12 atitudes que você precisa adotar hoje para evitar a demência ou o mal de Alzheimer

A perda progressiva das capacidades cognitivas é definida como demência pela medicina e tem no Mal de Alzheimer uma de suas principais representantes.

Embora o desenvolvimento desse tipo de doença tenha forte ligação com a presença de alguns genes, é possível preveni-las com algumas mudanças de atitudes no seu dia a dia.

Os cientistas que estudam doenças degenerativas do cérebro observaram que os genes do Mal de Alzheimer e outras demências podem ter sua importância suprimida com o estilo de vida correto.

As dicas que daremos a seguir, além de proteger o seu cérebro de uma doença  que vai apagando uma a uma as capacidades cognitivas, também, contribui para a preservação da memória.

Então que tal começar a inclui-las na sua vida?

Como o Mal de Alzheimer se desenvolve?

12 atitudes que você precisa adotar hoje para evitar a demência ou o mal de Alzheimer

Depois de anos de intensas pesquisas finalmente os cientistas descobriram como age a doença que tira dos indivíduos suas memórias, sua capacidade de saber quem é e até mesmo de se locomover.

A causa do Mal de Alzheimer é a deterioração de estruturas do cérebro que vão sendo atrofiadas lenta e gradualmente.

Essa doença infelizmente não tem cura e a função do tratamento é preservar as áreas que ainda não foram atingidas e amenizar os sintomas.

Além da já conhecida dificuldade de memória essa demência pode ainda impossibilitar que o indivíduo se locomova sozinho, consiga se comunicar, deglutir entre outras coisas.

É importante ressaltar que mesmo as pessoas que possuem os genes para o desenvolvimento de Alzheimer ou outra demência não irão ter a doença necessariamente.

Tudo depende de como o organismo se relaciona com esses genes e aí é que entram as nossas 12 atitudes que você precisa adotar hoje para evitar a demência.

Veja Também: 6 sintomas da doença de Alzheimer que não têm nada a ver com perda de memória

E mais: Previna o Alzheimer e a Perda de Memória com um Ingrediente Natural

Atitudes para evitar a demência e o Mal de Alzheimer

Beba café para evitar a demência ou o mal de Alzheimer

1 – Beba café

O café ora é o mocinho e ora é o vilão, contudo, quando o assunto é combater o Mal de Alzheimer ele é muito bem-vindo.

A cafeína age como um anti-inflamatório que contribui para bloquear a ação negativa do colesterol no cérebro.

Outro ponto interessante sobre o cafezinho é que ele é um excelente antioxidante que pode inclusive ajudar a conter o avanço da demência caso ela já tenha começado a se instalar no cérebro.

Veja Também: 10 coisas que acontecem no seu corpo depois de beber café

2 – Trate a depressão

Trate a depressão para evitar a demência e o Mal de Alzheimer

Estima-se que milhões de pessoas tenham depressão hoje e não saibam disso, a relação desse fato com o desenvolvimento de demência é íntima.

Um estudo desenvolvido na Universidade da Califórnia, Estados Unidos, comprovou que pessoas que sofrem de depressão não tratada têm mais probabilidades de desenvolver Alzheimer e outras demências.

Sendo assim se você tem percebido sintomas que podem indicar essa doença procure um especialista.

Veja Também: 12 sinais de que você está com depressão e não sabia

3 – Mantenha o colesterol sob controle

Mantenha o colesterol sob controle para evitar a demência e o Mal de Alzheimer

Embora não seja claro para os cientistas o motivo, eles já perceberam que indivíduos com colesterol total alto tem mais chances de desenvolver quadros de demência.

Essa constatação é resultado de pesquisas de anos de observação e a recomendação é apenas uma: mantenha seu colesterol sob controle.

Esse cuidado além de proteger o seu cérebro de deteriorações cognitivas também contribui para prevenir doenças cardiovasculares.

Veja Também: 4 alimentos que têm o poder de varrer o colesterol preso nas paredes das artérias

4 – Adote a dieta mediterrânea

Adote a dieta mediterrânea para evitar a demência e o Mal de Alzheimer

A alimentação tem papel essencial para retardar ou mesmo impedir o desenvolvimento de demências como o Mal de Alzheimer.

O quarteto formado por vinho, peixe, verduras e azeite é imbatível no controle dessa doença.

Para quem não sabe, o vinho é um aliado poderoso da memória, em especial o vinho tinto.

Mas, nada de exageros, meia taça por dia está ótimo.

Os peixes ricos em Ômega-3 (uma gordura que faz bem ao organismo) como o salmão contribuem para o combate a demência.

Incluir pelo menos três porções de verduras no seu cardápio diário é muito positivo para a sua memória, cientistas descobriram que essa quantia diária é capaz de tornar a memória cognitiva do indivíduo até 5 anos mais jovem.

O papel do azeite (o extravirgem) é um dos mais relevantes, uma substância chamada oleocantal presente nele age evitando que se formem aglomerados de beta-amiloide que é uma das formas como o Mal de Alzheimer age destruindo as estruturas do cérebro.

Veja Também: Perda de memória constante? Você pode estar com excesso de cândida!

