Beber 1 lata de cerveja por dia aumenta a chance de ter câncer de pele

Quem gosta de tomar aquela latinha de cerveja no final do dia tem motivos para se preocupar. Estudos científicos sugerem que consumir bebidas alcoólicas regularmente aumenta em até 14% as chances de desenvolver câncer de pele, o melanoma.

A conclusão a que chegaram os pesquisadores da Universidade de Brown, nos Estados Unidos, é de que o álcool é ainda mais nocivo do que se imaginava, ele já figurava na lista de fatores de risco de outros 7 tipos de cânceres.

Um dos tipos de câncer de pele mais agressivos, o melanoma, se caracteriza pelo surgimento de pintas novas ou mesmo transformação de pintas já existentes.

As células responsáveis pela pigmentação dessas pintas se tornam cancerígenas.

Beber 1 lata de cerveja por dia aumenta a chance de ter câncer de pele

Melanomas podem surgir em qualquer parte do corpo e após o diagnóstico o médico poderá recomendar tratamento cirúrgico, quimioterápico ou medicamentoso.

Veja Também: 7 sintomas do câncer de pele que você nem imagina

E mais: Uma dica simples e infalível para diminuir o risco do câncer de pele

O álcool e o desenvolvimento do câncer de pele

Os pesquisadores descobriram que a ingestão diária de mais do que 12,8 gramas de álcool pode aumentar em até 14% as chances de desenvolver o mais agressivo dos cânceres de pele, o melanoma.

Essa quantidade equivale a uma latinha de cerveja ou mesmo uma taça de vinho com 100 ml, nada muito distante do que grande parte das pessoas consome todos os dias.

Pessoas que bebem excessivamente (mais de 20 gramas de álcool) estão ainda mais propícios ao desenvolvimento de câncer de pele, pois as chances crescem para 23%.

Os pesquisadores traçaram esse paralelo observando principalmente melanomas que surgem em áreas do corpo que ficam pouco expostas ao sol como as costas, abdômen e peito.

Nos casos de quem bebe com regularidade as chances de desenvolver melanoma nessas áreas aumenta em até 73%.

Veja Também: 7 hábitos comuns que aumentam suas chances de ter câncer

E mais: 8 tipos de câncer que você pode contrair se estiver acima do peso

Como a pesquisa foi realizada?

Para chegar a uma conclusão tão alarmante que relaciona o álcool e o câncer de pele, os pesquisadores da universidade se basearam em dados de outros três grandes estudos.

Esses estudos investigaram os hábitos de consumo de mais de 200 mil pessoas durante 18 anos.

A metodologia aplicada foi a de que os participantes dessa pesquisa respondiam a um questionário a cada dois anos.

Dentre as perguntas do questionário estavam questões relativas a sua alimentação e histórico médico. Foram registrados dentre essas mais de 200 mil pessoas 1.374 casos de câncer de pele do tipo melanoma.

Veja Também: Fruta proibida pode ajudar a combater o câncer de pulmão

E mais: 7 sinais de câncer de mama que as mulheres ignoram

Conheça as 4 bebidas alcóolicas mais perigosas para desenvolvimento de câncer de pele

Com os resultados dos estudos em mãos os pesquisadores observaram que quatro bebidas tinham potencial para o aumento de chances de desenvolvimento de melanoma, sendo elas:

licor,

vinho tinto,

cerveja e

vinho branco.

O que mais surpreendeu os cientistas foi que o vinho branco demonstrou ser a bebida mais perigosa dentre as quatro.

Isso porque o vinho branco sendo consumido sozinho, sem outras bebidas, poderia potencializar em até 13% as chances de desenvolver melanoma.

Veja Também: 17 alimentos cancerígenos que estão na sua mesa

E mais: 20 sinais de que você pode ter algum tipo de câncer crescendo em seu corpo

Por que bebidas alcoólicas podem contribuir para o câncer de pele?

O que faz das bebidas alcoólicas – como a cerveja e os vinhos – tão perigosos, é uma substância chamada acetaldeído que é sintetizada pelo fígado enquanto ele está realizando a metabolização do álcool.

As bebidas campeãs em acetaldeído em sua composição são os vinhos e por isso eles são mais nocivos.

Uma observação pertinente é que o vinho tinto se mostra menos perigoso ao organismo por fornecer quantidade equilibrada de acetaldeído e antioxidantes que ajudam a limpar o organismo.

Veja Também: 7 exames necessários na prevenção do câncer

E mais: Como saber se uma pinta é benigna

Os resultados são definitivos?

Muitos que estão lendo devem estar bem preocupados já que o consumo diário de latinhas de cerveja é quase cultural no Brasil.

É importante que fique claro que esses resultados, embora sejam muito significativos, ainda não são definitivos.

Os próprios pesquisadores da universidade alertaram para o fato de ter sido uma pesquisa feita com uma população muito restrita.

O mais importante é dar atenção ao consumo demasiado de álcool que pode acarretar em outros problemas de saúde.

O conceito de que tudo que é demais faz mal, faz todo o sentido em relação ao álcool.

A recomendação é que homens não excedam a quantia de 12,8 gramas de álcool por dia e mulheres não tomem mais do que uma dose.

Veja Também: Como tirar pintas vermelhas

E mais: Como Identificar Pintas Malignas

Atenção ao sol

melanoma

Não podemos falar sobre prevenção de câncer de pele, especialmente melanoma, e não reforçar que se deve ter atenção ao sol.

Os fatores principais de desenvolvimento de câncer de pele são exposição demasiada em sol e ter a pele muito clara.

Sendo assim use protetor solar mesmo em dias nublados e evite tomar sol nos horários em que ele é mais forte como o período entre 10h e 16h.

Veja Também: 8 passos simples para você cuidar da pele no calor

E mais: Dicas de como cuidar da pele no verão

Adicionar comentário