueca clássica.

Quem sofre de enxaquecas e dores de cabeça constantes precisa evitar algumas substâncias, que são reconhecidas por desencadear crise de dores de cabeça, tais como:
-Açúcar (doces em geral),
-Café,
-queijos amarelos,
-chocolates,
-vinagre,
-bebidas alcoólicas,
-iogurtes,
-lentilha,
-amendoim,
-sementes,
-algumas frutas (abacate, banana e frutas cítricas).
-Alimentos processados,
-Alimentos embutidos,
-Alimentos industrializados,
-Alimentos em conserva ( pois possuem substâncias como o glutamato monossódico, que inibe as células cerebrais de absorve a glicose, desencadeando a dor)

Como Eliminar Dores de Cabeça Sem Remédios

Bem, é isso, espero ter ajudado um pouco, claro, que só mesmo um médico irá poder avaliar as causas com precisão, que podem estar relacionadas ao estresse, tensão, pois as causas podem ser muitas, e nem sempre é fácil chegar à uma conclusão sozinho, até mesmo um odor forte, um perfume, pode desencadear uma crise de enxaqueca, porque fragrâncias ativam células nervosas no nariz, associadas a sensação de dor, ou seja, pessoas que sofrem de enxaquecas podem ter o problema iniciado, simplesmente, por um perfume de um colega de trabalho, por isso, se recomenda que se coloque no diário a fragrância aos qual a pessoa foi exposta, para saber quais os aromas perigosos.

Adicionar comentário