5 – Controle a sua pressão

Controle a pressão para evitar a demência e o Mal de Alzheimer

O número de hipertensos é cada vez maior, e além dessa condição apresentar grande risco para o coração também pode implicar em demência a longo prazo.

Um indivíduo com pressão alta apresenta perda de memória precoce além de ter o dobro de chances de ter o mal de Alzheimer uma vez que a interrupção do fluxo sanguíneo para o cérebro acarreta na morte de neurônios devido à falta dos nutrientes necessários.

Veja Também: Receita natural poderosíssima para abaixar a pressão

6 – Seja uma pessoa mais tranquila

Seja uma pessoa tranquila para evitar a demência ou o mal de Alzheimer

Se a sua característica de personalidade mais marcante é o estresse, saiba que esse é um péssimo negócio para a sua saúde.

O estresse produz uma série de substâncias que tem ação muito negativa para o cérebro.

Então pessoas que tem mais equilíbrio emocional e não se deixam abalar pelos problemas se mostram menos propensas a desenvolver demências como o Mal de Alzheimer.

Veja Também: 15 maneiras inusitadas de aliviar rapidamente o estresse

7 – Mantenha seu sono em dia

Mantenha o sono em dia para evitar a demência ou o mal de Alzheimer

Quem tem o hábito de dormir pouco ou mesmo dorme mal precisa investir mais tempo na sua qualidade de sono.

Os médicos são categóricos em afirmar que dormir pouco causa danos irreversíveis para o cérebro, esses danos são bastante semelhantes ao do Mal de Alzheimer.

Ainda nesse tema é importante dizer que o sono regular e saudável ajuda a reduzir a quantidade de beta-amiloide no cérebro, a toxina que está ligada a ação degenerativa da demência.

Veja Também: 8 plantas para colocar no seu quarto e fazer você dormir melhor

8 – Controle o Diabetes Tipo II

Controle a diabetes tipo 2 para evitar a demência ou o mal de Alzheimer

O Diabetes Tipo II se tornou uma das doenças mais recorrentes do mundo moderno devido à alimentação desregrada e o sedentarismo que acompanham as pessoas nos grandes centros urbanos.

Pesquisas científicas com pacientes que tem essa condição chegaram a conclusão que eles tem até 3 vezes mais chances de desenvolver mal de Alzheimer.

Outro ponto observado é que quanto mais jovem é o paciente, quando ele desenvolver o Diabetes, mais alta é a probabilidade de ter problemas cognitivos.

Veja Também: Alimento poderoso que reduz o apetite, defende o coração e afasta a diabetes

9 – Evite o sobrepeso

Evite o sobrepeso para evitar a demência ou o mal de Alzheimer

Além de todas as complicações já conhecidas que o sobrepeso pode trazer há o envelhecimento precoce das estruturas cerebrais.

Pessoas que mantêm dietas com menos calorias tem cérebros mais sadios uma vez que o alto consumo calórico acelera o processo de envelhecimento do órgão.

Alguns estudos também demonstraram que o excesso de peso pode ser responsável por um processo de redução do tamanho do cérebro, o que aumenta as chances de instalação de demências.

Veja Também: Nova pesquisa sobre estresse e obesidade revela algo surpreendente

10 – Tenha hobbies

Tenha hobbies para evitar a demência ou o mal de Alzheimer

Manter seu cérebro estimulado a aprender coisas novas é essencial para deixar a demência e o mal de Alzheimer bem longe de você.

Desenvolver uma série de hobbies ao longo da vida é muito positivo, pois a cada novo interesse o cérebro se esforça para aprender algo novo e precisa fazer novas ligações.

Então que tal estudar um pouco de astronomia ou começar a fazer mosaicos?

Veja Também: 10 acontecimentos e prazeres que nos deixam mais felizes

11 – Exercite seu cérebro

Exercite seu cérebro para evitar a demência ou o mal de Alzheimer

Assim como os músculos dos braços o cérebro precisa ser exercitado para se tornar forte.

Pesquisas no campo do estudo das demências detectaram que pessoas que estudaram mais tempo tem menos chances de desenvolver demências porque possuem uma reserva cognitiva.

Além disso, uma pessoa que tem mal de Alzheimer pode manter boa parte das suas funções cognitivas através da prática de exercícios com seu cérebro.

Sendo assim ler, estudar outro idioma, resolver cruzadinhas, jogar xadrez entre outras atividades estimulantes para o cérebro podem ser muito positivas.

Veja Também: 5 maneiras de aumentar a serotonina no cérebro para combater a depressão e melhorar a sensação de bem-estar

12 – Mexa-se

Movimente-se para evitar a demência ou o mal de Alzheimer

Os exercícios que contribuem para deixar a demência longe do seu cérebro também devem ser físicos.

Pessoas que se movimentam bastante durante o dia apresentam ganhos cognitivos que são fundamentais na luta contra a demência.

Saiba que entram na lista de ações levantar da cama, abrir a porta do armário, escovar seus dentes, calçar seus sapatos e assim por diante.

Acelere seu ganho cognitivo incluindo na sua rotina atividades físicas como caminhadas ou algum tempo na academia.

Curta: Nossa Página no Facebook

Siga: Nosso Perfil no Google+

Adicionar comentário