12 Produtos de Limpeza que Não Devemos Misturar

Muitas vezes, quando nos deparamos com limpezas difíceis, tentamos apostar em combinações bombásticas para mandar a sujeira para o espaço. No entanto, precisamos sempre ter muito cuidado pois, existem alguns produtos de limpeza que não devemos misturar.

Mesmo alguns produtos de limpeza naturais como vinagre e bicarbonato de sódio podem ser perigosos quando misturados com outras substâncias.

Hoje, fizemos uma lista de 6 combinações, ou seja, 12 produtos de limpeza que você não deve misturar quando estiver tentando se livrar da sujeira da casa. Tome nota!

Veja Também: 6 maneiras de deixar a limpeza de casa mais divertida

Conheça 12 Produtos de Limpeza que Não Devemos Misturar

Vinagre + água oxigenada

Quando misturamos peróxido de hidrogênio (água oxigenada) com álcool acético (encontrado em grande concentração no vinagre), produzimos um composto conhecido como ácido paracético.

Este ácido pode irritar a pele, os olhos e o sistema respiratório e também é muito corrosivo e tóxico.

Você pode utilizar os dois produtos de limpeza em um mesmo local, mas de modo alternado, borrifando um deles, limpando e borrifando o outro em seguida na superfície limpa.

Veja Também: 10 erros que você comete durante a limpeza

Vinagre + água sanitária

Apesar dessa combinação soar como um poderoso desinfetante, saiba que os dois produtos não devem ser misturados.

A água sanitária (hipoclorito de sódio) e o vinagre (álcool acético), juntos, produzem uma espécie de gás de cloro que pode provocar ardência nos olhos, causar tosse e até problemas respiratórios.

Veja Também: 7 Truques para Deixar sua Casa Perfumada

Vinagre + bicarbonato de sódio

O bicarbonato de sódio é um excelente aliado da limpeza, especialmente para lavar roupas, deixar as louças mais branquinhas e a casa mais cheirosa.

Porém, a mistura de bicarbonato de sódio com vinagre (álcool acético) resulta em água e acetato de sódio, fazendo com que um componente anule o poder de limpeza do outro.

A mistura é efervescente e pode ser usada para “levantar” sujeiras persistentes e encrustadas, mas não existe nenhum poder de limpeza na mesma.

Além disso, você jamais deve deixar os dois produtos de limpeza misturados e fechados dentro de um frasco. Como a mistura é efervescente, o frasco pode explodir.

Veja Também: Top 6 tarefas domésticas que mais queimam calorias

Água sanitária + álcool isopropílico

Muito utilizado na limpeza de eletrônicos como computadores, monitores, aparelhos de som e TVs e na limpeza de peças de hardware, o álcool isopropílico tem uma concentração baixíssima de água.

Cerca de 99,95% de sua fórmula consiste em álcool e apenas 0,05% em água.

O álcool isopropílico evapora com muita rapidez e tem grande poder desinfetante e antisséptico, porém, é bastante inflamável e jamais deve ser misturado com a água sanitária.

Essa combinação pode resultar em gases tóxicos.

Dependendo da concentração utilizada, os dois produtos de limpeza agindo juntos podem provocar até desmaios.

Veja Também: 11 formas de lavar roupa com vinagre

Água sanitária + álcool etílico

O álcool etílico também é conhecido como clorofórmio ou triclorometano. Provavelmente você já viu algum filme ou novela onde um sequestrador entorpece a vítima com um paninho úmido e ela desmaia.

Essa é a substância utilizada no paninho, mas em alta concentração.

Misturar álcool etílico com água sanitária não necessariamente fará você desmaiar, mas pode provocar muita irritação e ser altamente tóxico dependendo da concentração.

Veja Também: Dicas para lavar e tirar manchas da roupa

Água sanitária + amônia

A mistura de água sanitária e amônia parece tentadora para acabar com bactérias e odores, mas o resultado da junção desses dois produtos de limpeza é a cloramina, um gás altamente tóxico que pode provocar ardência nos olhos, fortes tosses, dores no peito e falta de ar.

Talvez você não saiba, mas grande parte dos produtos de limpeza comercializados contém amônia em sua composição, portanto, para evitar complicações, nunca misture a água sanitária com nada.

Veja Também: 10 dicas para manter sua casa sempre limpa e organizada

Adicionar comentário