Saiba como eliminar a flacidez depois da dieta

Que mulher não sonha eliminar aqueles quilinhos que tanto incomodam?

Pois é, eles sempre existem, até mesmo mulheres magras sonham perder…muitas vezes o que nem existe.

Pois é, mas loucuras à parte, o fato é que nada dá mais prazer do que se perceber bem mais magra! Essa sensação é única! Mas…como a vida não é bolinho, depois desta – muitas vezes longa e penosa – etapa, há uma outra a ser vencida (me desculpe, mas muitas vezes bem mais difícil), que é o combate a flacidez da pele, que geralmente surge depois de grande perda de peso (dieta ou gravidez) que não tenha sido associada à uma atividade física. Pois bem, mas nada de deixar se abater, mostraremos agora algumas dicas de como eliminar a flacidez depois da Dieta! Xô flacidez!

Veja Também: Flacidez nos seios: Saiba prevenir e combater

como eliminar a Flacidez depois da dieta

Saiba como eliminar a flacidez depois da dieta

Cardápio

cardápio para eliminar a flacidez depois da dieta
Hora de tentar reverter o problema…invista em frutas e verduras de cor laranja e vermelha, como cenoura, laranja e acerola no cardápio, pois elas são ricas em vitamina C e melhoram a pele.

Veja Também: 8 passos para evitar o efeito sanfona

Gelatina

Flacidez
Outra dica que vai ajudar a eliminar a flacidez depois da dieta é investir em gelatinas, as comuns possuem colágeno, a proteína responsável pela firmeza da pele, mas também existem as gelatinas hidrolisadas, que têm 85% a mais de colágeno, se joga!

Veja Também: Exercícios para enrijecer o músculo do tchau

Hidroginástica

Hidroginástica para eliminar a Flacidez depois da dieta
Para reduzir a flacidez depois da dieta, a hidroginástica é uma ótima opção porque a água impõe um peso extra aos movimentos do corpo, e por ser feita na água, além de hidratá-la, força a pele a uma retração de volume, já que a água impõe um peso extra aos movimentos do corpo, firmando-a, ou seja, os exercícios exigem uma força semelhante à da musculação, mas com menos risco de lesões, sendo indicada para todas as idades.

Veja Também: Exercícios para combater a celulite

Cremes e loções

Cremes e loções para eliminar a flacidez depois da dieta
Na hora de combater à flacidez depois da dieta, uma ida ao dermatologista é mais do que indicada, pois poderão ser receitados cremes firmadores e loções de acordo com suas necessidades. Eles possuem ativos que, absorvidos pela pele, promovem a melhora na síntese de colágeno, além de terem antioxidantes que combatem a degradação da proteína e das fibras de sustentação do corpo. Entre os produtos mais eficientes para combater a flacidez do corpo, estão os cremes à base de DMAE, a manteiga de karité e o creme de silício.

Veja Também: Dicas para suavizar rugas na testa

O DMAE é uma substância que age na pele reduzindo a retenção de líquidos nos tecidos e eliminando as toxinas que causam a flacidez.

Já, a manteiga de karité, trabalha acelerando a produção de colágeno, que é a proteína responsável pela firmeza da pele.

Enquanto o creme de silício, mineral presente no organismo, em altas quantidades, ajuda a deixar a pele mais durinha.

Os cremes devem ser aplicados diretamente nas áreas flácidas, duas vezes ao dia. O efeito pode ser percebido após dois meses.

Veja Também: Você sabe aplicar os cremes faciais corretamente?

Cápsulas

Cápsulas para eliminar a flacidez depois da dieta
Há ainda a opção do médico receitar um tratamento feito à base de cápsulas de carcinina e de silício, que são as novidades no tratamento contra a flacidez.

A Carcinina (também conhecida como glycoxil) é um aminoácido que impede a destruição de colágeno. Geralmente é indicado o consumo de uma cápsula de 100 mg por dia.

O Silício têm o poder de enrijecer a pele, geralmente é receitada uma cápsula de 300 mg por dia. O consumo de ambos faz efeito em cerca de um mês.

Veja Também: A moda dos cosméticos em cápsulas

Clínicas de estética

Clínica de estética para eliminar a flacidez depois da dieta
Uma outra alternativa para eliminar a flacidez depois da dieta, só que já mais cara, é apelar para clínicas de estética, s quais possuem diversas opções de tratamentos modernos e com resultados ótimos e rápidos, entre as opções de tratamentos podemos citar:

Carboxiterapia: é um tratamento estético feito com injeções de gás carbônico nas camadas abaixo da pele. O gás estimula a circulação sanguínea e a produção de colágeno, deixando a área mais lisa e firme.

Veja Também: 4 tratamentos para você fazer antes do verão

Corrente russa: eletrodos são ligados na pele, dando choques leves para enrijecer os músculos. Se forem combinados os dois tratamentos, os resultados já podem ser percebidos a partir da terceira sessão. Os intervalos devem ser semanais ou quinzenais.

Raios infravermelhos: fazem os músculos se retraírem, estimulando a fabricação de elastina e colágeno, que são as fibras que dão sustentação à pele. O aparelho usado é o NIR (Near Infra Red) e são recomendadas de dez a 20 sessões de até meia hora. O efeito começa a ser percebido depois de dois meses de tratamento.

Veja Também: Melhores tratamentos para estrias

Accent: é tratamento da moda, muito procurado para combater a flacidez, é usado um aparelho que emite ultrassom, aquecendo a pele, quebrando moléculas de gordura e renovando as fibras de colágeno. Esse tratamento também elimina as toxinas do corpo, melhorando a circulação sanguínea e linfática. São necessárias de dez a 20 sessões. Os resultados já aparecem em um mês e meio.

Freeze : emite radiofrequências e pulsos eletromagnéticos em várias camadas da pele. As ondas contraem o colágeno e endurecem a pele. São necessárias de dez a 20 sessões. O efeito começa a ser notado depois de um mês.

Veja Também: Saiba tudo sobre drenagem linfática

Dicas:

Dicas para eliminar a flacidez depois da dieta
Pois é, agora que já viu que a flacidez não é nada legal e dá muito trabalho se livrar dela, a dica é evitar seus grandes vilões:

  • Cigarro: é o maior dentre todos os vilões, pois fumar reduz a irrigação da pele, causa a oxidação das células e degrada o tecido.
  • Sol em excesso;
  • Dormir pouco;
  • Alimentação inadequada: com muita fritura, gordura, açúcar, álcool, embutidos, etc.;
  • Falta de hidratação;
  • Sedentarismo.

E aí, tomou nota? Agora, nada de corpo mole! Preste atenção nessas dicas e depois conte pra gente de que jeito conseguiu acabar com a flacidez.

Uma Resposta

  1. ClaraSol novembro 5, 2014

Adicionar comentário