Como usar secador, chapinha ou babyliss sem maltratar os fios

Como não se encantar com o resultado de uma bela escova, as facilidades da chapinha ou mesmo com os muitos efeitos que um babyliss oferece? Pois é, e são tantas opções que acabamos a cada dia investindo em uma ou outra, sem falar que, não dá nem para pensar em ficar sem o secador, com cabelo molhado nesse inverno…

Então, é aí justamente que mora o perigo, pois acabamos nos acostumando com todas essas possibilidades e só vamos ver seus estragos depois de algum tempo, muitas vezes sendo bem difíceis de serem revertidos.

Veja Também: Como lavar os cabelos em casa com resultado de salão

Como usar secador, chapinha ou babyliss sem maltratar os fios

E tudo, simplesmente, porque não usamos o produto certo antes, com isso, ganhamos fibras queimadas, cabelos ressecados, fios quebrados, muito frizz…ou seja, para que esses problemas não aconteçam, que possa ter cabelo de capa de revista é preciso, na verdade, fundamental, investir em um protetor térmico toda vez que for encarar um secador, chapinha ou babyliss, que, além de proteger a saúde do seu cabelo, também aumenta a durabilidade do penteado e pode até mesmo servir para dar forma ao look. Veja abaixo, como escolher o protetor térmico adequado para seu tipo de cabelo:

Protetor térmico para proteger seu cabelo do secador, chapinha ou babyliss

Protetor térmico para proteger seu cabelo do secador, chapinha ou babyliss

Sua ação

O uso de um protetor térmico antes do secador, chapinha ou babyliss, é fundamental, pois tem princípios hidratantes que ajudam a preservar a estrutura do cabelo, fechando as cutículas, ou seja, atua criando uma barreira de proteção, que, além de proteger do calor, facilita a secagem, dando durabilidade ao look e criando um filme sobre o cabelo, que serve para proteger os fios até dos raios UV. E mais, alguns produtos, além de proteger do calor, também ajudam a dar volume, forma, levantar a raiz.

Veja Também: Babyliss passo a passo – Tutorial e Dicas

A aplicação

Primeiramente, elimine a umidade em excesso dos fios com uma toalha. Então, não exagere na dose de produto, aplique-o em pequena quantidade, aquecendo o protetor térmico nas mãos antes de passar no cabelo úmido. É importante usar a ajuda de um pente para distribuir bem o produto na fibra capilar. Mas não adianta passar o produto e depois ficar horas superaquecendo os fios, vá com calma.

Veja Também: Chapinha passo a passo sem danificar o cabelo

Sem exageros

Muita calma nessa hora, o exagero pode pesar e por tudo a perder. Ao usar um protetor em forma de mousse, calcule a espuma equivalente ao tamanho de um ovo, mais ou menos. Para cremes, use o equivalente a uma avelã. Outra coisa, evite também reaplicar várias vezes o produto sem lavar os cabelos. Mesmo com moderação, lave os cabelos com xampus antirresíduos uma vez por semana para retirar as partículas presas nos fios.

Veja Também: Cabelos com luzes e mechas: Veja como cuidar

Como usar secador com protetor térmico

Cabelos finos

Quem tem cabelos finos deve escolher um protetor térmico que não pese, em spray ou líquido, e não pode ser hidratante, mas vale ter base de proteína sintética, vegetal ou natural (queratina).

Veja Também: Como tratar e dar volume aos cabelos finos

Cabelos grossos

Quem tem cabelos grossos deve optar por um produto mais nutritivo, que contenha aloe vera, avocado ou ceramidas, e pode ser em versão creme.

Veja Também: Como fazer uma queratinização caseira

Cabelos encaracolados

Cabelos encaracolados, geralmente finos, já pedem um protetor térmico com ação anti-frizz, para ajudar a proteger contra a umidade, e pode ser sérum, mousse…

*E mais, entre as muitas e poderosas funções do BB Cream, como dar brilho, maciez… uma delas é de agir como protetor térmico.

Add Comment