Como acabar com a acne na idade adulta

Muita gente nem imagina, mas mesmo depois dos 20 ou 30 anos, as mulheres não seguem uma luta apenas contra as ruguinhas, e isso é sério, segundo estudos, as espinhas que sempre foram super indesejadas na adolescência, nunca incomodaram tanto nessa faixa etária, só que, para a alegria geral das mulheres, a acne nessa fase adulta tem solução.

Uma recente pesquisa da Universidade da Pensilvânia, nos EUA, descobriu que a acne adulta é muito mais comum do que se imagina em mulheres de 20, 30 e até 40 anos. O stress, variação hormonal e dieta pobre em nutrientes são apontados como os principais fatores que podem fazer o problema (re)aparecer para detonar a autoestima e a beleza da pele.

Como acabar com a acne na idade adulta

 

Pois bem algumas dicas podem ajudar você a se livrar desse problema, papel e lápis na mão:

Foto ilustrativa de uma mulher com acne

1. Relaxe

Ser muito preocupada e não descansar direito piora o quadro de acne. O stress e a falta de sono aumentam a produção de cortisol e esse hormônio tem a ver com excesso de óleo. Procure dormir 8 horas por noite e reservar um tempo para atividades relaxantes, como malhar e fazer sexo, pois é, você leu direitinho, atividades físicas e sexo reduzem o nível de cortisol e libera endorfina, substância que a deixará tranquila e mais, ainda melhoram a circulação de oxigênio nas células da pele, o que incomoda as bactérias causadoras de acne.

Ilustração do artigo Como acabar com a acne na idade adulta

2. Se alimente bem

Os carboidratos de alto índice glicêmico sabotam a cintura e também a pele, pois aumentam rapidamente o nível de insulina no sangue (outro hormônio que pode gerar produção excessiva de sebo), por isso é importante equilibrar a quantidade de açúcar consumindo carboidratos integrais e alimentos ricos em fibras, como legumes e verduras. Além de prolongar a saciedade, eles fazem com que a insulina não apresente picos de produção. E mais, a péssima notícia é que um estudo recente da Universidade de Medicina de Miami, nos EUA, descobriu que homens que consumiram chocolate diariamente tiveram espinhas cerca de uma semana depois do teste, ou que quer dizer que é bem provável que o chocolate afete a pele da mulher da mesma forma.

anticoncepcional para acabar com acne

3. Anticoncepcional

Perceba se suas espinhas aparecem uma semana antes da menstruação, e converse com seu ginecologista sobre a possibilidade de prescrever um anticoncepcional oral para ajudar a estabilizar os hormônios durante o mês. As pílulas ajudam a neutralizar a produção excessiva de hormônios masculinos, diminuindo as lesões na pele.

mulher com a mão no rosto por causa da acne

4. Consulte um especialista

Repare se suas lesões são infeccionadas e doloridas, nesse caso, procure um especialista, pois a acne cística tem cura lenta e pode deixar marcas permanentes. O dermatologista provavelmente prescreverá um antibiótico (para matar bactérias e reduzir a inflamação) e um produto tópico mais intenso para sumir com os sinais. E nem pense em ressuscitar a receita que seu médico lhe prescreveu anos atrás ou usar algum outro que uma amiga tenha sugerido, alguns antibióticos comumente usados no tratamento de acne adolescente não vão tratar a base do problema da acne adulta: os hormônios, e cada caso é um caso. Muitos antibióticos são cheios de efeitos colaterais desagradáveis (dores de cabeça e queda de cabelo).

Veja como acabar com a acne na idade adulta

5. Invista na esfoliação e limpeza de pele

Nada melhor na hora de manter os poros limpos do que uma boa esfoliação, mas, não exagere para não enfrentar o efeito rebote (quando a pele fica seca demais e, para compensar, produz mais sebo). Existem esfoliantes mais leves que podem ser usados até duas vezes por semana, enquanto que a limpeza de pele deve ser feita apenas quando há cravos para serem removidos, uma vez por mês.E importante, em caso de acne inflamada, desmarque a ida à esteticista.

7 Comentário

  1. Tamara julho 22, 2013
    • SiteDeBelezaEmoda julho 22, 2013
  2. Tiago fevereiro 22, 2015
  3. gisele dezembro 19, 2015
  4. Raquel fevereiro 18, 2016
  5. amanda soares novembro 4, 2016
  6. M. Souza junho 16, 2017

Deixe um comentário