Comida japonesa e dieta: Veja como não errar

Os japoneses já são bem conhecidos pela sua culinária de mil anos atrás, alimentos saudáveis e ótimos em nutrientes, porém, é mais do que sabido que a comida japonesa, principalmente a que vemos em restaurantes especializados, é extremamente cheia de armadilhas, ou seja, possuem muitos molhos e pratos á base de shoyu, que tem muitas calorias. Mas, não devemos esquecer que os japoneses têm a menor taxa de obesidade entre o mundo desenvolvido, e não é por acaso que podemos ver japoneses super conservados com uma idade já elevada.

Veja Também: Como Emagrecer sem sacrifícios para Nunca mais engordar

Comida japonesa e dieta

Como se deliciar da comida japonesa durante a dieta

Pois é, o fato é que os japoneses vivem mais do que as pessoas em outros países, e isso se deve ao seu estilo de vida, no qual eles têm a consciência do quanto estão comendo, procuram fazer pequenas porções e comer bem devagar, para só saciar a fome, inclusive, uma das técnicas para isso está na apreciação do alimento, se valorizando a beleza e o ritual do preparo, assim, acabam dando tempo e espaço para o cérebro associar que o corpo está satisfeito. Ok, mas vamos combinar que o que vemos em restaurantes de comida japonesa está longe de ser light, mas então, como fugir das armadilhas da comida japonesa? É exatamente isso que iremos mostrar agora.

Veja Também: 11 alimentos para ajudar a emagrecer

comida japonesa

Os perigos da comida japonesa

Bem, já vimos que um dos segredos dos japoneses está em comer pequenas porções, o que, realmente, é uma boa maneira de perder peso, e que deveria ser seguida por todo mundo, porém, fazer boas escolhas também é uma boa alternativa.

Veja Também: Como perder barriga em 1 semana

Os perigos da comida japonesa

Por exemplo, embora muitos apontem o arroz usado no recheio do temaki e do sushi (gohan) como um dos riscos da comida japonesa, um sabotador das dietas, bem, na verdade, o verdadeiro perigo é o shoyu, que, segundo os orientais, deve ser usado comedidamente, só que nós, brasileiros estamos longe de ser comedidos, mergulhamos os alimentos nesse molho que, por ter muito sódio, faz o organismo reter líquido, portanto, essa é uma boa hora de exercitar suas escolhas e optar pelo shoyu light e, muita calma nessa hora, mesmo assim é preciso pegar leve.

Veja Também: Os 10 piores alimentos para a saúde

riscos da Comida japonesa
E outro sabotador da lista é o molho tarê (shoyu + açúcar), fuja desse grande vilão, e também fique atenta às opções que levam roll, skin ou crispy no nome, pois são preparações fritas e, claro, calóricas! Pelo mesmo motivo, fuja do delicioso tempurá (legumes empanados) e divida a porção de teppan (peixe grelhado, mas feito com muito óleo). E mais, vale a pena também optar por sushi e o temaki sem maionese ou cream cheese.

Veja Também: Dieta da Couve emagrece até 3 Kg por semana

Que tal um suculento yakissoba na comida japonesa? Bom, nesse caso, mas um exercício de boas escolhas, prefira a versão com proteína (frango ou carne), já que ela sacia mais e tem só 70 calorias a mais que o yakissoba de legumes que não sacia tanto e faz com que logo seu organismo exija mais alimentos.

Veja Também: Dieta do Vinagre para perder peso e barriga

O cardápio da comida japonesa e suas calorias

O cardápio da comida japonesa e suas calorias

  • Califórnia (rolinho de alga recheado com arroz, kani kama, manga, pepino e abacate/1 unidade) = 25 calorias
  • Guioza (bolinho no vapor recheado de carne de porco/1 unidade) = 68 calorias
  • Hot roll (rolinho de alga empanado recheado com arroz/1 unidade) = 90 calorias
  • Kappamaki (rolinho de alga recheado com arroz e pepino/1 unidade) = 19 calorias
  • Missoshiro (sopa à base de pasta fermentada de soja com tofu ou legumes /1 porção) = 60 calorias
  • Rolinho primavera de carne (bolinho frito recheado de carne/1 unidade) = 83 calorias
  • Rolinho primavera doce (bolinho frito recheado de banana com chocolate /1 unidade) = 156 calorias
  • Sashimi de linguado (linguado cru/1 fatia) = 10 calorias
  • Sashimi de polvo (polvo cru/1 fatia) = 8 calorias
  • Sashimi de salmão (salmão cru/1 fatia) = 15 calorias
  • Shimeji no alumínio (shimeji, shoyu, saquê e manteiga/1 porção pequena) = 92 calorias
  • Sunomono (pepino em conserva/1 potinho) = 60 calorias
  • Sushi de atum (rolinho de alga recheado com arroz e atum cru/1 unidade) = 35 calorias
  • Sushi de salmão (rolinho de alga recheado com arroz e salmão cru/1 unidade) = 65 calorias
  • Tekkamaki (rolinho de alga recheado de arroz e peixe cru/ 1 unidade) = 24 calorias
  • Temaki de atum (cone de alga recheado de arroz e atum cru, sem maionese /1 unidade média) = 165 calorias
  • Temaki califórnia (cone de alga recheado de arroz, kani kama, manga, pepino e abacate /1 unidade média) = 111 calorias
  • Temaki de salmão (cone de alga recheado de arroz e salmão cru, sem maionese /1 unidade média) = 197 calorias
  • Tempurá de camarão (camarão empanado /1 unidade) = 61 calorias
  • Tempurá de legumes (berinjela ou couve-flor empanada/1 unidade) = 69 calorias
  • Uramaki (rolinho de arroz recheado com alga e peixe cru/ 1 unidade) = 24 calorias

Eu recomendo que você conheça o Sistema de Emagrecimento Queima de 48 Horas. São treinos de 4 a no máximo 15 minutos por dia, sem equipamentos e que podem ser feitos do conforto de casa.

Add Comment