Dieta Ortomolecular para você emagrecer com saúde

Desenvolvida inicialmente pelo químico Linus Pauling, a dieta ortomolecular tem como objetivo restaurar o equilíbrio do organismo, suprindo a necessidade de nutrientes pela ingestão de alimentos.

Veja Também: Veja como Emagrecer e Nunca mais engordar

Muitos adeptos da dieta ortomolecular acreditam que a falta e o excesso de vitaminas e minerais são prejudiciais ao bom funcionamento do organismo, resultando em ganho de peso e outros problemas de saúde.

Veja Também: Exercícios para secar a barriga em 6 semanas

Dieta-Ortomolecular

Pela ótica ortomolecular, a deficiência de um nutriente faz com que tente compensar esta deficiência e ao fazer isso, prejudique o funcionamento de outros órgãos. Muitos dos nossos hábitos do dia a dia causam desequilíbrio ao nosso corpo, como dormir mal, alimentação não saudável – como o elevado consumo de fast food, comidas gordurosas, açúcar, e outros alimentos que fazem mal à saúde.

Veja Também: Os 10 piores alimentos para a saúde

Com a dieta ortomolecular, é possível perder 1 kg por semana sem prejudicar a sua saúde.

Benefícios da Dieta Ortomolecular

Antes de aderir a esta dieta, é necessário fazer um mineralograma capilar e exames de sangue para saber exatamente quais suas suas deficiências e necessidades de vitaminas de aminoácidos. Dessa forma, você poderá consumir alimentos que irão restaurar o equilíbrio do seu corpo.

Veja Também: Simples Exercícios Para SECAR A BARRIGA. Os Melhores Para Abdômen!

A dieta ortomolecular, apesar de ser seguida por muita gente, é altamente individualizada, já que o que está faltando em meu organismo pode não estar faltando no seu, e vice-versa.

Veja Também: Dieta certa para um emagrecimento saudável

frutas para dieta ortomolecular

Veja o que você comer na dieta ortomolecular

Apesar de ter uma grande variedade alimentar, há muitas restrições, como:

Os alimentos, como frutas, verduras e as proteínas animais precisam ser orgânicas, livres de agrotóxicos e outras substâncias químicas.

Veja Também: Alimentos orgânicos e seus benefícios

É permitido o consumo apenas de alimentos feitos com farinha integral

Saiba o que não comer na dieta ortomolecular

Saiba o que você não posso comer na dieta ortomolecular

Esta lista pode variar, mas geralmente é proibido o consumo de:

  • Leite de vaca
  • Manteiga e margarina
  • Carne vermelha (carne vermelha magra pode ser liberada)
  • Produtos industrializados, como sucos, sopas, caldo de carne, enlatados
  • Adoçante, liberado apenas para diabéticos
  • Álcool

Veja Também: Como emagrecer de forma saudável

Dieta ortomolecular é muito restritiva

A dieta ortomolecular é muito natural, e por isso é mais cara do que as outras dietas, sendo difícil para as pessoas com orçamento apertado ou que vivem na correria do dia a dia, já que não é permitido o consumo de alimentos industrializados.

Veja Também: Dieta do Repolho: Perca até 5 kg em um mês

A dieta ortomolecular é muito individualizada, dessa forma, se você mora com alguém, será complicada segui-la, já que terá que fazer uma refeição só para você e  outra para os integrantes de sua casa. Além disso, não há estudos que comprovem a eficácia desta dieta.

Se você deseja virar uma adepta da dieta ortomolecular, procure um nutricionista e um médico, e veja se ela é adequada para você.

Adicionar comentário