8 coisas que acontecem com o corpo da gestante durante a gravidez

Quando você faz o teste de gravidez e descobre que vai ser mãe, inúmeras transformações começam a acontecer no seu corpo, tanto no âmbito físico, quanto emocional.

Nesta fase, é comum a mulher sentir-se incomodada com a sua aparência e viver imersa em um constante mal estar.

Mas não é preciso desespero. As mudanças de humor e no corpo da gestante são super normais e acontecem com todas as futuras mamães.

Veja Também: 11 primeiros sintomas de gravidez

E mais: 9 coisas incríveis que o bebê sente quando está no útero

8 coisas que acontecem com o corpo da gestante durante a gravidez

Para se preparar para este momento único na vida de qualquer mulher, confira a seguir, 8 coisas que acontecem no corpo da gestante durante a gravidez e aproveite, sem traumas e receios, cada semana, até a tão esperada chegada do seu bebê.

Veja Também: Ultrassom super-realista permite ver rostinho do bebê antes do nascimento

E mais: 5 mitos sobre a gravidez que as pessoas ainda acreditam

1 – Enjoo

Mulher grávida com enjôo

A maioria das mulheres, logo nas primeiras semanas de gravidez, apresenta sinais de enjoo, além de dores nos seios e no abdômen.

Além disso, o primeiro sinal de que a mulher está esperando um filho é a interrupção do ciclo menstrual.

Veja Também: Descubra como minimizar os enjoos na gravidez

E mais: 6 mitos sobre a gravidez

2 – Aumento dos quadris e dos seios

mulher grávida se olhando no espelho

Entre o 4º e o 5º mês de gestação, a mulher começa a perceber que seus quadris e o abdômen estão bem mais largos, assim como os seios, que ficam mais fartos.

Nesse período, os mamilos estão mais sensíveis e pode ocorrer a lactação, mesmo com o bebê dentro do ventre.

É importante usar e abusar dos óleos de amêndoas no corpo e manter a pele hidratada para evitar o aparecimento de estrias.

Veja Também: 10 dicas para uma gravidez Fashion

E mais: Dicas de looks para gestantes

3 – Inchaço no corpo da gestante

mulher grávida com mãos e pés inchados

O inchaço das mãos e das pernas é uma das características mais comuns da gravidez.

Ele aparece no terceiro trimestre de gestação e fica mais evidente na última fase antes do nascimento do bebê, devido à retenção de líquidos e ao aumento de peso do feto, que acaba por comprimir os vasos sanguíneos.

Veja Também: 8 Dicas para você acabar com inchaço

E mais: Problemas com inchaço? Dê adeus ao desconforto

4 – Cansaço

Mulher grávida dormindo

Sinais constantes de fadiga, cansaço e irritabilidade são bastante comuns durante a gravidez.

Devido a esses fatores, é normal a futura mamãe sentir uma vontade incontrolável de dormir mais de 8 horas por noite, além de sofrer variações de humor ao longo do dia, resultado das alterações hormonais.

Veja Também: 8 alimentos que melhoram humor

E mais: 5 dicas para dormir bem durante a gravidez

5 – Menos Cálcio

Cuidados com os dentes na gravidez

Com a gestação, há a diminuição de cálcio no corpo da mulher, o que pode deixar seus dentes mais fracos e suscetíveis a cáries.

As gengivas, da mesma forma, ficam bastante sensíveis, podendo ficar inchadas e sangrando com facilidade. Dessa forma, manter consultas regulares no dentista é fundamental.

Veja Também: 27 remédios caseiros para aliviar a dor de dente

E mais: 5 Coisas Nojentas que Podem se Esconder na sua Escova de Dente

6 – Manchas no rosto

manchas no rosto de mulher grávida

Durante a gravidez, ocorre um aumento considerável na produção de melanina no organismo, que pode resultar em manchas escuras, conhecidas como melasmas, no rosto, nas mãos e no corpo.

A saída mais correta é a utilização de protetor solar com fator de proteção alto, de três em três horas.

As acnes também são mais comuns nesse período e o acompanhamento de um dermatologista vai ser de grande ajuda para tratar o problema.

Veja Também: Dicas para escolher o protetor solar ideal para o rosto

E mais: 4 Receitas caseiras para acabar com cravos e espinhas

7 – Cabelos Sedosos

cudados com o cabelo durante a gravidez

Para as mulheres que sofrem por causa dos cabelos secos, a gravidez é um ótimo momento para mantê-los lindos e brilhantes.

Isso porque, na gestação, há o aumento de HCG, que mantém a gravidez e faz crescer os níveis de progesterona, aumentando a oleosidade capilar.

Para as mamães que já possuem cabelos oleosos, a saída para manter os cabelos sedosos é utilizar diariamente shampoos para cabelos oleosos.

Veja Também: Como cuidar do cabelo na gravidez

E mais: 3 Dicas de beleza para grávidas

8 – Ganho de peso

Controle de peso durante a gravidez

Já a partir do 3° mês de gestação a barriga começa a crescer e tomar um formato mais arredondado.

Em gestações normais, a mãe costuma ganhar entre 8 e 12 quilos e, por isso, é importante manter uma dieta equilibrada para não ultrapassar este limite ou não engordar o suficiente para atingi-lo.

A partir do 5 mês, dependendo do tamanho do bebê e da quantidade de líquido amniótico, a barriga passa a aumentar 1 centímetro por semana. É uma mudança considerável no corpo da gestante.

Veja Também: 4 dicas de ouro para você emagrecer rápido depois do parto

E mais: 5 Dicas para você perder barriga depois da gravidez

Adicionar comentário