12 efeitos que a pílula anticoncepcional pode provocar no seu corpo

A pílula anticoncepcional é sem dúvida o método contraceptivo mais usado entre as mulheres pois, além de prevenir a gravidez indesejada, ela ainda é prática e fácil de usar. O que, talvez, você não sabe é que a pílula anticoncepcional pode provocar algumas reações no nosso corpo.

O Site de Beleza e Moda está atento a isso, e revela nesta matéria os principais efeitos da pílula anticoncepcional.

Portanto, se você anda preocupada com eventuais sintomas que podem ocorrer, temos certeza que nosso artigo irá responder suas dúvidas, confira!

Curta: Nossa Página no Facebook

Siga: Nosso Perfil no Google+

efeitos que a pílula anticoncepcional pode provocar no seu corpo

Efeitos que a pílula anticoncepcional pode causar no seu corpo

Leia Também:

Conheça 5 mitos sobre o anticoncepcional

10 coisas que você deve perguntar ao seu ginecologista

O que você precisa saber antes de suspender a menstruação

Fertilidade feminina

1. Aumento de peso

Com o uso do anticoncepcional, há um aumento dos hormônios em seu organismo, isso pode levar a vontade de comer quase o tempo todo, além do mais, há pílulas que fazem o organismo reter líquido, com isso você irá parecer que está com um pesinho a mais!

Veja Também: Método Contraceptivo Ideal para cada mulher

2. Alteração do humor

O uso prolongado do anticoncepcional pode fazer com que os níveis de serotonina (hormônio do humor) do organismo diminuam, causando o mau humor.

3. Risco de trombose

O risco de trombose só aumenta se a mulher já tem predisposição a doenças cardiovasculares, como a pressão alta ou colesterol alto.

Veja Também: 8 segredos embaraçosos que você deve contar para o seu ginecologista

4. Náuseas ou dor de cabeça

Esses sintomas são mais comuns no início do tratamento, então se durarem por muito tempo o que você deve fazer é consultar seu ginecologista para, quem sabe, trocar a pílula.

5. Aparecimento de espinhas

Um dos tratamentos para a acne é o uso da pílula anticoncepcional, mas algumas mulheres podem desenvolver ou piorar o problema com o uso do medicamento, se isso acontecer você deve consultar seu ginecologista para maiores informações e, quem sabe, fazer a troca da pílula.

Veja Também: 4 Receitas caseiras para acabar com cravos e espinhas

6. Diminuição da libido

Isso ocorre com muitas mulheres pois a pílula anticoncepcional pode provocar a diminuição dos níveis de testosterona no organismo. Isso geralmente acontece com pessoas extremamente ansiosas.

Veja Também: Ansiedade Engorda: Mito ou verdade?

7. Diminuição do fluxo menstrual

Isso é muito frequente entre as mulheres, especialmente as que usam pílulas com baixas doses hormonais pois o revestimento do útero fica mais frágil e fino, fazendo assim, com que o fluxo diminua.

Veja Também: Verrugas Genitais: Quais as Causas?

8. Alivio das cólicas menstruais

Sim, isso acontece! Os hormônios presentes na pílula fazem com que a produção de prostaglandina seja diminuída, esse hormônio é liberado pelo organismo para aumentar a contração uterina durante a menstruação, diminuindo os níveis desse hormônio, também diminuem as cólicas.

Veja Também: Corrimento vaginal: quando ele pode indicar um problema

9. Mulheres que fazem o uso prolongado da pílula demoram mais a engravidar

O uso prolongado da pílula anticoncepcional pode provocar demora quando a mulher decide engravidar, pois os hormônios da pílula podem ficar entre um depósito de gordura e outro no organismo, retardando assim a ovulação.

Veja: Como aumentar as chances de engravidar

10. Aumenta o aparecimento de varizes

Sim! O uso prolongado da pílula anticoncepcional pode provocar o aparecimento das varizes, pois ela possui vários efeitos sobre o sistema cardiovascular.

Veja Também: Tratamento natural para prevenir as varizes

11. Pode causar candidíase

Isso pode ocorrer devido ao fato de a pílula aumentar os níveis de estrogênio no organismo e este provocar um aumento dos níveis de açúcar no sangue afetando o sistema imunológico, pois o açúcar impede a absorção de vitamina C pelas células.

A cândida se beneficia disso pois é um fungo que se alimenta de açúcar e se aproveita da baixa imunidade da mulher.

Veja Também: Você sabe como se proteger da candidíase?

12. Podem prevenir o câncer

Estudos provaram que o uso prolongado da pílula pode prevenir o câncer de endométrio e ovário.

Veja Também: Endometriose: Saiba reconhecer e tratar

6 Comentário

  1. euzimar Alves Ferreira dezembro 17, 2016
  2. Taynara fevereiro 5, 2017
    • Paula fevereiro 14, 2017
  3. magnolia Freire pereira março 20, 2017
  4. Emanuelle gomes março 20, 2017

Adicionar comentário