Como parar o anticoncepcional sem bagunçar sua vida

Parar de tomar a pílula é sempre uma tarefa muito difícil, os hormônios viram uma bagunça e os efeitos colaterais desanimam qualquer pessoa. O fato é que não se deve parar o anticoncepcional de uma hora para a outra, os efeitos traumáticos disso podem ser tanto emocional quanto físico e deve sempre ser acompanhado pelo seu médico.

Para tentar tirar algumas dúvidas busque por aconselhamento médico. É extremamente importante ter a avaliação de um profissional da área e tentar minimizar ao máximo os efeitos colaterais.

O impacto dos hormônios sintéticos no nosso organismo, além de impedir a gravidez, também provoca uma série de outras coisas.

Como parar o anticoncepcional sem bagunçar sua vida

As influências que nos estimulam a começar a usar a pílula e depois que nos faz querer parar de tomar, são influencias socioculturais muito grande. E por isso sofremos com sintomas físicos e mentais, tanto para começar a usar o remédio quanto na hora de parar.

A grande maioria das mulheres só conhece os benefícios que a pílula traz como:

  • melhoramento da pele, muitas vezes no caso de quem sofre com espinhas,
  • diminui os riscos de gravidez,
  • menos cólica,
  • etc.

O que só ficamos sabendo depois, é que basicamente todas os aspectos da vida ficam influenciadas pelo uso do remédio, a saúde física, os relacionamentos, a carreira, o estado emocional, enfim, muita coisa muda, e na hora de parar o anticoncepcional são outras mudanças que acontecem.

Se agora você decidiu que quer parar de tomar o remédio, ou já parou e a sua vida está uma completa desordem, não se desespere.

Veja Também: 7 Coisas que acontecem com seu corpo quando você para de tomar a pílula anticoncepcional

É normal ficar ansiosa todas as vezes que fizer sexo, os sintomas físicos pioram mesmo, mais cólicas doloridas, podem surgir muitas espinhas, mudanças de humor, insônia e isso pode acontecer por alguns meses.

Se você se cansou de tomar pílula e está disposta a tornar o seu corpo mais saudável, existem algumas dicas que podem te ajudar a transformar esse longo caminho em algo menos sofrido. Elas podem ser divididas em 3 etapas:

1. Alimentação saudável

Além da alimentação saudável já promover e melhorar a nossa saúde, dentro desse processo de parar o anticoncepcional ela é essencial.

Se alimentar bem faz toda a diferença na hora de estimular os nossos hormônios naturais e o sistema endócrino.

Sendo assim, a melhor forma de ajudar na eliminação desses hormônios artificiais no nosso corpo, é provendo alimentos que auxiliem na produção de hormônios naturais.

  • Aveia,
  • quinua,
  • abacate,
  • ovos,
  • sardinha,
  • folhosos de cor verde escura,
  • entre vários outros.

Os alimentos probióticos também são muito importantes para auxiliar o organismo a absorver esses nutrientes e eliminar toxinas.

Veja Também: 12 efeitos que a pílula anticoncepcional pode provocar no seu corpo

2. Cuidados com o sistema reprodutivo

Devemos estimular o nosso organismo a sincronizar novamente o nosso ciclo menstrual. De que forma? Além da alimentação, devemos acompanhar os sinais de fertilidade, eles mostram quando nossos hormônios já estão querendo produzir os hormônios de forma natural e isso nos torna mais consciente.

Ao observarmos esses sinais do nosso corpo, conseguimos saber se os hormônios estão se equilibrando, e caso isso não esteja acontecendo de forma natural, podemos tomar algumas atitudes para auxiliar o processo.

Veja Também: Conheça 5 mitos sobre o anticoncepcional

3. Trabalhe seu emocional

Ao voltar para o ciclo menstrual natural, o nosso estado emocional fica caótico, e tudo por influencia dos hormônios voltando ao normal. A TPM volta redobrada.

Com a pílula, o nosso cérebro interpretava que essa tensão estava anestesiada, então que agora que estamos sem o remédio ela volta muito mais forte.

A grande verdade, é que o organismo, ao parar o anticoncepcional, leva mesmo um tempo até se adaptar e voltar a funcionar normalmente, isso afeta o nosso humor.

Mas o que a maioria das pessoas não sabe é que é possível lidar com isso de forma tranquila sem enlouquecer.

Busque por metas que te ajudem a relaxar, é uma busca por autoconhecimento que fará de você uma mulher muito melhor.

Veja Também: 7 Coisas sobre DIU, SIU e implante subcutâneo que você precisa saber

Adicionar comentário