Depilação com laser: Livre-se dos pelos

Se você vive sofrendo com pelos encravados, manchas vermelhas, processos inflamatórios nas regiões do corpo que apresentam pelos que você deseja remover, a depilação com laser pode ser uma boa opção para o seu problema. Não só nesses casos, mas sempre que se busca uma alternativa de médio prazo para a remoção de pelos, a técnica merece ser considerada.

Veja Também: depilação com laser: Conheça as principais técnicas

A depilação com laser é especialmente eficaz se os pelos forem grossos e escuros. Isso porque a luz laser emitida nesse processo tem como alvo a melanina, pigmento responsável pela coloração do bulbo e da haste do pelo. Cada pulso disparado na sessão de depilação com  laser tem sua energia absorvida pela melanina do pelo sobre o qual o aparelho é direcionado, o que provoca uma destruição térmica das estruturas do pelo. As peles brancas costumam responder melhor ao método. Nas peles negras, morenas e bronzeadas, a depilação com laser por vezes não era recomendada (no passado), o que vem se modificando com o avanço da tecnologia na área.  Mantendo um controle rigoroso sobre a intensidade da luz laser aplicada, evitam-se reações adversas devido à pigmentação da pele. Um número maior de sessões pode ser necessário nesses casos.

Veja Também: Sobrancelhas: Métodos de depilação

Dicas de depilação com laser

Qualquer pessoa pode fazer depilação com laser?

Em geral, qualquer pessoa a partir dos 12 anos pode fazer depilação com laser, nas regiões do corpo em que desejar remover progressivamente os pelos que crescem. Apenas pelos louros, ruivos e brancos não apresentam bom resultados com a técnica.

Veja Também: Depilação Definitiva: O que você precisa saber a respeito

Nos pelos escuros, mesmo que não seja possível falar em eliminação definitiva, após algumas sessões de aplicação de laser (4 a 8 sessões, dependendo muito da quantidade de pelos e das características da pele) há uma remoção média de 80% dos pelos, que podem voltar a nascer com o tempo, sempre mais finos e esparsos. Podem ser indicadas sessões de aplicação de laser anuais, como manutenção.

Veja Também: Faça sua depilação durar mais tempo

depilação com laser nas pernas

A aplicação é dolorida?

Em relação à dor, a sensibilidade de cada pessoa à depilação com laser é bastante variável, e também costuma diferir de uma região do corpo para outra. A maioria sente um certo desconforto, uma sensação de ardência, que pode ser mais ou menos bem suportada. Áreas mais sensíveis, como o buço, ou sessões mais longas podem tornar-se menos doloridas com o uso de anestésicos locais.

Veja Também: Saiba mais sobre a depilação definitiva

Após a primeira sessão, é normal que o local fique quente e vermelho por algumas horas. Certas áreas podem escurecer um pouco e formar como que pequenas crostas, que se desprendem depois de alguns dias. O intervalo recomendado entre as sessões é de 30 a 45 dias. Recomenda-se que a pessoa fique pelo menos três semanas sem tomar sol antes de iniciar o tratamento. Também depois das sessões a exposição ao sol deve ser evitada, ao menos até que a pele esteja visivelmente recuperada.

Veja Também: Dicas para depilar com lâmina sem cortes e irritação

depilação com laser para curtir o verão sem pelos

É fundamental para quem deseja experimentar a depilação com laser a busca por clínicas sérias, que tenham profissionais habilitados para o procedimento, geralmente sob supervisão de dermatologistas que avaliam as necessidades de cada indivíduo. Procure indicações de conhecidos que já se submeteram ao processo, pesquise bem, esclareça todas as suas dúvidas e só depois opte pelo método. O uso inadequado dos equipamentos de laser pode resultar, por exemplo, em manchas e queimaduras. Previna-se.

One Response

  1. Jack outubro 14, 2014

Add Comment