Seu animal de estimação pode ajudá-la a ter uma vida mais saudável

As pessoas que já tem um animal de estimação devem conhecer os enormes benefícios envolvidos, tanto para eles quanto para nós.

Mais: Ralph Lauren lança acessórios em prol de cães carentes

Será que você também sabe que os benefícios de ter um animal de estimação incluem a melhoria da saúde e bem-estar, bem como a prevenção e tratamento da obesidade?

Vários estudos tem documentado que ter um amigo peludo ao redor pode trazer uma série de benefícios para a saúde não apenas para o animal de estimação, mas também para o lado humano da equação. Confira como!

Veja: 10 segredos para ser feliz no casamento e na vida

animal de estimação

Benefícios cardiovasculares

Em 2013, a American Heart Association (AHA) publicou uma declaração científica falando sobre os muitos benefícios cardiovasculares de ter um animal de estimação.

Estes incluem a manutenção da saúde do coração bem como a redução dos fatores de risco que resultam em doenças cardiovasculares.

A AHA notou que alguns estudos mostraram que ter um animal de estimação pode baixar a pressão sanguínea.

Outros estudos analisaram os níveis de colesterol em pessoas que tem cães como animais de estimação e descobriram que essas tem os perfis de colesterol mais favoráveis do que aquelas que não tem um cão.

A pesquisa também descobriu que as pessoas que não tem um cão são mais propensas a usar produtos que contém tabaco (cigarros, por exemplo) do que aquelas que tem um cão.

Ainda outros estudos descobriram que ter um animal de estimação reduz a reatividade ao estresse.

Veja: 10 acontecimentos e prazeres que nos deixam mais felizes

mulher e seu cachorro

Assim, ter um animal de estimação parece ter benefícios em termos de redução de fatores de risco comuns para doenças cardíacas e acidente vascular cerebral tais como o uso do tabaco, pressão alta, estresse e colesterol alto.

Além disso, ter um animal de estimação parece mesmo ser um benefício para aqueles que já tem doenças cardíacas.

Em um dos estudos, ter um cão foi fortemente associado à diminuição da mortalidade por doença cardíaca, mostrando que uma pessoa que tem um cão tem quatro vezes mais chances de sobreviver a um ataque cardíaco ao longo do tempo do que aquela que não tem um cão.

Conheça: 8 coisas que pessoas bem-sucedidas têm em comum

Animais de estimação e a atividade física

Outra forma em que animais de estimação melhoram a saúde cardiovascular, bem como tratam e previnem a obesidade, é através de uma maior atividade física.

A maioria dos estudos tem mostrado que pessoas que cuidam de um animal de estimação tendem a ser mais ativas fisicamente. Os cães parecem ser os que mais incentivam a atividade física.

Conheça: Os 6 exercícios físicos que mais gastam calorias

atividade física com cães

Um estudo realizado no Canadá descobriu que pessoas que tem um cão andam em média 300 minutos por semana, enquanto aquelas que não tem um cão andam aproximadamente 168 minutos.

Observou-se também que a obrigação de cuidar de seus cães é um fator motivador para a maioria das pessoas.

Outros estudos analisaram a mudança no comportamento humano depois de adotar um animal de estimação.

Descobriu-se que as pessoas que adotaram um cão tiveram um aumento significativo em seus níveis de atividade física, principalmente na forma de passeios de lazer mais frequentes e mais longos.

Veja: 5 exercícios que mais queimam calorias

Animais de estimação e a obesidade

Vários estudos tem mostrado que ter um animal de estimação pode desempenhar um papel importante tanto na prevenção quanto no tratamento da obesidade.

Animais de companhia podem fornecer o incentivo e a motivação necessários para completar um programa de perda de peso, por exemplo.

Veja: Obesidade: sua vida pode está em risco

benefícios do animal de estimação

Outros estudos tem mostrado que caminhar com os cães pode estar associado a uma menor incidência de obesidade.

Em um grande estudo, pessoas que levavam seus cães passearem eram muito mais propensas a cumprir as recomendações para realizar as atividades físicas.

Tudo isso resulta em um menor índice de massa corporal (IMC), com menores taxas de sobrepeso e obesidade.

Cuide de seu animal de estimação ao mesmo tempo que você cuida de sua saúde!

Adicionar comentário