7 Coisas que acontecem com seu corpo quando você para de tomar a pílula anticoncepcional

Toda mulher, no mínimo, já pesquisou saber sobre os efeitos do anticoncepcional no organismo antes de começar a tomá-lo. Geralmente o uso desse medicamento começa sendo usado para ter ciclos menstruais mais leves, menos cólicas, ou como contraceptivo.

Mas você já pensou no que acontece quando você para de tomar a pílula anticoncepcional?

Algumas coisas podem mudar e nem sempre para melhor. Conheça alguns sintomas e mudanças no organismo que podem acontecer ao parar de tomar a pílula.

Veja Também: 12 efeitos que a pílula anticoncepcional pode provocar no seu corpo

7 Coisas que acontecem com seu corpo quando você para de tomar a pílula anticoncepcional

1. As variações hormonais podem alterar os seus ciclos menstruais e fazer com que você experimente dores mais fortes de cólica durante certo período, que podem ser longo.

2. Como a pílula a capacidade de ovulação diminui, ou seja, faz com que você produza também menos secreção vaginal. É provável que com a interrupção do método contraceptivo, você possa sentir uma umidade maior da região.

Veja Também: Como saber se estou ovulando

3. Os sintomas da TPM podem piorar e muito. Quando você para de tomar a pílula anticoncepcional, não estranhe as mudanças mais radicas no humor e os incômodos que esse período já proporciona podem aumentar um pouco mais.

4. Ao parar de tomar a pílula você também pode passar a ter mais espinhas. Se você já tem propensão e tem problemas com acne, procure um dermatologista primeiro antes de interromper o uso do medicamento.

Veja Também: 4 Receitas caseiras para acabar com cravos e espinhas

5. Com a mudança dos hormônios, pode ocorrer perda ou ganho de peso, e isso só varia de acordo com o organismo de cada uma.

6. Ao parar de tomar o anticoncepcional, algumas mulheres já relataram o aumento do desejo sexual, isso significa que a libido aumenta também.

7. Os seios podem diminuir de tamanho, já que ao tomar o remédio eles costumam aumentar um pouco. Isso é bastante comum.

Veja Também: Conheça 5 mitos sobre o anticoncepcional

Como você pode notar, existem muito aspectos negativos ao parar de tomar a pílula, por isso é tão importante ter o acompanhamento de um médico junto para realizar exames e acompanhar essas alterações hormonais de perto.

3 passos para uma transição mais tranqüila

As alterações hormonais com certeza são os sintomas mais pesados quando você deixa de tomar o anticoncepcional. Com razão. Deixar de tomar a pílula pode causar muitos traumas e vários sintomas desagradáveis para qualquer mulher.

Existem muitas dúvidas e medos sobre como enfrentar essa transição de forma segura e sem maiores problemas.

Quando você resolve parar de tomar a pílula anticoncepcional, ou começa a pensar nisso, os sintomas começam a aparecer e muitas vezes não sabemos o que fazer.

O ideal é sempre tomar essa decisão junto do seu médico ginecologista. Assim ele pode acompanhar e saber lidar com as possíveis conseqüências que o seu organismo pode vir a ter.

Veja Também: 10 coisas que você deve perguntar ao seu ginecologista

  • A acne é um dos sintomas mais propícios a aparecer em mulheres mais jovens, mudanças de humor, ciclos irregulares, insônia, etc.
  • Sem contar que a partir daí o uso da camisinha deve ser constante, se você não estiver com intenção de engravidar.
  • Acredite, vai ser mais difícil se acostumar a não tomar mais a pílula do que quando você passou a tomá-lo.

Veja Também: 7 Coisas sobre DIU, SIU e implante subcutâneo que você precisa saber

Quais os melhores métodos para conseguir parar de tomar o anticoncepcional evitando desconforto, alguns sintomas e menos sofrimentos?

Comece pela boca

A alimentação é um dos pontos fundamentais para qualquer mudança em nosso organismo. Como estávamos ingerindo hormônios artificiais, a melhor forma de devolver os nutrientes ao nosso organismo é abastecendo-o de alimentos que ajudam a fabricar hormônios naturais.

Os alimentos que facilitam essa transição são:

  • Aveia
  • Abacate
  • Ovos
  • Sardinha
  • Trigo
  • Quinua
  • Folhosos escuros
  • Repolho roxo
  • Espinafre
  • Entre outros.

Invista em alimentos probióticos também, eles são importantes para ajudar o organismo a absorver nutrientes e eliminar toxinas.

Uma boa suplementação com minerais e vitaminas, pode ser de grande importância também.

Veja Também: 6 alimentos que as mulheres não devem comer durante a menstruação

Passa pelos ovários

O ciclo menstrual deve ser observado com atenção e consciência. Nosso organismo estava com os hormônios sexuais supridos e agora eles devem voltar ao seu normal.

Quando a ingestão de nutrientes é suficiente, eles incentivam o ovário a produzir seus hormônios. Podemos acompanhar esses ciclos hormonais pelos sinais de fertilidade em nosso organismo.

Essa observação é tão importante quando você para de tomar a pílula anticoncepcional do que quando começa. É muito difícil o organismo conseguir um equilíbrio, principalmente se você tomou a pílula por muito tempo.

Veja Também: Síndrome de Ovário Policístico atinge 10% das mulheres

Acaba na cabeça

Ao parar de tomar a pílula anticoncepcional, você volta a ter o ciclo menstrual natural, e todo o estado emocional ligado a esse ciclo é proporcionado por influência dos hormônios.

A TPM voltará com mais força. Devido aos hormônios artificiais, o funcionamento da mente desacostuma do funcionamento natural dos hormônios e isso, como demora a voltar ao normal, a nossa mente sofre desses distúrbios de humor.

Veja Também: 8 alimentos que melhoram humor

Adicionar comentário