12 doenças graves que estão relacionadas à queda de cabelo

O seu cabelo está caindo em quantidade excessiva nos últimos tempos?

É importante saber quais são as doenças graves que estão relacionadas à queda de cabelo e assim consultar um médico para poder ter um diagnóstico assertivo o quanto antes.

Vale dizer que em muitos casos a queda está ligada ao uso intensivo de química ou mesmo fontes de calor que fragilizam as madeixas.

Mesmo quem acredita que a queda é resultante do uso demasiado de química deve ter o hábito de visitar um médico com constância.

Prevenir é sempre melhor do que remediar, tendo a desconfiança de uma doença não perca tempo em fazer uma consulta, pois lembre-se de que com diagnóstico precoce é mais fácil resolver esse tipo de situação.

Veja: Queda de cabelo feminino: principais causas, tratamentos e como evitar

Doenças graves que estão relacionadas à queda de cabelo

doenças graves que estão relacionadas à queda de cabelo

1 – Alterações na Tireoide

Embora ainda não tenha sido encontrada a relação entre a queda de cabelo e as alterações na tireoide não há como negar que ela realmente existe.

Quem apresenta quadro de hipertireoidismo (quando a tireoide trabalha excessivamente) geralmente tem queda acentuada de fios.

Já nos casos de hipotireoidismo os fios não caem, mas ficam mais fracos e finos.

Para reduzir os efeitos no couro cabeludo é essencial tratar e controlar o problema da tireoide.

Suplementos de vitaminas até podem ajudar, mas não dão resultado necessariamente.

Veja: 5 sinais que indicam o mau funcionamento da tireoide

2 – Inflamação do couro cabeludo

Há diversas causas para inflamação do couro cabeludo e todas elas poderão acarretar na queda dos fios.

O que passa é que o couro cabeludo afetado acaba por expulsar os fios que já estavam prestes a cair.

Algumas das principais formas de inflamação são seborreia intensa e queimaduras devido à exposição solar.

No primeiro caso vale a pena se consultar com um dermatologista, já no segundo caso o melhor é usar um chapéu que evite o agravamento das queimaduras.

Veja: Poderoso remédio natural que combate a queda e faz o cabelo voltar a crescer muito rápido

3 – Depressão é uma das doenças graves que estão relacionadas à queda de cabelo

A sensação de tristeza da Depressão não causa a queda capilar, contudo, comportamentos provenientes da mesma como deixar de se alimentar adequadamente podem acarretar na perda de fios.

Os medicamentos antidepressivos de uma maneira geral não costumam causar queda de madeixas, mas alguns anticonvulsivantes que são usados para tratar enxaquecas podem ter essa consequência.

Quem está com dificuldade de se alimentar devido a Depressão deve procurar auxílio de psicoterapias ou outras metodologias enquanto que aqueles que estão fazendo uso de anticonvulsivantes devem solicitar a troca do medicamento.

Veja: 3 remédios caseiros para melhorar o humor e combater a depressão

4 – Lúpus Cutâneo é uma das doenças graves que estão relacionadas à queda de cabelo

Lúpus é uma doença autoimune (que faz com que as células de defesa do organismo ataquem o mesmo) que pode agir somente sobre a pele ou também afetar o couro cabeludo.

O tipo da doença chamado de Lúpus Cutâneo faz com que ocorra queda de cabelo num ponto específico da cabeça sendo mais facilmente percebido.

No caso do Lúpus que afeta somente o couro cabeludo é possível fazer tratamento tópico com cortisona (em versão creme ou injetada).

E Mais: Saiba como usar o alecrim no cabelo para eliminar a queda, dar brilho e acabar com as pontas duplas

5 – Lúpus Sistêmico

A forma mais grave de Lúpus e que tem como característica principal acometer o corpo inteiro, mas ser mais dificilmente percebida.

No que diz respeito ao cabelo pode causar quedas difusas de fios criando falhas que são menos visíveis.

Por ser uma versão mais grave de Lúpus demanda o tratamento da doença de maneira geral para que a queda de cabelo sesse.

E Mais: Contra Queda de Cabelo: 5 formas de fazer o cabelo parar de cair

6 – Calvície

Ao contrário do que muitos pensam, a calvície, também pode acometer mulheres, em menor número e com menos intensidade.

