Como fazer a dieta do tipo sanguíneo

O médico Peter J. d’Adamo, autor do livro “Eat Right for Your Type” e criador da dieta do tipo sanguíneo, diz que reações químicas ocorrem entre o seu sangue e os alimentos que você come.

Essa reação é parte de sua herança genética e é causada por um fator chamado “lectinas”.

As lectinas são proteínas abundantemente encontradas nos alimentos e possuem propriedades aglutinantes que afetam seu sangue.

Assim, quando você come um alimento que contém proteínas lectinas incompatíveis com o seu tipo sanguíneo, elas “escolhem” um órgão do seu corpo e começam a aglutinar células sanguíneas nessa área.

A dieta do tipo sanguíneo foi projetada para atingir esses fatores específicos.

Como fazer a dieta do tipo sanguíneo

Felizmente, quase todas as lectinas encontradas na dieta não são tão ameaçadoras, embora possam causar uma variedade de outros problemas, especialmente se forem específicas de um determinado tipo de sangue.

Cerca de 95% das lectinas que você absorve são eliminadas naturalmente do organismo, mas pelo menos 5% delas são filtradas na corrente sanguínea e provocam diferentes reações em diferentes órgãos.

Em outras palavras, ao seguir a dieta do tipo sanguíneo e se alimentar com os alimentos certos, você conseguirá digerir os alimentos com mais facilidade e, assim, poderá perder peso.

Curta: Nossa Página no Facebook

Siga: Nosso Perfil no Google+

Qualquer pessoa pode fazer a dieta do tipo sanguíneo?

Essa dieta sugere a ingestão de alimentos com base no seu tipo sanguíneo.

Se você tem uma condição crônica como diabetes, por exemplo, você pode ter que comer muitas proteínas enquanto outra pessoa com a mesma condição pode ter que adotar uma dieta sem laticínios ou frango.

Nesse caso, a dieta do tipo sanguíneo pode entrar em conflito com seu plano de tratamento e controle do diabetes.

Além disso, a dieta do tipo sanguíneo pode não ser capaz de abordar outras condições como colesterol, doenças cardíacas ou pressão alta.

Qualquer perda de peso impacta positivamente nessas condições, mas nesses casos, não importa seu tipo sanguíneo, pois você terá que seguir as orientações médicas e adotar uma dieta de baixo teor de sal e gordura.

Sendo assim, se você tem alguma doença, é importante consultar um médico antes de adotar a dieta do tipo sanguíneo.

Como fazer a dieta do tipo sanguíneo?

Veja Também: 

Dieta do arroz ajuda emagrecer até 4 kg em 10 dias: aprenda fazer

12 Receitas de Suco Detox Com Alface Para Emagrecer

Suco Devorador de Gordura: Saiba como Preparar a Bebida que Seca a Barriga

Sangue Tipo O

Recomenda-se uma dieta rica em proteínas como carnes magras, aves, peixes e legumes. Deve-se evitar grãos, feijão e laticínios.

Para quem tem sangue tipo O, Peter também recomenda o uso de suplementos para ajudar com problemas no intestino que pessoas com esse tipo de sangue costumam ter.

Veja Também: Dieta para Perder Barriga Rápido: Veja como Emagrecer em Poucos Dias

Sangue Tipo A

Quem tem o sangue tipo A deve seguir uma dieta livre de carnes e repleta de frutas, legumes, feijão e grãos integrais, preferencialmente frescos e orgânicos, já que essas pessoas geralmente tem um sistema imunológico mais sensível.

Veja Também: Como fazer suco verde para emagrecer

Sangue Tipo B

Evite milho, trigo, lentilhas, tomates, amendoim e sementes de gergelim. Frango também não costuma ser uma boa opção para quem tem esse tipo sanguíneo.

Peter incentiva o consumo de verduras, ovos, carnes e laticínios com baixo teor de gordura.

Veja Também: 12 Receitas de Suco Detox Com Maçã Para Emagrecer

Sangue Tipo AB

Concentre-se em alimentos como tofu, frutos do mar, verduras e produtos lácteos.

Peter diz que as pessoas com sangue tipo AB tendem a ter um baixo nível de ácido estomacal e, assim, devem evitar o consumo de álcool, cafeína e carnes defumadas.

Veja Também: 12 Atitudes para Conquistar a Cintura de Pilão em apenas 1 Mês

Adicionar comentário