Carboidratos: Saiba quanto comer para emagrecer

Quando procuramos ajuda para emagrecer encontramos diversas lendas urbanas à respeito do assunto. O mais comum, ou o que virou moda ultimamente são as pessoas dizerem que para perder peso é necessário cortar os carboidratos. Isso, além de atrapalhar sua dieta pode significar um grande risco, principalmente se você tem qualquer problema de saúde. Para emagrecer da forma correta, você precisa compreender a densidade dos carboidratos e saber qual o limite de consumo diário. Antes de restringir qualquer alimento na sua dieta, é recomendável consultar um nutricionista ou um médico, principalmente se você tiver uma condição de saúde específica.

Veja Também: Dicas para diminuir a fome na hora do almoço

carboidratos

Quanto devo consumir de Carboidratos?

300g ou mais – Risco para saúde além de engordar rapidamente

Seguindo a pirâmide alimentar, você poderia consumir 300g de carboidratos diariamente. Mas, existe um perigo oculto que muitas pessoas não sabem, uma verdadeira armadilha. É sob o pretexto dessa recomendação, que a indústria dos produtos alimentícios, calculam os macronutrientes para estampar em suas embalagens. Não é necessário muito esforço para consumir esse valor no dia a dia com massas, cereais, sucos e refrigerantes, etc. É prazeroso comer esses alimentos, não é mesmo? Por isso fica  muito fácil ir além desses 300g com uma alimentação assim.

Veja Também: 10 erros mais comuns em uma dieta para emagrecer

consumindo carboidratos

Consumir 300g de carboidratos significa ganhar 1200 calorias, isso porque 1 grama de carboidrato equivale a 4 calorias. O risco de problemas graves – como obesidade, inflamação, diabetes, síndrome metabólica – está exatamente nessa faixa de consumo de carboidratos.

Veja Também: Obesidade: sua vida pode está em risco

de 150 a 300g – Ganho de peso rápido e contínuo

Essa faixa de consumo de carboidratos é uma verdadeira armadilha para quem precisa perder peso. O ganho de peso ocorre porque há um estímulo para liberação de insulina, inibindo a queima de gordura mesmo com a prática de exercícios. Por esse motivo encontramos relatos de pessoas que comem menos, praticam exercícios e não conseguem emagrecer.

Veja Também: Como perder barriga em 1 semana

carboidratos certos

de 100 a 150g – Manutenção do peso

Se você consumir de 100 a 150g de carboidratos diariamente é possível que não ganhe e nem perca peso. Se você praticar exercícios, pode ganhar músculos e perder gordura nessa faixa facilmente. É uma faixa ideal para quem está satisfeito com o peso e deseja mantê-lo, no entanto, é necessário praticar exercícios regularmente.

Veja Também: Os 6 exercícios físicos que mais gastam calorias

dieta com carboidratos reduzidos

de 50 a 100g – Emagrecer sem esforço

Para quem não é adepto à grandes esforços, como exercícios físicos, essa é a melhor faixa (consumo de carboidratos) para emagrecer. Aliado à uma boa quantidade de proteína de qualidade, essa faixa de carboidratos é ideal para você perder gordura sem esforços.  Parece pouco carboidrato,  não é mesmo? Imagino que agora você pode está pensando, mas, isso é um sacrifício. Eu gostaria de perder peso, comendo bem e sem fazer exercícios físicos pesados. Muita calma nessa hora,  pois surpreendentemente a maioria de nós se adapta rapidamente a essa faixa, principalmente mais próximo dos 100g. A fome vai desaparecer, seu corpo vai encher de energia e bem estar, e claro, o peso vai diminuindo! O segredo está na densidade dos carboidratos. Alimentos menos densos podem ser consumidos em maiores quantidades.

Veja Também: Como perder barriga em apenas 2 dias

quantidade de carboidratos para emagrecer

de 20 a 50g – Perda de peso muito acelerada

Para viver nessa faixa sem exercícios físicos diários, é necessário um longo e doloroso processo de adaptação. Algumas pessoas fazem a dieta cetogênica ou a dieta de carboidratos. É nessa faixa restrita de carboidratos que as pessoas, sem informações corretas e por acreditarem em mitos sobre emagrecimento,  acabam caindo em algumas dietas radicais. E o resultado disso são tonturas, falta de energia, fadiga e etc.  Não é correto entrar nessa faixa a menos que você saiba exatamente o que está fazendo e tenha o acompanhamento de um profissional médico qualificado no assunto. Não é terrorismo nem guerra contra a Cetose. Algumas pessoas não conseguem se adaptar a uma dieta cetogênica,  o que não a torna necessariamente ruim. A cetose pode ter aplicações fantásticas e muito interessantes em condições específicas.

O ideal é você emagrecer e nunca mais voltar a engordar. E isso é possível, sem sacrifícios. Te convido a assistir uma apresentação em vídeo gratuita que ensina segredos para perder peso sem se exercitar como louco. Tenho certeza que você vai se surpreender com essa apresentação, e vai entender porque existem inúmeras dietas fabricadas pela indústria do emagrecimento que simplesmente não funcionam.

Adicionar comentário