A calvície feminina é uma das doenças graves que estão relacionadas à queda de cabelo.

Enquanto eles podem perder completamente os fios, elas podem apresentar falhas no couro cabeludo.

O tratamento para mulheres que sofrem de calvície é feito por meio de medicamentos de uso oral que visam bloquear a ação do hormônio masculino responsável pela queda.

Veja: Receita caseira de babosa e leite de coco para combater a queda de cabelo

7 – Alopecia areata

Conhecida popularmente como ‘pelada’ essa doença é autoimune podendo fazer com que o indivíduo não tenha mais nenhum pelo no corpo.

Nos quadros menos graves em que há queda pontual a dica é fazer um tratamento com aplicação de cortisona no local.

Para quem tem o quadro mais grave a recomendação é dar início ao tratamento com imunossupressores.

Trata-se de uma condição que não tem cura, mas que pode ser controlada sendo a base do tratamento distrair as células do couro cabeludo para que deixem de atacar as raízes do cabelo.

E Mais: Chega de quedas: este composto vai ajudar seu cabelo recuperar a força e o volume

8 – Menopausa

Na fase da Menopausa (que não é uma doença, mas sim uma condição) as mulheres podem apresentar queda de cabelo devido a redução da quantidade de hormônios no couro cabeludo.

O desequilíbrio hormonal causa além da queda capilar o afinamento das madeixas.

Trata-se de uma questão que se torna mais acentuada em quem tem alguma tendência à calvície.

De maneira geral os médicos indicam o uso de suplementos vitamínicos para fortalecer o couro cabeludo, o uso de hormônios pode acarretar em efeitos colaterais bem desagradáveis.

Veja: 6 remédios caseiros para menopausa

9 – Sífilis é uma das doenças graves que estão relacionadas à queda de cabelo

Desde o ano de 2013 o Brasil vive um surto de Sífilis que quando se manifesta em sua forma sistêmica pode causar queda difusa do cabelo.

Para resolver o problema de queda de cabelo é necessário usar antibióticos que tenham como foco a doença principal.

Veja: O gengibre combate a queda e acelera o crescimento dos cabelos: mas, você precisa usá-lo desta maneira

10 – Estresse ou traumas

Algo importante de destacar quanto a queda de cabelo motivada por estresse é que o problema geralmente acontece cerca de três meses após o fato desencadeante.

Basicamente o indivíduo passa por uma situação de forte estresse ou um trauma como um assalto, por exemplo, e apresenta a queda capilar após alguns meses.

Isso se dá porque três meses é o tempo para que as madeixas comecem a cair e parar de cair.

Quando a situação estressante já findou basta aguardar três meses que as madeixas voltam a normal.

Para quem vive em constante estresse a dica é procurar uma atividade prazerosa que ajude o organismo a liberar endorfina.

Veja Também: Aprenda fazer um poderoso tônico de tomate para turbinar o crescimento dos cabelos, combater a queda e aumentar o brilho dos fios

11 – Tinea captis

Consiste num tipo de infecção fúngica, uma das doenças graves que estão relacionadas à queda de cabelo, tendo como sintomas associados o surgimento de uma bolha gigante sobre o couro cabeludo e flocos escamosos brancos.

Quando a doença é tratada com assertividade é possível que o crescimento do cabelo volte ao normal.

Veja Também: Aqui está a maneira certa de usar o óleo de coco no cabelo para acabar com a queda e conservar a cor dos fios

12 – Anemia

A doença que apresenta como sintomas mais marcantes sensação de fadiga, enfraquecimento das unhas e dos fios tem como causa a deficiência de ferro no organismo.

O agravamento da doença pode acarretar na queda acentuada de madeixas criando até mesmo falhas no couro cabeludo.

A recomendação é o tratamento da anemia para reduzir a queda de cabelo, geralmente isso é feito com suplementos a base de ferro.

Sabendo quais são as doenças graves que estão relacionadas a queda de cabelo é mais fácil ficar atento a essas mudanças.

Veja: Shampoo caseiro 3 em 1: Elimina a Caspa, Combate a Queda e Acelera o Crescimento do Cabelo

Add Comment