11 alimentos para ajudar a emagrecer

Não é segredo para ninguém que o sobrepeso é uma ameaça à saúde, alavancando a incidência de diversas doenças, desde cardíacas, AVC, diabetes e outros distúrbios, na verdade, o excesso de peso já está sendo considerado uma epidemia, não escolhendo nem classe, nem idade, nem sexo, nem raça, enfim, sem distinção, por isso a importância de uma alimentação adequada.

Papel e lápis nas mãos, anote as dicas de alimentos que podem se tornar verdadeiros aliados em sua dieta:

Alimentos para emagrecer

1-Trocar alimentos de alta densidade energética por outros de baixa densidade energética pode ser uma ótima maneira de emagrecer e se manter magro sem grandes sacrifícios. Por exemplo: substituir 100 g de batatas fritas por 100 g de batatas cozidas – ambas pesam a mesma coisa, mas qualquer fritura contém altos índices de gordura e, portanto, muito mais calorias. Os alimentos de baixa densidade energética fazem com que se sinta saciado por mais tempo , mandando, dessa forma, aqueles quilinhos indesejáveis embora. Priorize frutas, verduras, legumes e alimentos como arroz e massas, que absorvem muita água durante o cozimento. Evite alimentos que contenham muita gordura e/ou açúcar.

2-Comer proteína nas refeições ajuda a manter seu peso constante. Sem dúvida, esse é um dos melhores tipos de alimento que podem saciar, além de também estimular a queima de gordura e ajudar a formar ou manter o tecido magro. E não é só através da carne ou peixe que se obtém a proteína, ela pode ser encontrada no feijão, lentilha, castanhas, sementes, ovos, soja e derivados.

Media certa

3-Sopa como entrada, pode ser de grande ajuda para mandar aqueles quilinhos extras embora. Um recente estudo americano comprovou que tomar sopa antes do prato principal modera o apetite, de forma que você reduz em mais de 20% o consumo total de calorias naquela refeição. Isso porque a sopa leva um tempo relativamente longo para deixar o estômago, e acredita-se que acalme os hormônios estimulantes do apetite. Mas, muita calma nessa hora, claro que estamos falando de sopas leves, nada de sopas cremosas à base de creme de leite.

4-Ingerir uma dose diária de óleo de coco é uma outra importante dica que pode ajudar a eliminar os quilos que teimam em não ir embora, pois o óleo de coco é rico em um tipo de gordura que pode acelerar o metabolismo. Segundo uma pesquisa feita aqui no Brasil, mulheres com um estilo de vida saudável que consumiram 30 ml de óleo de coco por dia apresentaram cintura mais fina, níveis mais altos de HDL, o colesterol bom, e mais baixos do LDL, o colesterol ruim após 12 semanas. Então, a dica é consumir uma ou duas colheres (chá) do óleo por dia e use-o para cozinhar. Porém, cuidado, como qualquer gordura, ele deve ser usado levemente, e importante: Se seu colesterol estiver alto, consulte o médico antes de consumir o óleo de coco.

5-Mascar chiclete para reduzir o desejo por doces, agora os americanos que descobriram que pessoas que mascaram chiclete sem açúcar por 15 minutos por hora durante três horas e depois comeram diversos petiscos relataram sentir significativamente menos fome e menos desejo por doces.

Beber água para emagrecer

6-Beber água antes de cada refeição, pois é, essa dica é antiga, e segundo pesquisadores americanos, a água é eficaz porque enche o estômago, proporcionando uma sensação de saciedade, sem acrescentar calorias. Portanto, beba 2 copos de água antes de cada refeição.

7-Invista nos carboidratos com baixo índice glicêmico (medida da rapidez com que o alimento eleva os níveis de glicose no sangue) podem ajudar na perda de peso. Feijão, castanhas, sementes, massas integrais e trigo-sarraceno mantêm a sensação de saciedade por mais tempo ao liberarem sua energia lentamente, o que pode levar você a comer menos.

Laticínios para emagrecer

8-Laticínios, eles podem ajudar a evitar o ganho de peso e a reduzir a gordura corporal geral. Pesquisadores americanos descobriram que mulheres jovens de peso normal que ingeriram 1.000 mg de cálcio de laticínios todos os dias – a quantidade de cálcio de pouco menos de 1 litro de leite semidesnatado – perderam cerca de 2,7 kg em dois anos. A dica é consumir três porções de laticínios por dia – um copo de leite, um pote pequeno de iogurte desnatado e um pedaço de queijo do tamanho de uma caixa de fósforos. Mas, claro, não adiantará nada se não seguir também uma dieta com baixas calorias.

9-Gengibre, essa raiz pode aumentar o gasto calórico em mais de 10% e pode ser consumido de diversas formas, desde cru, para temperar carnes, aves e peixes, e ainda fica ótimo em molho de tomate, sopas de legumes e chá, quando misturado com outras ervas. A quantidade diária indicada é de duas fatias pequenas.

Ilustração de pimenta

10-Pimenta, ela tem o poder de acelerar o metabolismo em até 20%, aumentando a circulação e a temperatura do corpo, além de melhorar a digestão. A pimenta tem a importante propriedade de retirar gorduras das artérias.

11-Chá verde (Camellia sinensis): Assim como a pimenta, esse chá favorece a utilização da gordura corporal como fonte de energia em função do estimulo metabólico, deve-se ingerir cinco xícaras de chá por dia durante três meses. Porém, quem tem insônia não deve ingerir o chá verde na parte da tarde ou noite.

5 Comments

  1. Fernanda julho 21, 2013
    • SiteDeBelezaEmoda julho 21, 2013
  2. Diego Miranda julho 21, 2013
    • SiteDeBelezaEmoda julho 21, 2013
  3. Leticia junho 1, 2014

Add Comment