6 coisas que você não deve fazer quando correr no frio

Para você correr no frio parece difícil?

Pois, saiba que o inverno é a estação perfeita para quem deseja melhorar o seu desempenho na atividade física uma vez que não tem o calor e a umidade excessivos do verão para atrapalhar o rendimento.

Porém, sabemos que deixar a cama quentinha para correr no frio não é exatamente algo fácil.

Para te ajudar a tornar essa experiência menos tortuosa e com melhores resultados listamos as 6 coisas que você não deve fazer.

Então que tal se preparar para uma corrida?

Curta: Nossa Página no Facebook

Siga: Nosso Perfil no Google+

Veja o que você não deve fazer quando correr no frio

Veja o que você não deve fazer quando correr no frio

1. Correr somente em esteira

A tentação de deixar o vento cortante e as baixas temperaturas do lado de fora da academia pode ser grande, mas saiba que correr ao ar livre – além de ajudar a reduzir o estresse – impõe mais desafios ao corredor lhe proporcionando melhor rendimento.

Ambientes fechados contribuem para a propagação de vírus como a da gripe no inverno porque concentram mais pessoas e menos janelas abertas.

Além disso, por mais estranho que pareça mesmo em meses de muito frio como junho e julho o sol aparece eventualmente dando uma boa dose de vitamina D para o organismo.

Veja Também: 5 razões surpreendentes para você deixar a academia agora e começar a treinar em casa

E mais: As 10 piores coisas que podem acontecer se você não tiver vitamina D suficiente

2. Fazer um aquecimento fraco

Aquecimento fraco é um dos erros de quem vai correr no frio

Todo mundo sabe que é fundamental se aquecer antes realizar atividade física, contudo, nos meses de frio é importante dar mais atenção ao aquecimento.

Dedique mais tempo para aquecer os seus músculos antes de partir para a corrida especialmente se você corre no período da manhã que costuma ser mais frio.

Temperaturas baixas exercem maior estresse nos músculos e esse é um grande risco para o desenvolvimento de contraturas musculares.

Pessoas que sofrem de problemas como Artrose e Artrite devem ter ainda mais atenção, pergunte ao seu médico quais os melhores exercícios de aquecimento.

Depois de um bom aquecimento feito comece a sua corrida num ritmo mais lento de caminhada e intercale explosões com momentos de trote.

Veja Também: 3 razões para fazer alongamento antes ou depois do treino

E mais: Mulher Emagrece 42 kg Fazendo Caminhada: Veja o Segredo

3. Não se hidratar adequadamente

Nos dias mais frios é normal ter menos sensação de sede e por isso beber até 1 litro de água a menos do que o habitual.

Contudo, a desidratação é um assunto sério em especial para quem escolhe correr no frio.

Tenha com você sempre uma garrafinha de água e procure estabelecer a ingestão de pelo menos 2 litros por dia.

Lembre-se que ao se exercitar você está perdendo água através do suor e precisa repor.

Veja Também: 5 maneiras geniais para você beber mais água

E mais: Quanto correr para emagrecer: distância por semana é menor do que você imagina

4. Não saber a hora de descansar

Estar motivado a se exercitar para conquistar o corpo dos sonhos ou somente melhorar o seu humor é muito bom, mas é necessário saber que o organismo precisa de um tempo de descanso.

De maneira geral o corpo precisa de um período entre 24 e 48 horas para se recuperar de um grande esforço.

Para quem está começando na atividade física agora a dica é manter o bom senso e procurar correr um dia, dois não e assim por diante.

Não deixe que sua empolgação se torne uma lesão…

Veja Também: 10 dicas para ter mais disposição para malhar no inverno

E mais: 7 maneiras de reduzir o risco de ataque cardíaco no inverno

5. Ficar muito tempo com as roupas suadas

Depois de correr no frio é natural ficar com a temperatura corporal quente e querer preservar essa sensação, mas saiba que isso não é nada saudável.

Para começar é importante observar que se está exposto a um possível choque térmico uma vez que seu corpo quente entre em contato com uma temperatura ambiente mais fria.

No inverno nosso sistema imunológico já se encontra mais suscetível então é melhor não dar chance para uma gripe te pegar, não é mesmo?

Além disso, roupas suadas em contato com o corpo por muito tempo são um ambiente bastante profícuo para o desenvolvimento de bactérias.

Ninguém quer passar os dias frios com micoses ou outros tipos de problemas decorrentes do suor nas roupas então assim que chegar em casa tome banho e vista roupas limpas.

Veja Também: 5 exames que você precisa fazer antes de começar a malhar

E mais: 5 dicas para emagrecer no inverno

6. Relaxar demais depois de correr no frio

Relaxar demais depois de correr no frio é errado

Há quem pense que após aquela corrida matinal não precisa fazer mais nada ao longo do dia além de se esticar no sofá, mas não é bem assim.

Manter o corpo realizando atividades leves mesmo que dentro de casa mesmo contribui para melhorar o desempenho do seu corpo nas atividades físicas.

A circulação do sangue proveniente dos movimentos ajuda a recuperar o seu corpo depois de uma atividade física como uma corrida.

Agora que você já sabe o que não fazer quando correr no frio não tem mais desculpa para descuidar dos exercícios, não é mesmo?

Veja Também: Cansaço excessivo pode ser um sinal de doenças

E mais: 8 maneiras de dar UP na sua rotina para ter uma vida mais saudável

Adicionar comentário