Aparelho fixo, móvel ou invisível. Qual o melhor para você?

Quem não sonha em ter o sorriso perfeito?? Sem dúvida, os dentes são o cartão de visita e uma das primeiras coisas que notamos em alguém. Dentes mal cuidados, desalinhados, amarelados, podem trazer consequências psicológicas e sociais, e acredite, até mesmo prejuízos profissionais, já que a aparência é um fator decisivo para muitas empresas, principalmente nos segmentos que envolvem imagem corporal. Porém, a ironia é que muitas empresas não aceitam que seus funcionários utilizem aqueles aparelhos tradicionais, simplesmente por chamarem a atenção. Ok, se você está achando isso um absurdo, tente imaginar o William Bonner aparecendo, de repente, ostentando um desses aparelhos modernos, ouso afirmar que NINGUÉM iria prestar atenção na notícia. Então, pensando nisso, resolvemos mostrar aqui os diferentes tipos de aparelhos, descubra qual o modelo certo para você.

Veja Também: 5 novidades em tratamentos para um sorriso perfeito

Aparelho fixo, móvel ou invisível. Qual o melhor para você?
Os aparelhos ortodônticos são a solução do terceiro maior problema de saúde bucal, que é o desvio do correto encaixe entre os dentes, que além de influenciar o bem-estar físico, pode resultar em sérios problemas emocionais e de autoestima, mas, eles nem sempre são aceitos pelo mercado de trabalho: comissários de bordo, recepcionistas de hotéis de luxo e executivos, são apenas alguns profissionais que não podem usar aparelhos, pelo menos esses aparentes…

Veja Também: Como é feito o implante dentário

aparelho
Pois é, mas a boa notícia é que por isso mesmo, as empresas acabaram vendo a necessidade de desenvolverem novas tecnologias, com aparelhos praticamente imperceptíveis e que não alteram a dicção, mas que, por outro lado…são bem mais caros do que os tradicionais. Assim, podemos contar com aparelhos hoje para todos os tipos de necessidade e bolsos, sendo que, os aparelhos fixos metálicos são os mais baratos, seguidos dos aparelhos fixos transparentes e, depois, dos aparelhos linguais.

Veja Também: Bling, a moda das joias nos dentes

Veja qual aparelho ortodôntico funciona melhor para você:

Aparelho fixo

Aparelho fixo

É indicado para quem precisa de maior movimentação dos dentes de forma tridimensional. Ele é composto por braquetes (pequenos suportes de aço) que são colados nos dentes e removidos apenas ao final do tratamento. Sua limpeza e higiene é fundamental, pois esse tipo de aparelho é capaz de acumular sobras de alimentos facilmente. Assim, o paciente deve passar fio dental normalmente e fazer a escovação. Deve limpar muito bem em volta dos braquetes, dando uma atenção especial à área mais próxima à gengiva, é o segredo. Os braquetes são feitos de aço inoxidável. Os aparelhos fixos estéticos, que são transparentes, podem ser de policarbonato, porcelana ou safira sintética. Já o arco ortodôntico (fio que é passado por entre os braquetes) pode ser composto de Nitinol (níquel e titânio), TMA (titânio e molibdênio) ou aço inoxidável. Vale ressaltar que, embora não machuque, assim como o móvel, o aparelho fixo causa incômodo sempre que é apertado.

Veja Também: Produtos labiais para conseguir aquela boca de fotos de revista

Aparelho móvel

Aparelho móvel
É indicado para pequenos movimentos dentários ou como contenção ao fim do tratamento, mas seu uso deve ser constante, dia e noite, do contrário, pode prejudicar o resultado do tratamento. Quanto a higiene e limpeza, deve ser a habitual, já que o aparelho pode ser retirado e deve ser escovado com escova de dente. Seu material é feito de fios de aço, para os arcos e molas, e resina acrílica, para o corpo do aparelho. Eventualmente, podem ser usados parafusos para alargar o acessório e expandir a arcada dentária gradualmente. Já, esse aparelho machuca sim, quando é ajustado.

Veja Também: Higiene Pessoal Básica

Aparelho lingual

Aparelho lingual
Indicado para promover o mesmo efeito que o aparelho fixo, mas para quem não quer ficar com os braquetes à vista, já que, neste caso, são colados por trás dos dentes. Seu uso é fixo, ele é removido apenas ao final do tratamento. Sua higiene e limpeza, nesse caso, é muito mais complexa, não só pelo acesso, mas também pela visualização da sujeira. Os dentes devem ser limpos com fio dental e escovação. Seu material tem a mesma composição dos aparelhos fixos. Quanto a dor, por estar colado atrás dos dentes, o aparelho lingual pode, além de causar desconforto toda vez que for apertado, machucar a língua e atrapalhar um pouco a fala no início do tratamento. Porém, a maioria dos pacientes consegue se adaptar após algumas semanas.

Veja Também: 5 terapias para você parar de fumar

Aparelho transparente

Aparelho transparente
Indicado para casos de maloclusão dental, sendo praticamente imperceptível nos dentes, além de não alterar a fala. Gisele Bündchen, Fernanda Paes Leme e Luciana Gimenez, são só algumas famosas que já declararam ter se tratado com esse aparelho. Ele é um aparelho móvel, e seu uso deve ser constante, e sua não utilização regular pode comprometer o tratamento. Deve ser higienizado normalmente, podendo ser retirado para a escovação do aparelho e dos dentes, bem como para o uso do fio dental. Ele é feito de acetato transparente. Assim como os demais modelos, também pode causar incômodos.

Veja Também: Luciana Gimenez fala sobre sua rotina após desmaio ao vivo

Preço

O preço para colocação de um aparelho dentário não se refere ao valor único do aparelho ortodôntico, mas sim a todo tratamento ortodôntico necessário, já estipulado ao se iniciar o tratamento, variando conforme os diferentes tipos de aparelhos, materiais e de profissional para profissional. Mas, geralmente, o paciente paga o estudo e a colocação do aparelho dentário fixo de Ortodontia, depois, apenas paga as consultas de ortodontia mensais, até terminar o tratamento. Aí então, após terminar o tratamento ortodôntico, recomenda-se o uso de um aparelho dentário de contenção, e as consultas de rotina de 6 em 6 meses.

Vale assinalar que hoje existem planos odontológicos com valores bem acessíveis, que possibilitam quem não tem condições de pagar tais tratamentos em consultórios particulares.

 

Deixe um comentário