Perigo: 4 alimentos do nosso dia a dia que possuem ingredientes derivados do petróleo

Você acha que o petróleo serve apenas para alimentar nossos automóveis?

Nada disso. O derivado mais conhecido do petróleo é a gasolina, mas muitos outros produtos usados no nosso cotidiano são obtidos a partir do “óleo da pedra”.

Dentre eles, podemos citar o plástico, a parafina, o asfalto, os óleos lubrificantes e a borracha sintética.

O petróleo é tão importante para nossas vidas que já foi causa de muitas guerras entre os países.

A nossa alimentação atual depende do uso de produtos derivados do petróleo.

Na agricultura, os produtos petroquímicos vão desde o diesel que abastece as máquinas e equipamentos aos aditivos adicionados em muitos agrotóxicos e defensivos agrícolas.

A indústria alimentícia também é uma grande usuária de substâncias derivadas do petróleo.

Mas se você acha que o uso desses produtos se restringe à produção de embalagens plásticas para armazenamento dos produtos alimentícios, você está enganada.

Há alguns anos, uma grande rede mundial de fast food admitiu o uso de ativo à base de petróleo em seus produtos comercializados na China.

Apesar de parecer chocante, os derivados do petróleo entram na composição de alimentos que ingerimos diariamente e nós nem nos damos conta disso.

Surpresa? Pois bem… Vamos conhecer alguns alimentos industrializados que possuem derivados do petróleo em sua composição.

Veja Também: 11 alimentos que você jamais deve comer quando estiver doente

E mais: 5 alimentos que incham a perna instantaneamente após o consumo

1. Biscoitos salgados

Biscoitos salgados possuem ingredientes derivados do petróleo

Os corantes tartrazina e vermelho 40 contêm elementos derivados do petróleo e são comumente encontrados em diversos alimentos industrializados, incluindo balas, macarrões instantâneos e biscoitos salgados.

O uso do corante vermelho 40 em alimentos é proibido em alguns países da Europa, mas é liberado no Brasil.

A nossa legislação determina que a presença da tartrazina seja claramente indicada no rótulo, já que muitas pessoas têm alergia a este corante.

Veja Também: 6 alimentos que você deve evitar se estiver tentando engravidar

2. Molhos prontos

Molhos prontos possuem ingredientes derivados do petróleo

O TBHQ (terc-butil hidroquinona) é uma substância antioxidante comumente utilizada como conservante alimentício.

Este derivado do petróleo impede a oxidação de gorduras, fazendo com que os alimentos durem mais tempo.

Ele pode ser encontrado em diversos tipos de produtos industrializados, incluindo nuggets de frango, pizzas congeladas, biscoitos e molhos prontos.

O uso do TBHQ é proibido no Canadá e em alguns países da Europa.

No Brasil, o Ministério da Saúde limita a quantidade de TBHQ que pode ser usada no alimentos.

Veja Também: 17 alimentos cancerígenos que estão na sua mesa

3. Chicletes

Chicletes possuem ingredientes derivados do petróleo

O chiclete é feito a partir de borracha sintética e parafina.

A esses dois derivados do petróleo são adicionadas substâncias que dão cor, cheiro e sabor ao doce.

Após mascar o chiclete e retirar dele toda a sua gostosura, resta apenas a massa de borracha, um resíduo que leva cerca de cinco anos para ser degradado no meio ambiente e que não é digerido caso seja engolido.

Veja Também: 8 Alimentos venenosos que você adora comer

4. Iogurtes

Iogurtes possuem ingredientes derivados do petróleo

Muitos aromatizantes artificiais contêm produtos derivados do petróleo em sua composição.

Eles são amplamente utilizados para dar cheiro e sabor a diversos produtos alimentícios, tornando-os mais parecidos com produtos naturais.

Diversos produtos apresentam aromatizantes artificiais em sua composição, tais como refrigerantes, misturas para sopas e laticínios.

E aí, qual vai ser o cardápio do lanche de hoje?

Curta: Nossa Página no Facebook

Siga: Nosso Perfil no Google+

Uma Resposta

  1. binho240 maio 22, 2017

Adicionar comentário